Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Hasbro com muitos planos para cinema e televisão

A Hasbro pretende continuar a fazer o mundo sorrir. O Dia do Investidor da Hasbro permitiu conhecer os planos do gigante dos jogos e brinquedos e agora do audiovisual.

Recentemente, a Hasbro adquiriu o estúdio Entertainment One (eOne) e começam a ser conhecidos os resultados desta aquisição. E de fabricante de jogos e brinquedos, a Hasbro assume-se como nome forte nos conteúdos audiovisuais prevalecendo o objectivo de entreter e divertir os consumidores!


A Hasbro já tinha revelado um primeiro olhar para uma nova série de animação, de 20 episódios para a Netflix, chamada Transformers: BotBots  e o próximo filme My Little Pony – Meu Pequeno Ponei, cuja estreia está prevista para o Outono também na Netflix, no Dia do Investidor abordaram alguns dos projectos que se encontram em fase inicial de desenvolvimento.

A Hasbro pretende adaptar para a televisão os famosos jogos de tabuleiro e brinquedos como Monopoly, Ratoeira, Nerf, Operação, Easy Bake e Play-Doh.


Mesmo sem guião escrito para os programas, o director Brian Goldner disse que  Nerf e Ratoeira poderão ser adaptados em concursos com pista de obstáculos onde se destaca o atletismo e a forma física dos concorrentes, comparando-os a programas como Wipeout.

Quanto ao Play-Doh, poderá ser um programa de competição onde os concorrentes tentam construir objetos, embora possa ser outro concurso. Operação também poderá ser semelhante, com os jogadores a tentarem abrir caminho e evitando obstáculos, sem tocar nos limites da área.

Monopoly poderá seguir o modelo tradicional de concurso televisivo, enquanto o Easy-Bake pode ser adaptado num concurso de culinária onde os concorrentes usam o forninho Easy-Bake para elaborem as iguarias.


Segundo o director da Hasbro, nos próximos anos os espectadores vão poder assistir a dois ou três filmes da empresa por ano, e nas plataformas de streaming encontrarão três ou quatro conteúdos produzidos pelo gigante dos brinquedos, e para o concluir o raciocínio deixou o aviso de que os programas de sucesso terão continuação garantida.

Para além de Transformers e Meu Pequeno Ponei, a Hasbro tem mais séries com argumento escrito incluindo uma nova série G.I. Joe, em imagem real e a ser disponibilizada na Amazon Prime; uma série de animação baseada em Cluedo, com a premissa de manter a dinâmica emocionante e cheia de suspense que fez do jogo uma sensação global por mais de sete décadas; Beau Willimon (House of Cards) prepara uma série em imagem real baseada em Risco, uma série de animação para Netflix baseada em Magic the Gathering; uma série Dungeons & Dragons; uma nova temporada de Power Rangers Dino Fury; e uma nova série intitulada Kiya com estreia no Disney+.


Para cinema, a Hasbro prevê estrear ainda este ano Snake Eyes: G.I. Joe com Henry Golding no papel principal. Os projetos em desenvolvimento incluem o novo filme dos Power Rangers, que será dirigido pelo produtor e realizador Jonathan Entwistle; existem planos bem delineados para um novo filme de Dungeons & Dragons, com Chris Pine, Michelle Rodriguez, Justice SmitheRege-Jean Page, Sophia Lillis e Hugh Grant nos papéis principais.


Do universo de Transformers, continua nos planos a sequela de Bumblebee, com argumento de Joby Harold (Rei Artur: A Lenda da Espada) e com Steven Caple Jr (Creed II) na cadeira de realizador; a Paramount mantém data para estreia (no Verão de 2022) para Transformers: Beast Alliance.  Com a aquisição da eOne pela Hasbro volta a existir a possibilidade de se conhecer a origem de Cybertron no filme de animação Transformers One.


Porra, Marvel, o que se passa contigo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *