Quatro Contos de Gabriel Abrantes estreia a 29 de outubro

A 29 de outubro estreia nos cinemas portugueses a sessão “Quatro Contos”, um programa composto por quatro curtas-metragens de Gabriel Abrantes filmadas em Portugal, França, EUA e Brasil.

Freud Und Friends (2015)

As 4 curtas estão preparadas para deslumbrar com a imaginação do realizador.

  • Freud Und Friends (2015)

Com a ajuda dos mais consagrados neurocientistas, “Herner Werzog” viaja ao interior do cérebro de artistas e cineastas de todo o mundo e documenta os seus sonhos. Em Lisboa, o jovem realizador Gabriel Abrantes será a vítima desta experiência.

Uma Breve História de Princesa X (2016)

 

  • Uma Breve História de Princesa X (2016)

Um retrato delirante da escultura Princess X de Constantin Brancusi, uma controversa escultura em bronze, que começou como um busto da igualmente controversa sobrinha bisneta do Napoleão, a Marie Bonaparte.

Os Humores Artificiais (2016)

  • Os Humores Artificiais (2016)

Os Humores Artificiais segue o robô Andy Coughman na sua odisseia à procura do humor e do amor. Foi rodado no Mato Grosso (Canarana e nas aldeias Yawalapiti e Kamayura dentro do Parque Indígena do Xingu) e em São Paulo.

As Extraordinárias Desventuras da Menina de Pedra (2018)

  • As Extraordinárias Desventuras da Menina de Pedra (2018)

Cansada de ser um ornamento arquitetónico banal, uma escultura foge do Louvre para se confrontar com a vida real das ruas de Paris.   

Através destas curtas, que tiveram estreia mundial em festivais como a Quinzena dos Realizadores em Cannes, Berlinale, Festival de Cinema de Locarno, Festival de Toronto e que juntas somaram mais de vinte cinco prémios, é possível desvendar o universo cinematográfico de Gabriel Abrantes, que já realizou 19 obras, entre elas Diamantino, a sua primeira longa-metragem que em 2017 recebeu o Grande Prémio da Semana da Crítica do Festival de Cannes.

Com o programa Quatro Contos, podemos entrar no universo do realizador, frequentemente habitado por robôs, cientistas, personagens naïfs e dilemas românticos, onde as referências ao mundo da arte, do cinema ou da televisão se cruzam com ambientes futuristas ou distópicos, numa linguagem que mistura o non-sense com a comédia. Esta sessão está organizada cronologicamente e dividida em quatro capítulos que sublinham os lugares que servem como pano de fundo dos filmes: Lisboa, Paris, Nova Iorque, aldeia Yawalapiti no Brasil e São Paulo.

  • Quatro Contos estreia nos cinemas a 29 de outubro.

  O Dia Mais Curto está de volta!

Tiago Ferreira

Estudante de Cinema e Teatro, Crítico de Cinema, Fotógrafo novato e Cosplayer.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *