Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

TOP 20 FILMES DE SUPER-HERÓIS – PARTE 2

 

Sejam bem-vindos de volta ao guia não definitivo para os melhores filmes de super-heróis de sempre.

ATENÇÃO: Esta é a continuação do texto “Top 20: Os Melhores Filmes de Super-Heróis (Parte 1)” 

10- Deadpool 2 (2018)

Após o primeiro filme estava bastante cético em relação a Deadpool 2. Parecia que não havia muito mais para explorar no personagem, e de que a sequela seria simplesmente mais do mesmo, sem entregar nada de realmente novo.

Porém fui desenganado, porque Deadpool 2 é um filme que é muito melhor do que tem direito de ser.

Desde já admito que exagerei na posição deste filme, existem sim filmes de 20 a 11 que são discutivelmente melhores filmes, porém como eu disse na minha descrição de Deadpool (2016), só o facto de existirem dois filmes do Deadpool, e os dois funcionarem perfeitamente, já é um milagre.

O bromance com o Cable, o senso de humor superior ao primeiro filme, a história legitimamente envolvente, e sinceridade/honestidade do filme conseguiram me convencer de que Deadpool está cá para ficar.

E se isso não fosse suficiente o filme também é uma paródia dos comics dos anos 90, não podia pedir nada mais do Deadpool.

9- Lego Batman: O Filme (2017)

Sim, isto não é uma piada, Lego Batman é sim um dos 10 melhores filmes de super-heróis de todos os tempos na minha opinião, e um dos melhores estudos sobre o Homem-Morcego.

A animação arrojada  anteriormente usada em Lego: O Filme, permite-nos sermos apresentados o Batman por uma ótica completamente diferente. Este Batman é solitário, autoconsciente, e fica a olhar melancolicamente para o micro-ondas à espera  da comida aquecer. 

Este filme não é só uma paródia do Batman, mas sim uma celebração do personagem, por mais ridículo que ele seja por vezes…

8- Batman – O Início (2005)

Penso que como filme, Batman – O Início é sim inferior a O Cavaleiro das Trevas, porém no quesito de desenvolvimento de personagem (Batman) este filme leva o troféu.

Tudo se deve a uma pequena alteração na história de origem do Batman, que não só consegue atualizar o personagem, como também torná-lo ainda mais interessante e complexo.

Ao invés de simplesmente prometer lutar contra o crime, Bruce precisa de entender o seu privilégio, a sua ingenuidade, e fazer com que a sua luta contra o crime não seja simplesmente uma vingança pessoal. E é dessa autorreflexão que Bruce passa de um jovem rico atormentado que tenta matar o assassino dos seus pais, a um herói que acredita na redenção e que por isso não deve matar.

Esta e outras mudanças, consumam este autêntico reboot do personagem, que acabou por lançar uma das franquias mais rentáveis de todo o género.

7- Megamind (2010)

Prometo, este é o último filme de comédia da lista, todavia Megamind é sim um dos melhores filmes de super-heróis de todos os tempos.

Acho que Megamind já ganhou o estatuto de “filme de culto”, dentro de um público que nunca se esqueceu do quão bom é o filme. 

Porém, imagino que para as pessoas que nunca viram/não se lembram do filme até pode parecer estranho. Mas acho que o que posso dizer para os que não viram, é que Megamind é talvez o filme mais engraçado de toda a Dreamworks (o que não quer dizer pouca coisa), mas quando precisa pode ficar tão sério e triste como Homem-Aranha 2. O drama legítimo, a história e o brilhante arco de personagem fazem com que este filme esteja a par dos melhores.

Megamind é um comentário muito esperto a todo o género de super-heróis, só que não se leva assim tão a sério…

6- Watchmen – Os Guardiões (2009)

Eu muitas vezes penso em o quão errado é que uma adaptação cinematográfica de Watchmen poderia correr, e apesar dos muitos erros e falhas de Watchmen – Os Guardiões, o filme é ainda uma adaptação bastante satisfatória da BD, no mínimo decente.

Zack Snyder é conhecido por tomar decisões artísticas completamente ao acaso. Algumas acerta, e as outras falha completamente, e em Watchmen eu vejo mais acertos do que lapsos. Penso que essas lacunas já foram analisadas até à exaustão, por isso vou falar sobre alguns aspectos positivos do filme.

Acho bastante impressionante como o filme consegue transmitir toda uma aparência de pop-art, que se pensarmos tem tudo a ver com Watchmen. Apesar de também ser uma das maiores falhas do filme, a fascinação de Snyder pela estética e simbolismos da BD é transmitida muito bem no filme, através de closes, slow-motion e uso de CGI, e é admirável de se ver. Contudo pode não ter sido o filme certo para fazer isso…

De resto, o filme emula quase na totalidade a história e o curso narrativo, o que faz com que também seja um pouco difícil de o descartar, não existe uma falha suficientemente grande para rejeitar por completo o filme. Pode ser uma adaptação por vezes rasa, mas na minha a opinião um grande filme.

5- Homem-Aranha: No Universo Aranha (2018)

Eu acho que mesmo sendo uma das animações mais cultuadas dos últimos tempos, com boas críticas e um lucro razoável de bilheteira (mesmo que metade do lucro de Venom porque o mundo está podre). Eu ainda acho que a importância de Homem Aranha: No Universo Aranha ainda não foi propriamente atribuída.

Em primeiro lugar, eu acho que este é o melhor filme a representar o uso de smartphones e internet. Algo que é simplesmente omitido em filmes, mas neste, seja por ser uma animação ou por ter uma edição empolgadíssima, funciona perfeitamente.

A animação, que faz uso da tecnologia cel shading (que faz com que animação 3D tenha uma aparência 2D) é usada na perfeição. O filme aproveita também a linguagem da banda desenhada para ter um visual e estilo narrativo inovadores.

Como isso não bastasse, o filme é também uma autêntica aula de roteiro, pois mesmo tendo uma premissa complicadíssima (um Multiverso Aranha), com vários personagens. O filme não só não é nada confuso, como ainda consegue desenvolver todos os personagens sem exceção.

Filme perfeito, 10/10.

4- Logan (2017)

Após vários filmes dos mutantes, a Fox conseguiu finalmente acertar em Logan. Dando ao Wolverine o filme que ele merece.

O filme é uma grande mistura de western, futuro distópico, filme de ação e até estudo de personagem. Mas consegue tudo isso não descartando os elementos originais dos comics dos mutantes. 

Um filme extremamente sério e violento, mas que funciona perfeitamente, com talvez o melhor roteiro de todo o género de super-heróis.

3- O Cavaleiro das Trevas (2008)

Acho que O Cavaleiro das Trevas já chegou ao patamar de ser um filme que é mais cultuado do que realmente visto. Porém continua um dos melhores filmes de super-heróis de todos os tempos.

O que há para dizer que já não foi dito 1 milhão de vezes? De que este é um dos melhores thrillers de todos os tempos? De que a atuação do Heath Ledger e do Christian Bale são ótimas? De que a relação entre Batman e Joker é ainda mais aprofundada?

O Cavaleiro das Trevas é pura e simplesmente um grande filme, nada mais a dizer…

2- Homem-Aranha 2 (2004)

Se existe um filme que consegue encapsular toda a essência do super-herói, ele com certeza é Homem-Aranha 2 (ou talvez o próximo da lista).

Este é um outro filme que toda a gente já viu no mínimo várias vezes, por isso não me irei alongar. Mas por vezes fico impressionado como tão poucos filmes tentam imitá-lo.

Mesmo nos outros filmes do Cabeça de Teia, não existe quase nenhum outro que seja tão completo e atemporal como este. Praticamente todas as facetas do Peter são representadas neste filme (sem contar com o resto da trilogia). E não vejo nenhum outro filme de super-herói dedicar tanto amor e dedicação ao personagem que está a adaptar.

1- Super-Homem (1978)

Pode ser difícil de imaginar hoje, mas em tempos remotos Super-Homem era unanimemente o super-herói mais famoso e popular de todo o planeta.

Acho que essa é até uma das razões da perda de relevância do Super-Homem, ironicamente, o facto de ser tão grande tornou-o mais pequeno.

Acho que hoje também não é pouco comum haver pessoas com uma visão bastante estereotipada do Super. Mesmo pessoas bastante conhecedoras dos comics acham o Super-Homem um personagem tolo ou ingênuo.

E talvez nesse quesito o filme pode não ter ajudado muito. Os efeitos datados e a atitude demasiado “american way”, podem não ter dado a melhor primeira impressão para algumas pessoas (um filme que desmantela esse preconceito é Superman vs The Elite, recomendo).

Agora, seja o Christopher Reeve como Super-Homem, o Gene Hackman como Luthor, a brilhante caracterização do Super e da Lois, a história contada de maneira majestral,  ou toda a áurea de magia épica/clássica por volta do filme. Algo faz com que Superman permaneça como o melhor filme de super-herói até à data. O melhor filme do primeiro e maior super-herói de todos os tempos.

Por isso, se ainda não viste o filme e és fã de super-heróis, não existe nenhum outro filme do género que recomendo mais. 🙂

Discorda de algo na lista? Deixe a sua opinião nos comentários!

One thought on “TOP 20 FILMES DE SUPER-HERÓIS – PARTE 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.