BD: Crítica – 47 Ronin #1

47 ronin #1 capa“To know the story of the 47 Ronins to know Japan.” [fbshare]

“Conhecer a historia dos 47 Ronins é conhecer o Japão”

A premissa desta historia é muito simples, escrever a crítica é que é bem mais difícil porque implica ter que utilizar alguns termos que não são conhecidos para os ocidentais. Felizmente a revista vale bem os esforço! [fbshare]

47 ronin #1 Página 1A acção ocorre no Japão antigo (Abril de 1702) e tem como personagem principal Lord Asano, que é escolhido por um Shogun (um general) para entreter a família real.
Esta será a primeira vez que Lord Asano tem que desempenhar esta função e quando chega ao palácio do Shogun é apresentado a Kira Kozukenosuke Yoshinaka (1641-1702) que é o mestre de protocolo do governo militar (Bakufu’s highest ranking master).
Kira espera ser compensado para ensinar as normas de etiqueta a Asano, mas este entende que Kira não deve ser compensado por desempenhar uma função para a qual já esta a ser pago.

47 ronin #1 Página 2Como Assano não aceita subornar Kira a relação entre os dois fica muito crispada.
Kira faz tudo para embaraçar Assano, não desempenhando a função de mestre e colocando-o numa posição difícil (uma vez que não terá conhecimentos de etiqueta necessários para se apresentar à Família Real).
Mais tarde o conflito entre ambos chega ao ponto de Assano desembainhar a espada e atacar Kira. Não o matou mas foi julgado por isso e como consequência teve que se suicidar.

  Lançamento: Jessica Jones Vol. 1 - Sem Limites

47 ronin #1 Página 3Apesar de todos estes conflitos esta não é uma historia de guerra.

  • É uma historia sobre a Honra de um homem e dos Valores que defende.

Esta é uma revista com muitos e bons diálogos e nota-se que toda a equipa criativa pretende contar uma historia fidedigna e que retrate bem o tempo em que tudo acontece.

47 ronin #1 Página 4

Apesar de ter muito texto, não é uma revista maçadora, e é bastante agradável para um ocidental que tenha pouco contacto com a cultura nipónica.

Tudo nesta revista tem uma sequência lógica e percebe-se perfeitamente as motivações de cada personagem. Outra coisa não seria de esperar de uma revista escrita por Mike Richardson, ilustrada por Stan Sakai, e com Kazuo Koike como consultor (Kazuo Koike – co-creador de Lone Wolf and Cub, Samurai Executioner, Lady Snowblood, Path of the Assassin, e Crying Freeman) – Stan Sakai é nipo-americano e Kazuo Koike é nipónico (e também não precisa de grandes apresentações).

  Colecção 80 ANOS BATMAN - Veja os títulos!

47 ronin #1 Página 5Não sei se algum dos nossos leitores já conhecia esta historia, mas 2013 será um ano em que terá certamente outra oportunidade para a conhecer e se não quiser ler a revista, poderá ver o filme realizado por Carl Rinsch e com Keanu Reeves – infelizmente,  pelo que ja conhecemos do filme não podemos esperar que seja muito fidedigno á historia original


Voltando à revista (que está a ser editada pela Dark Horse de 2 em 2 meses), é difícil encontrar algo de que não tenha gostado, apesar de não ser tão satisfatória como Saga #1, não deixa de ser bastante agradável e digna de recomendação.

47 ronin #1 Página 6Nota: 9 em 10

P.S.: não me lembro de qualquer revista que tenha sido mais satisfatória que Saga #1, quando aparecer alguma revista que seja melhor, será certamente um evento de proporções épicas 🙂

(talvez o Saga #9… geek)

Nelson Vidal

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

GeraLinks