A Ferver: novo Matrix, novidades de Homem-Aranha, G.I. Joe, Blade, He-Man, Aladdin e James Bond

No final de Junho já tínhamos noticiado a possibilidade de um quarto filme da saga Matrix. (pode ler aqui) Agora, surge anúncio oficial!
Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss estão de regresso como Neo e Trinity e Lana Wachowski está a escrever o novo argumento, com a colaboração de  Aleksander Hemon e David Mitchell. Lana Wachowski acumula também as funções de produtora e de realizadora de Matrix 4 (título provisório).
A Warner Bros. vai produzir o filme em parceria com Village Roadshow.
A núncio do novo capítulo de Matrix foi feito por Toby Emmerich, o presidente do grupo Warner Bros Pictures.


O primeiro Matrix regressa a salas selecionadas norte-americanas já na próxima semana, para celebrar o 20º aniversário da estreia. Esperemos que pela ocasião sejam reveladas mais novidades do elenco e data de início das filmagens e até mesmo a data de estreia.

Homem-Aranha. Longe do Universo Cinematográfico da Marvel
Pela ocasião do anúncio da Fase 4 do Universo Cinematográfico da Marvel muitos fãs questionaram pelo próximo filme do Homem-Aranha. Agora, tornou-se público a separação entre a Sony Pictures, proprietários dos direitos de Homem-Aranha, e a Marvel Studios/ Disney.


O dinheiro é o motivo da separação. A Disney abordou a Sony Pictures para que nos futuros filmes do Homem-Aranha exista um acordo de co-financiamento 50/50 entre os estúdios, mas a Sony Pictures recusou a oferta de imediato, não querendo compartilhar a maior saga do seu catálogo. Essa discordância levou essencialmente o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, a perder o controle criativo sobre o Homem-Aranha, e o futuro envolvimento da personagem no Universo Cinematográfico da Marvel. A Sony Pictures estaria interessada em manter o atual acordo, onde a Disney recebe 5%, mas a Disney recusou.

Estão previstos mais dois filmes do Homem-Aranha, e é esperado o regresso de Tom Holland. Se não existirem mais desenvolvimentos, Kevin Feige não será o produtor criativo dos filmes. Apesar de não constar nos créditos de Venom (da Sony Pictures), é conhecido o envolvimento de Kevin Feige na produção do filme. Recentemente foi anunciado o início da produção de Venom 2. (pode ler aqui)Homem-Aranha: Longe de Casa tornou-se esta semana no lançamento da Sony Pictures com maior sucesso mundial. O filme já ultrapassou a marca dos mil milhões de dólares de receita acumulada nos cinemas em todo o mundo.

Em tom divertido, mas a mostrar preocupação, Tom Holland escreveu no Twitter que o próximo título será “Homem-Aranha – Sem Casa”.

 

007 – No Time To Die
No Time To Die é o título oficial do próximo filme de James Bond. O anúncio foi feito pelos produtores Michael G. Wilson e Barbara Broccoli. James Bond será interpretado, pela quinta vez, por Daniel Craig.

O elenco de No Time To Die inclui também Rami Malek, Léa Seydoux, Lashana Lynch, Ben Whishaw, Naomie Harris, Billy Magnussen, Ana de Armas, Rory Kinnear, David Dencik, Dali Benssalah, Jeffrey Wright e Ralph Fiennes. O filme é realizado por Cary Joji Fukunaga. A estreia em Portugal acontecerá a 9 de Abril de 2020.

Em No Time To Die, Bond deixou o serviço ativo e está a desfrutar de uma vida tranquila na Jamaica. Mas a sua paz termina rapidamente, quando o seu velho amigo Felix Leiter, da CIA, aparece com um pedido de ajuda. A missão de resgatar um cientista raptado acaba por ser muito mais traiçoeira do que o esperado, levando Bond a perseguir um misterioso vilão, armado com uma nova tecnologia perigosa.

 

Depois de G.I.Joe, Snake Eyes terá filme a solo

Depois de G.I. Joe – O Ataque dos Cobra, de 2009, e G.I. Joe Retaliação, de 2013, as personagens nascidas nos brinquedos da Hasbro preparam-se para regressar aos cinemas já no próximo ano. Snake Eyes será o primeiro filme derivado de G.I. Joe e a acção centrar-se-á em aventura da personagem com o mesmo nome.

Snake Eyes, o comando ninja silencioso que se veste de preto, foi interpretado nos dois primeiros filmes por Ray Park. Agora, Henry Golding (Um Pequeno Favor, Last Christmas) é o nome que se fala para ser Snake Eyes.

  Estreia em Portugal de One Piece Stampede, em risco!

O filme será realizado pelo alemão Robert Schwentke (Red: Perigosos), e o argumento escrito por Evan Spiliotopoulos (A Bela e O Monstro, Os Anjos de Charlie, O Caçador e A Rainha do Gelo).
Snake Eyes será produzido pela Hasbro Studios e pela Paramount Pictures. A estreia está prevista para o Outono de 2020.

Os produtores da Hasbro Studios – Josh Feldman, Sthephen Davis e Brian Goldner – estão a também a produzir G.I. Joe: Ever Vigilant, um filme que será realizado por D.J. Caruso (xXx: O Regresso de Xander Cage) com argumento da dupla de autores de Missão Impossível: Operação Fantasma, Tartarugas Ninja: Heróis Mutantes e Tartarugas Ninja: O Romper das Sombras, Josh Appelbaum e André Nemec.
A Hasbro Studios tem ainda mais projectos em desenvolvimento: a nova adaptação cinematográfica do famoso jogo de vídeo Dungeons & Dragons, a chegada aos cinemas da série de animação M.A.S.K – Mobile Armored Strike Kommand, e a muito aguardada adaptação cinematográfica do jogo Monopólio.

 

A Disney pondera sequela de Aladdin

Entusiasmados com o estrondoso sucesso da adaptação em imagem real de Aladdin, os executivos da Disney já começam a pensar numa sequela. Em Portugal, Aladdin em imagem real vendeu 291 mil bilhetes em 11 semanas de exibição. O filme acumulou um pouco mais de mil milhões de dólares em receita nas bilheteiras de todo o mundo.

O clássico da animação Disney estreado em 1992 teve continuação em O Regresso de Jafar e em Aladdin e o Rei dos Ladrões, filmes que foram lançados directamente no mercado videográfico.
Dan Lin, produtor da Disney, espera o regresso do elenco para a sequela, assim como o regresso do realizador Guy Ritchie.
Depois de Guy Ritchie ter realizado Aladdin a pensar nos gostos cinematográficos dos seus filhos, o cineasta inglês regressou ao seu habitual cinema de acção. No início do próximo ano estreia The Gentleman, com Matthew McConaughey, Charlie Hunnam, Michelle Dockery, Jeremy Strong, Colin Farrell, Henry Golding e Hugh Grant.

 

Masters of The Universe no pequeno e  no grande ecrã

A Sony Pictures está a preparar uma nova produção em imagem real de Masters of the Universe com Noah Centineo como He-Man. (pode ler a notícia aqui).


Mas enquanto não chega a estreia do filme, a plataforma de distribuição de conteúdos Netflix anunciou que está a trabalhar com Kevin Smith uma série de animação intitulada de Masters of the Universe: Revelation.
Kevin Smith será o criador da série e produtor executivo, com Rob David (vice-presidente da Mattel television e argumentista de He-Man: The Eternity War). A série está a ser produzida pela Mattel Television, com a Powerhouse Animation (Castlevania).

Kevin Smith revelou

Sou eternamente grato à Mattel TV e Netflix por confiar-me não apenas os segredos do Grayskull, mas também todo o seu Universo. Em Masters of the Universe: Revelation, nós escolhemos exatamente contar a história épica do que pode ser a batalha final entre He-Man e Skeletor! Esta é a história do Masters of the Universe que você sempre quis ver quando criança! 

 

Uma das surpresas no anúncio sobre as próximas fases do Universo Cinematográfico da Marvel, na Comic Con em San Diego, foi o regresso de Blade.

Nos últimos anos Wesley Snipes reuniu por diversas vezes com a Marvel Studios para o regresso de Blade ao grande ecrã, propondo ideias para a continuação a personagem.

Agora, Mahershala Ali vai interpretar o semi-vampiro que se tornou em caçador de vampiros, personagem que em três filmes foi interpretada por Wesley Snipes.

 

Entretanto surge o rumor que Wesley Snipes também poderá integrar o elenco deste novo Blade, para interpretar Drácula. O argumento de Blade poderá ser inspirado em Tomb of Dracula #1, onde Drácula surge pela primeira vez nos comics da Marvel.


Caso Wesley Snipes rejeite, a Marvel Studios tem outro actor previsto para interpretar Dracula: Giancarlo Esposito, actor nomeado a dois Emmys pelas suas interpretações em Better Call Saul e Breaking Bad. Aguardam-se mais novidades do elenco, assim como a data de estreia.

 

Ricardo Lopes

Começou a caminhar nos alicerces de uma sala de cinema, cresceu entre cartazes de filmes e película. E o trabalho no meio audiovisual aconteceu naturalmente, estando presente desde a pré-produção até à exibição.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *