Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

FantasPorto 2022: o programa de Terça 5

O programa desta a 42º edição tem muito de apetitoso. Dos cerca de 70 filmes inéditos e, em competição, selecionados, 26 são em ANTESTREIA MUNDIAL E EUROPEIA, um número inédito num festival de cinema em Portugal. Tal é claro se virmos os filmes já exibidos este fim de semana e aqueles que vão ser exibidos nesta segunda e terça feira, dos quais 6 são em Antestreia Mundial.. Realce ainda para o Japão, um país que, gradualmente,, sobretudo nos últimos anos, tem aumentado a qualidade da sua participação no festival e que em 2022 apresenta-nos obras recentíssimas e de grande qualidade. Este número elevado de Antestreias Mundiais são mais um exemplo do impacto e excelente imagem internacional do FANTASPORTO e da CONFIANÇA e RECONHECIMENTO que o festival tem como rampa de lançamento mundial para a produção mais recente de cinematografias que ganham agora um novo vigor.


Terça-feira, 5 de Abril, O dia das Curtas-Metragens

15:00 • S.O. CURTAS-METRAGENS COMPETIÇÃO C. FANTÁSTICO – 153’ – v.o. leg. ingl.

Na presença de diversos realizadores dos filmes
Fledge – Hanni Dombe, Tom Kouris – 15’25’’ (Israel) 
A Avó e a Neta. A magia expressa-se através das folhas que lhes crescem nos braços. Mas a juventude rebelde nem sempre respeita a herança. Poesia e afecto dominam apesar de tudo. 


Visitors –  Kernichi Ugana – 16’21’’ (Jap) 
Um lugar estranho com gente ainda mais estranha. Afinal quem é aquela gente? Tudo ao melhor estilo do clássico fantástico de horror


Elena – Biruté Sodeikaité – 13’ (Lit/Fra/Croá)
Elena voa e encontra o seu par. Beleza num bailado como só o cinema de animação consegue mostrar. 


Night Breakers  – Gabriel Campoy, Guillem Lafoz – 17’ (Esp) 
Um grupo de homens e mulheres tentam preservar a luz que os mantém vivos e protegidos do perigo que os vai dizimando. 


Zmiena – Pierre Renverseau – 13’46 (Fra)
Um homem, um quarto. Lá fora, a Natureza. Kafka segundo o francês Pierre Renverseau. 


Part Forever – Alan Chung-An Ou – 12’ 33’’ (Taiwan)
Uma mulher lamenta a morte da irmã. E o marido não a consegue arrancar do caixão. Até que o inesperado acontece. 


Unheimlich – Fabio Colonna – 15’ (Méx) 
Uma mulher acorda ao ouvir ruídos. Que casa é aquela, que monstros a habitam? Curta Vencedora do Prémio Paul Naschy do Festival de Sitges 2021. 


Grandpa – Valentine Rolland, Théo Bongiovanni, Hugo Martins, Sophie Ouvrard, Thomas Piot, Nell Molinier – 6’ 46’’ (Fra)
A neta aprende a lidar com a morte do avô lembrando o que ele costumava fazer. 


The Flight of Banog – Elvert Bañares – 9’ (Filip)
As lendas dos povos indígenas das Filipinas, histórias de amor e ressurreição.


Told You – Cashell Horgan- 9’ (Irl) 
Um rapazinho é mandado para a cama. Os temores começam mas ninguém se importa muito. Mas, felizmente, alguém está atento. 


Tranvia – Carlos Baena – 8’50’’ (Esp)
Uma mulher entra num carro-eléctrico muito especial. O que a aguarda é uma viagem aos infernos. Ou é apenas um sonho?


While We Stayed at Home – Gil Versely – 5‘ (Israel) 
Uma passagem de peões, em plena pandemia. Um homem e uma mulher esperam em lados diferentes pelo sinal de travessia para peões. A sedução começa. 


Shiny New World -Jan van Gorkum- 8’43’’ (The Nederlands)
Tudo num dia normal de trabalho. Mas será mesmo? Uma comédia de horror que mete limpezas muito originais.

Fledge



18.00 • Broken Blooms – Luisito Lagdameo Ignacio – 107’ (Filip) – SR – Drama – ANTESTREIA MUNDIAL. – v.o. leg. ingl.leg portNo início da pandemia, Cynthia e Jeremy são dois jovens recém-casados. Na sua pobre comunidade, não há só dificuldades, há também solidariedade e calor. Entre todos, a vida continua entre choros e risos. Um filme de Luisito Lagdameo Ignacio, depois do brutal “School Service”, apresentado no Fantasporto 2019 na presença do realizador, e que ganhou prémio da Melhor Actriz. 

Broken Blooms


21.00 • Follow Her – Sylvia Caminer – 95’ (E.U.A.) – CF – Terror – ANTESTREIA MUNDIAL- v.o. ingl. leg port
Uma mulher vive dependente dos vídeos que põe na net e na quantidade de seguidores que consegue. Um dia, é convidada para ajudar a finalizar um argumento, o que a obriga a deslocar-se para um lugar remoto. Uma reflexão profunda sobre a invasão de privacidade e os tempos modernos. Um olhar perturbador e novo, mas cheio de originalidade, sobre um problema muito actual. Primeira e surpreendente longa de ficção de uma experiente realizadora americana.


23.00 • Confession – Yoon Jong-seok – 105’ (Cor. Sul) – SR – Thriller – INTERNATIONAL PREMIÈRE – v.o. leg. ingl.leg port
Um homem casado com a filha de um magnata tem um acidente de carro quando volta com a amante de um encontro amoroso. Nesse acidente, morre um homem. Tentando encobrir o sucedido, ele e a amante inventam uma história. E quando uma advogada se apresenta para o defender, as coisas complicam-se a sério. Um filme cheio de reviravoltas inesperadas, a mostrar a vitalidade do cinema coreano.


E no PEQUENO AUDITÓRIO

16:15 a longa portuguesa Amelinda  de Miguel Gomes, 114’ (Port) – PCP – MELHOR FILME – v. o. port. – Antestreia Mundial
Um casal chega a uma casa remota para passar uns dias de férias no meio do campo, a primeira noite é muito agitada. Que ruídos são esses, que fantasma mexe as cadeiras, que gente é aquela que lá vai ter? E que segredos do passado explicam tudo? Uma surpreendente primeira longa–metragem de Miguel Gomes, rodada em Barcelos e um filme que apenas um cinéfilo poderia realizar.



18:15, no Fantas Classics • Hollywood Stars, Guess who’s Coming to Dinner – Stanley Kramer, 108’ (E.U.A.) – 1967 – v. o. leg. port.

Um casal de meia idade tem de rever a sua atitude quando a filha lhes apresenta o seu noivo negro. Este filme foi uma pedrada positiva numa época em que as relações inter–raciais ainda eram muito problemáticas e bastante ausentes do cinema dos estúdios. Conta com três actores fabulosos, já na altura galardoados com Óscares. Spencer Tracy e Katharine Hepburn encontram Sidney Poitier, na altura já vencedor de um Óscar por “Lilly of the Valley” (1964) e o primeiro actor negro a ser nomeado, em 1959.


21:15 na Semana dos Realizadores Eviction  de Maté Fazekas, 87’ (Hun) – Drama – v. o. leg. ingl., na presença do realizador
Richard é um ambicioso oficial de diligências a quem finalmente entregam um caso de despejo, uma casa onde vive uma senhora de idade que se recusa a sair. O que parecia uma acção de rotina torna–se num caso importante na cidade. Primeira longa–metragem do realizador Maté Fazekas.


23:15 O fantástico The Unburied / El Cadáver Insepulto  de Alejandro Cohen Arazi, 84’ (Arg) – Cenas Eventualmente Chocantes – Horror – v. o. leg. ingl.leg port.
Maximiliano volta à terra onde viveu para o funeral do pai e tratar de papéis. Lá, esperam–no os irmãos e o corpo do pai que ainda está onde morreu. Mas é preciso respeitar os seus desejos. E todos na terra parecem pouco preocupados com tudo. O passado volta num clima de horror e trivialidade. Primeira longa–metragem deste realizador argentino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.