Os animais voltam a liderar o box office nacional

A Vida Secreta dos Nossos Bichos 2 continua a  liderar o box office nacional, e no terceiro fim-de-semana em cartaz teve um raro aumento de bilhetes vendidos. A divertida animação dos Illumination Studios levou mais 10 mil espectadores aos cinemas, que em igual período do fim-de-semana anterior.
Os dias cinzentos terão contribuído para quase 43 mil espectadores terem assistido no cinema a esta divertida aventura.

No segundo lugar da tabela encontra-se a estreia de As Vigaristas. Os divertidos esquemas planeados por Anne Hathaway e Rebel Wilson foram vistos por 31 mil espectadores.

 Aladdin continua a vender bilhetes nos cinemas portugueses. A recente adaptação em imagem real da Disney levou mais 20 mil espectadores aos cinemas, no quinto fim-de-semana em exibição, e desceu ao terceiro lugar da tabela das bilheteiras nacionais.

Das estreias da semana:

– a história Rudolf Nureyev em Corvo Branco levou 3 866 espectadores aos cinemas;

– o elenco de estrelas no novo filme de Jim Jarmursch, Os Mortos não Morrem, foi visto por 3 696 espectadores;

– Olivia Wilde é A Vigilante, e o filme vendeu 3 631 bilhetes;

Box Office Portugal – Fim-de-Semana de 20 a 23 de Junho

# TÍTULO DIAS EM EXIBIÇÃO Nº ECRÃS ESPECTADORES NO FIM-DE-SEMANA TOTAL DE ESPECTADORES
# TÍTULO DIAS EM EXIBIÇÃO Nº ECRÃS ESPECTADORES NO FIM-DE-SEMANA TOTAL DE ESPECTADORES
1 A VIDA SECRETA DOS NOSSOS BICHOS 2 18 102 42 950 158 353
2 AS VIGARISTAS 4 62 30 998 30 998
3 ALADDIN 32 87 20 352 245 705
4 MIB: HOMENS DE NEGRO – FORÇA INTERNACIONAL 11 67 18 752 53 132
5 X-MEN: FÉNIX NEGRA 18 63 13 265 90 239
6 ROCKETMAN 25 55 7 314 56 113
7 JOHN WICK 3 – IMPLACÁVEL 39 29 6 345 141 943
8 O CORVO BRANCO 4 15 3 866 3 866
9 OS MORTOS NÃO MORREM 4 21 3 696 3 900
10 A VIGILANTE 4 18 3 631 3 631
  Figuras Funko POP! a caminho do grande ecrã!

Dados ICA – Instituto Cinema e Audiovisual; Ordenado por número de espectadores.

 

 

Ricardo Lopes

Começou a caminhar nos alicerces de uma sala de cinema, cresceu entre cartazes de filmes e película. E o trabalho no meio audiovisual aconteceu naturalmente, estando presente desde a pré-produção até à exibição.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *