Curtas de Vila do Conde

Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Jogos: Willy’s Wonderland – The Game – Análise

Willy’s Wonderland – The Game tenta assustar os jogadores, mas acaba por ser um jogo demasiado monótono.

Willy's Wonderland - The Game
  

Confesso que Willy’s Wonderland foi um daqueles filmes que, inicialmente estranhei, mas, ao longo do tempo, abracei com demasiada força e amor. Todo o conceito, muito similar a Five Night’s at Freddy, mas com um dos melhores protagonistas possíveis (a mudez do The Janitor transmite muito neste filme) acabou por me aproximar mais da história ainda. Claro que, ao saber que ia ser lançado um jogo baseado no filme tive de vir experimentar.

No entanto, o meu maior medo confirmou-se, pois Willy’s Wonderland – The Game é desapontante, tirando todo o charme que o filme em que se baseia e colocando-se numa posição de ser apenas uma forma de chamar a atenção.

Willy's Wonderland - The Game

Para começar, a nível visual, os mesmos estão severamente desatualizados, acabando por lembrar um jogo de baixo orçamento do PS2. O jogo tem um desempenho fraco, mesmo em hardware moderno, com framerate instáveis e texturas sem graça. Parece que estamos mesmo a jogar um jogo antigo, quando não deveria ser de todo esse o objetivo da equipa de desenvolvimento.

A jogabilidade é monótona e sem profundidade. Pode-se derrotar todos os inimigos simplesmente pressionando o botão de pontapé repetidamente, o que elimina a necessidade de estratégia ou habilidade. Os controlos são pouco responsivos, e há um atraso notável na entrada. A deteção de colisão é pobre, fazendo com que o combate pareça impreciso e insatisfatório​.

Willy's Wonderland - The Game

No entanto, onde é berrante os maiores erros é mesmo no design de som. Apresenta um loop de rock repetitivo e efeitos sonoros fora de sincronia. Não há atuação de voz, o que diminui ainda mais a experiência​. Além disso, sem Nicolas Cage, o jogo perde o charme peculiar que fez do filme um favorito cult. O que resta é um jogo curto, aborrecido e cheio de falhas que não oferece nenhuma diversão. Parece um jogo apressado para ganhar dinheiro, em vez de um esforço sincero para criar uma experiência de jogo divertida.

Willy's Wonderland - The Game

Resta concluir que, Willy’s Wonderland – The Game é um título dececionante e esquecível que falha em quase todos os níveis. Não justifica a sua existência e não é recomendado, mesmo para os fãs do filme​.

Nota Final: 3/10

Willy’s Wonderland – The Game está disponível para PC, Xbox One, Xbox Series, PlayStation 4, PlayStation 5 e Nintendo Switch (versão jogada)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verified by MonsterInsights