Os filmes indicados ao Oscar para Melhor Filme Internacional

Ontem a Academia Portuguesa de Cinema anunciou que Listen será o candidato português para integrar a lista final de filmes nomeados na categoria de Oscar para Melhor Filme Internacional na 93ª Cerimónia dos Oscars.

“Listen” de Ana Rocha de Sousa

Para serem propostos à Academia das Artes e Ciências Cinematográficas os filmes devem ter estreado nos seus países de origem entre Outubro de 2019 e 31 de Dezembro de 2020. (No ano passado foi de Outubro a Setembro). A lista dos 10 filmes selecionados será revelada a 9 de Fevereiro de 2021.

Outra alteração nas regras é que os filmes que tiveram estreia prevista nos cinemas, mas que por força das circunstâncias mundiais acabaram disponibilizados numa plataforma comercial de Video on Demand, agora podem ser considerados. O padrão que regulamenta continua a estabelecer como regra a obrigatoriedade de lançamento inicial nos cinemas, mas este ano existe a excepção.

Um Melhor Filme Internacional é definido como um longa-metragem produzida fora dos Estados Unidos da América com diálogos predominantemente em outra língua que não o inglês, e pode incluir filmes de animação e documentários.
A questão da língua predominante implicou que a Academia Portuguesa de Cinema reanalisasse a possibilidade de Listen ser excluído, e nas redes sociais foi prestado um longo esclarecimento em que reconhece que podem existir dúvidas sobre a elegibilidade, mas que está em contacto com a Academia dos Óscares e caso Listen seja posteriormente rejeitado, está salvaguardada a possibilidade de submeter outro filme. (Para além de Listen, os filmes a votação pelos membros da Academia Portuguesa foram Mosquito, Patrick e Vitalina Varela).

Bong Joon Ho, realizador de “Parasitas”

Em 2020, 92 países apresentaram candidato ao Oscar para Melhor Filme Internacional, contudo apenas Espanha, Polónia, Macedónia do Norte, França e Coreia do Sul integraram a lista de nomeados a tão cobiçada distinção. O Oscar foi entregue a Parasitas, da Coreia do Sul, que também foi o primeiro filme em língua não inglesa a vencer a principal categoria da noite de sonho, o Oscar para Melhor Filme.

Para ocupar algumdo seu tempo de recolhimento obrigatório, reunimos os trailers de todos filmes propostos – até ao momento – para o Oscar de Melhor Filme Internacional:

Albânia: Derë e hapur (Open Door) de Florenc Papas



Argélia
: هيليوبوليس (Heliopolis), de Djaâfar Gacem


Áustria
: Was wir wollten (What We Want), de Ulrike Kofler

Bélgica: Filles de joie (Working Girls), de Anne Paulicevich e Frédéric Fonteyne

Butão:Lunana (Lunana: A Yak in the Classroom), de Pawo Choyning Dorji

Bósnia e Herzegovina: Quo Vadis, Aida?, de Jasmila Zbanic

Bulgária: Бащата (Bashtata / The Father), de Kristina Grozeva e Petar Valchanov

Canadá: Funny Boy, de Deepa Mehta

Costa Rica: Ceniza Negra (Land of Ashes), de Sofia Quiros

Croácia: Dopunska nastava (Extracurricular), de Ivan-Goran Vitez

República Checa: Šarlatán (Charlatan), de  Agnieszka Holland


Equador:
Vacío (Emptiness), de Paúl Venegas

Estónia: Viimased (The Last Ones), de Veiko Õunpuu

Georgia: დასაწყისი (Dasatskisi/Beginning), de Dea Kulumbegashvili

Alemanha: Und morgen die ganze Welt (And Tomorrow the Entire World, de Julia von Heinz

Grécia: Μήλα (Mila/Apples), de Christos Nikou

GuatemalaLa Llorona, de Jayro Bustamante

Kosovo: Exil (Exile), de Visnar Morina

Indonésia: Perempuan Tanah Jahanam (Impetigore), de Joko Anwar

Irão: خورشید (Khōrshīd/Sun Children), de Majid Majidi

Israel: אסיה (Asia), de Ruthy Pribar

Costa do Marfim: La Nuit des rois (Night of the Kings), de Philippe Lacôte

Japão: 朝が来る (Asa ga Kuru/True Mothers), de Naomi Kawase

Quénia: Barua (The Letter), de Maia Lekow e Chris King

Reino do Lesoto: It’s Not a Burial, It’s a Resurrection, de Lemohang Jeremiah Mosese

Lituânia: Nova Lituania, de Karolis Kaupinis

  Novas datas de estreia para os filmes da Pris

Luxemburgo: Cuentos del río (River Tales), de Julie Schroell

Malásia: Roh (Soul), de Emir Ezwan

Mexico: Ya no estoy aquí (I’m No Longer Here), de Fernando Frias

Montenegro: Grudi (Breasts) de Marija Perović

Países Baixos: Buladó de Éche Janga


Macedónia do Nort
e: Врба (Vrba / Willow), de Milcho Manchevski


Noruega
: Håp (Hope), de Maria Sødahl


Palestina
: غزة حبيبتي (Gaza mon amour)  de Tarzan Nasser e Arab Nasser


Panamá
: Operación Causa Justa (Causa Justa), de Luis Franco Brantley e Luis Pacheco

Perú: Canción sin nombre (Song Without a Name), de Melina León


Polónia
: Śniegu już nigdy nie będzie (Never Gonna Snow Again), de Małgorzata Szumowska e Michał Englert

Portugal: Listen, de Ana Rocha de Sousa


Roménia
: Colectiv (Collective), de Alexander Nanau


Rússia
: Дорогие товарищи! (Dorogie tovarishchi! / Dear Comrades!), de  Andrei Konchalovsky


Singapura
: 热带雨 (Wet Season), de Hokkien Anthony Chen


Eslováquia
: Správa Slovak (The Auschwitz Report), de Peter Bebjak


Eslovénia: Zgodbe iz kostanjevih gozdov (Stories from the Chestnut Woods), de Gregor Božič


África do Sul
: Toorbos, de Rene van Rooyen

Coreia do Sul: 남산의 부장들 (Namsanui bujangdeul / The Man Standing Next), de Woo Min-ho


Espanha
: La trinchera infinita (The Endless Trench), de Jon Garaño, Aitor Arregie Jose Mari Goenaga


Sudão
: ستموت في العشرين (You Will Die at 20), de Amjad Abu Alala


Suécia
: Charter, de Amanda Kernell


Suiça
: Schwesterlein (My Little Sister), de Stéphanie Chuat e Véronique Reymond


Taiwan
陽光普照 (Yángguāng Pǔzhào / A Sun), de Chung Mong-hong


Turquia
: Koğuştaki Mucize 7 (Milagre na Cela 7/ Miracle in Cell No. 7) de Mehmet Ada Öztekin


Ucrânia
: Атлантида (Atlantida/Atlantis), de Valentyn Vasyanovych

Venezuela: Erase Una Vez en Venezuela (Once Upon a Time in Venezuela), de Congo Mirador

É a primeira vez que o Reino do Lesoto e Sudão indicam filmes para a candidatura à nomeação de Oscar para Melhor Filme Internacional. O Butão apresenta candidatura para a próxima edição dos Oscars, depois de 21 anos sem indicar qualquer título.

 

“Druk” de Thomas Vinterberg com Mads Mikkelsen

Aguarda-se com expectativa saber se a Dinamarca apresenta Druk (Another Round), da seleção oficial do Festival de Cannes deste ano, e se a Itália indica o aclamado documentário Notturno ou se escolhe o mais recente filme com Sophia Loren La vita davanti a sé (Uma Vida à Sua Frente/ The Life Ahead). Na dúvida também permanece a decisão da Índia, The Disciple com produção do mexicano Alfonso Cuarón é o filme de que se fala. A França tem uma decisão sempre difícil, mas os filmes mais mencionados são: DNA, uma história pessoal da autora Maïwenn protagonizada por Fanny Ardant e Louis Garrel; Eté  85 (Verão de 85 / Summer of 85), de François Ozon; e Gagarine, de Fanny Liatard e Jérémy Trouilh. Outra possibilidade é Deux (Two of Us), de Filippo Meneghetti, sobre um casal de lésbicas que compartilha secretamente dois apartamentos. Menos provável é o polémico Mignonnes (Primeiros Passos / Cuties) de Maïmouna Doucouré. A França anuncia a decisão a 19 de Novembro.

“ADN” um filme de Maïwenn

Listen

Será “Listen” o primeiro filme português a ser nomeado na categoria de Melhor Filme Internacional?

Da lista de filmes já indicados como candidatos à nomeação para Melhor Filme Internacional, dos filmes mais referenciados pela crítica especializada encontra-se o filme da Suiça, assim como a proposta da República Checa e da Roménia. O filme indicado pela Turquia foi dos mais vistos pelos portugueses no confinamento da passada primavera e deixou os espectadores lusos a replicarem a expressão “Lingo, Lingo”.  Listen tem sido muito bem recebido pela imprensa mundial…
Aguardemos por 9 de Fevereiro para saber quais os seleccionados para a restrita lista de 10 filmes que podem chegar aos Oscars. A lista de nomeados será conhecida a 15 de Março de 2021. A entrega dos Oscars acontecerá no domingo 25 de Abril.

 

Ricardo Lopes

Começou a caminhar nos alicerces de uma sala de cinema, cresceu entre cartazes de filmes e película. E o trabalho no meio audiovisual aconteceu naturalmente, estando presente desde a pré-produção até à exibição.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *