Curtas de Vila do Conde

Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Paper Mario: The Thousand-Year Door: O regresso de quem nunca deveria ter partido.

Paper Mario: The Thousand-Year Door na Nintendo Switch é um triunfo nostálgico que traz um dos títulos mais amados da GameCube para uma nova geração de jogadores.

Paper Mario: The Thousand-Year Door

Confesso que, quando Paper Mario: The Thousand-Year Door foi anunciado para a Nintendo Switch durante uma Nintendo Direct, mandei um gritinho capaz de ensurdecer todos aqueles que estavam em chamada comigo a ver a transmissão. Sempre fui
um grande fã da série Paper Mario e guardava com grande estima este jogo lançado inicialmente na Gamecube. Claro que, passado tantos anos poder experiênciar novamente esta que é considerada por muitos a melhor aventura de Paper Mario foi algo delicioso. Além disso, esta versão remasterizada mantém o charme, o humor e a jogabilidade envolvente do original, ao mesmo tempo que introduz melhorias que a fazem sentir-se fresca e acessível.

  Paper Mario: The Thousand-Year Door

A melhoria mais notável nesta reedição são os gráficos atualizados. A estética de papel característica do jogo está mais nítida e vibrante, tirando total proveito das capacidades da Switch. As animações das personagens são mais suaves e os ambientes estão mais detalhados, dando nova vida ao mundo encantador de Rogueport e seus arredores. A banda sonora, que já era um destaque do original, foi lindamente remasterizada, proporcionando uma experiência auditiva ainda mais rica.

The Thousand-Year Door na Switch mantém-se fiel ao sistema de combate por turnos e às mecânicas de resolução de puzzles do original, que continuam tão envolventes como sempre. O sistema de badges e os pressionamentos de botões cronometrados adicionam uma camada de estratégia e interatividade que mantém as batalhas dinâmicas e divertidas. Além de que nos aventurarmos por este mundo acaba por ser incrivelmente divertido, até para novos jogadores.

Paper Mario: The Thousand-Year Door

A narrativa continua a ser um dos elementos mais fortes do jogo. A missão de Mario para resgatar a Princesa Peach e descobrir os segredos da Thousand-Year Door está cheia de personagens memoráveis, diálogos espirituosos e reviravoltas surpreendentes. Cada capítulo apresenta cenários únicos e personalidades coloridas, desde os habitantes fantasmagóricos de Twilight Town até ao ringue de luta de Glitzville. A escrita é afiada e humorística, apelando tanto aos públicos mais jovens como aos fãs de longa data da série.

A reedição na Switch introduz várias melhorias na qualidade de vida que melhoram a experiência geral. Os tempos de carregamento estão significativamente reduzidos, proporcionando uma jornada mais suave e agradável. A inclusão de uma funcionalidade de gravação rápida permite aos jogadores gravar o seu progresso em qualquer ponto, o que é particularmente útil para jogar em movimento. Além disso, foram feitos pequenos ajustes para simplificar certos elementos da jogabilidade, resolvendo alguns dos pequenos problemas presentes na versão original.

Paper Mario: The Thousand-Year Door

Em suma, a reedição de Paper Mario: The Thousand-Year Door na Nintendo Switch é uma atualização magistral que celebra o legado do original enquanto faz melhorias cuidadosas. Quer sejas um fã que retorna ou um novato na série, esta versão oferece uma experiência de RPG encantadora e divertida que resiste ao teste do tempo. A combinação de humor, estratégia e criatividade do jogo assegura que ele permanece um título de destaque na diversificada biblioteca da Switch.

Nota: 9/10

Paper Mario: The Thousand-Year Door está disponível em exclusivo na Nintendo Switch

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verified by MonsterInsights