BD: Lançamento – O Diário de Esther, Histórias dos Meus 10 Anos (Vol. 1) [ACTUALIZADO]

A Gradiva apresenta o primeiro volume de O Diário de Esther, uma edição inspirada em pessoas reais: todos vão querer conhecer a criança de 10 anos cheia de imaginação que esta obra retrata.

O Diário de Esther

O Diário de Esther – Capa da edição portuguesa

O que pensa sobre a escola, os amigos, a família e os ídolos? E o que não diz ela aos seus pais? Vale seguramente a pena saber: a mente de uma criança é cheia de surpresas! E nada melhor do que um diário para conhecer tudo.

Ao mesmo tempo que diverte, esta obra é um retrato sobre os jovens de hoje, espelhando a sociedade que temos.

Riad Sattouf, nasceu em Paris em 1978, é autor de banda desenhada e ainda cineasta. Passou a sua infância na Argélia, na Líbia e na Síria, onde recebeu uma educação muçulmana. Regressa a França com 12 anos de idade, prosseguindo os seus estudos primeiro em Cap Fréhel e mais tarde em Rennes, onde obtém formação em Belas-Artes. É actualmente um autor de BD de grande sucesso, tendo assinado, entre outras obras,  O Árabe do Futuro, Retour au collège, Pascal Brutal (Fauve d’or 2010) ou La vie secrète des jeunes, que publicou semanalmente em “tiras”, entre 2004 e 2014, na revista Charlie Hebdo.


O Diário de Esther
Histórias dos Meus 10 Anos (Vol. 1)
de Riad Sattouf
Edição Fevereiro 2019
Colecção Fora de Colecção
Páginas 60
Capa Brochada/capa mole
Dimensões 24×17
PVP: €11,00

  Colecção Batman 80 anos Vol. 5 - Batman: Noel, Um Conto de Natal

Riad Sattouf

Riad Sattouf, nasceu em Paris em 1978, é autor de banda desenhada e ainda cineasta. Passou a sua infância na Argélia, na Líbia e na Síria, onde recebeu uma educação muçulmana. Regressa a França com 12 anos de idade, prosseguindo os seus estudos primeiro em Cap Fréhel e mais tarde em Rennes, onde obtém formação em Belas-Artes. É actualmente um autor de BD de grande sucesso, tendo assinado, entre outras obras, Retour au collège, Pascal Brutal (Fauve d’or 2010) ou La vie secrète des jeunes, que publicou semanalmente em “tiras”, entre 2004 e 2014, na revista Charlie Hebdo.

Fonte: Gradiva

Hugo Jesus

Co-criador e administrador do Central Comics desde 2001. É também legendador e paginador de banda desenhada, e ocasionalmente argumentista.

You may also like...

2 Responses

  1. joao oliveira diz:

    Eu sou da França, então eu cresci em quadrinhos franceses / belgas (conhecidos como Bande Dessinée). Como este site é principalmente de quadrinhos, eu gostaria de ter sua opinião sobre os quadrinhos europeus e saber quais são seus favoritos.
    Aqui está minha lista principal (títulos em francês, links quando possível):
    Blacksad
    Universal War One (UWII está sendo publicado)
    Sillage
    Lanfeust de Troy / des Etoiles / Odyssey
    Aquablue
    Neige
    Spirou
    Luke afortunado
    Aldébaran + Bételgeuse + Antares
    Sambre
    Esses são os primeiros que vêm à mente. Falar um pouco de alguns autores/trabalhos portugueses Luis Louro, Cyril Pedrosa, Miguel Peres, entre outros.

  2. Hugo Jesus diz:

    Olá João, sendo este um site, e não um blogue pessoal, esta não seria a local mais adequado para este tipo de perguntas. Ainda assim gosto muito do Universal War One, Terceiro Testamento, Rapaces, Incal, Metabarões, Valerian, Blacksad, Túnicas Azuis, Bouncer e muitos mais 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *