Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Pássaro, de Diogo Campos e Hugo Teixeira

Pássaro, é um novo álbum de banda desenhada portuguesa, escrita por Diogo Campos e ilustrada por Hugo Teixeira. O livro é publicado pela editora Ala dos Livros.

Pássaro

Depois de ter lido uma história inspirada num conto japonês do autor Nankichi Niimi, belissimamente ilustrada por uma aguarela, Diogo Campos decidiu guardar o recorte da publicação com a ideia de poder vir a utilizá-la como base de inspiração para uma história a desenvolver no futuro.

Pássaro, de Diogo Campos e Hugo Teixeira

Essa oportunidade viria a surgir meses mais tarde, dando lugar a uma história de quatro pranchas, as quais provaram ser manifestamente insuficientes para narrar a história com clareza.

Colhendo alguns conselhos de outros autores e argumentistas nacionais, Diogo Campos foi trabalhando na história ao longo do tempo até a partilhar com o desenhador Hugo Teixeira.

O resultado deste encontro está no livro que agora se apresenta: uma história muda, entre o conto de Niimi e o conto A Vendedora de Fósforos, de Andersen, apresentado num álbum de 48 páginas, sem legendas, em que a leitura é sobretudo visual. E, na última página, o leitor deparar-se-á com um desafio, no qual poderá ou não querer embarcar…

Pássaro, de Diogo Campos e Hugo Teixeira

ArgumentoDiogo Campos

Nasceu em Braga, em 1988. Estudou Engenharia e Gestão Industrial e é actualmente consultor informático.
Desde muito cedo criou o hábito de se “alimentar” de doses generosas de desenhos animados e de todo o tipo de livros que vai encontrando nas bibliotecas ou que compra ocasionalmente em quiosques e noutros pontos de venda.

Ao longo do tempo, e graças às revistas publicadas pela Devir Portugal, tornou-se um leitor de banda desenhada compulsivo, vício que ainda hoje lhe ocupa os tempos livres.
Em 2008, experimenta pela primeira vez a escrita de argumentos para banda desenhada com o colectivo R’Lyeh Dreams, colaborando com os autores Diogo Carvalho, Rui Ramos e Vanessa Bettencourt em várias histórias posteriormente publicadas nas antologias Murmúrios das Profundezas e Voyager Vol.1.

Nos anos seguintes, colabora com os autores Véte e Zé Burnay em diversas edições das antologias Venham+5 e Zona.

Em paralelo, escreve artigos para o BDjornal, para o portal CentralComics e para o catálogo do Festival de Banda Desenhada de Beja, o Splaft!, para o qual ainda hoje colabora regularmente.

Em 2015, em conjunto com Bruno Caetano, funda uma loja online de venda de arte original de autores portugueses, a ComicHeart. Pouco depois de esta se tornar também um projecto editorial, é forçado a abandonar o projecto por falta de disponibilidade.

Depois de um interregno de vários anos na escrita de argumentos, é desafiado por Hugo Teixeira para lhe escrever uma história, com a qual ambos regressam às lides da nona arte.

Durante o longo período de tempo em que colaboram na execução do livro Pássaro, Diogo Campos volta momentaneamente à escrita de histórias curtas com uma participação na antologia Virar a Página: Antologia de BD, onde assina o argumento para uma história desenhada pelo autor Luís Guerreiro.

Pássaro é a sua primeira obra de maior fôlego.

Pássaro, de Diogo Campos e Hugo Teixeira

Desenho: Hugo Teixeira

Hugo César Ribeiro Teixeira nasceu em Setembro de 1980, em Amarante, em cuja Escola Secundária completou o 12º ano. É actualmente artista plástico e ilustrador freelance, trabalhando em várias áreas e para diversos clientes dentro e fora do mundo da BD.
Impulsionado pelo gosto que sempre teve pelo desenho fez, no 9º ano, a sua primeira banda desenhada que apresentou como trabalho na disciplina de Português. Desde então, o seu currículo tem-se ampliado, com bifurcação para duas áreas: a das exposições e a da publicação das suas BD’s, usando maioritariamente o estilo da BD japonesa (vulgo mangá).

A sua estreia em publicações profissionais ocorreu no BDJornal, nº 14, de Agosto/Setembro de 2006, com as bandas desenhadas Os Monótonos Monólogos de um Vagabundo e Um Olhar, contando ambas com argumento e desenho de sua autoria. 

O lançamento do seu primeiro livro ocorreu em 2007, em colaboração com a editora Pedranocharco, liderada pelo saudoso Machado Dias. Com o título Bang Bang, esta obra tornou-se o primeiro álbum mangá, de autor português, editado em Portugal. A partir desse ano, têm surgido em diversos fanzines e jornais nacionais que se dedicam à BD, diversas histórias curtas de sua autoria.

O seu segundo álbum, Mahou-Na Origem da Magiaque assina em parceria com a argumentista Ana Vidazinhasurge em Outubro de 2011 com a chancela da Edições ASA, seguindo-se, em 2013, Mahou – Perdidos no Tempo, também por esta editora do grupo LeYa.

No que se refere a exposições, Hugo Teixeira teve até à data trabalhos seus apresentados no FIBDA – Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, na Casa da Animação, no Porto, na Biblioteca Municipal Albano Sardoeira, em Amarante, e no Fórum Romeu Correia, em Almada.

Pássaro, que assina em parceria com Diogo Campos, publicado em Setembro de 2022 pela editora Ala dos Livros, é a sua mais recente publicação.

Pássaro, de Diogo Campos e Hugo Teixeira

PÁSSARO
Autores: Diogo Campos e Hugo Teixeira
Ala dos Livros
48 páginas. Preto e Branco
Capa Dura. 210 x 270 mm
Setembro de 2022. Ala dos Livros
PVP: 14,90 €
ISBN: 978-989-9108-06-6
Compra com 10% Desconto 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.