Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Jogos: Monster Rancher 1 & 2 DX – Análise

Monster Rancher regressa aos lançamentos por terras europeias com uma celebração dos 25 anos da franquia, mas será que o fator nostalgia é suficiente?

Monster Rancher 1 & 2 DX

Primeiramente, temos que assumir um facto aqui: Monster Rancher 1 e 2 DX são os jogos da PlayStation original e que apenas a segunda entrada chegou à Europa no ano 2000. Porém, penso que muitos leitores deverão lembrar-se da exibição da série de anime em Portugal, inicialmente em 2001 na RTP2 e, passado alguns anos, na SIC onde ganhou maior destaque.

Monster Rancher 1 & 2 DX

Falando agora da coleção que está disponível em algumas plataformas, a realidade é que não existiram grandes modificações. Os gráficos são os mesmos utilizados na PlayStation (nada contra esta característica, pois até concordo que acaba por dar um maior ar de celebração à causa) e os controlos continuam os mesmos. Preparem-se então para criar monstros, cuidar deles e depois batalhar pelo mundo fora. As batalhas, por um lado, são talvez a questão mais interessante do jogo, já que no caso da Nintendo Switch é possível passar um Joy-con a um dos nossos amigos ou familiares e jogar com eles uma partida em que batalhamos com monstros que geramos anteriormente e, para dizer a verdade, o facto de podermos lutar contra jogadores de todo o mundo através de uma conexão online acaba por trazer uma espécie de inovação dos tempos modernos para o título. Se excluirmos estes pormenores acaba por ser um RPG básico que vamos jogando quando nos dá vontade ou não temos outro jogo de captura de monstros para nos entreter.

Monster Rancher 1 & 2 DX

O ponto forte desta celebração é, definitivamente, a melhoria da “qualidade de vida do jogador”, já que temos o modo Fast Foward, onde avançamos por cenas e até treinos que nos podem demorar mais tempo do que estávamos à espera. Além disso, existia um modo bastante peculiar de adquirir monstros nos jogos originais, nomeadamente através da importação de CDs. Sim, CDs que tínhamos espalhados pela casa, fossem de música ou de jogos, se usados no jogo poderiam criar assim novos monstros. Essa característica progrediu para esta nova versão dos jogos, da melhor forma possível. Agora existe uma base de dados quase infinita de música que podemos escolher para criar os novos monstros e, quem fala de música, também fala de jogos. Posso já adiantar que, grande parte da biblioteca de jogos da Nintendo Switch está disponível nesta função, tornando assim mais simples obter novos monstros e alguns até bastante raros.

Monster Rancher 1 & 2 DX

Resta concluir que, Monster Rancher 1 & 2 DX é um jogo que apela à nostalgia. A maioria dos jogadores que nunca tiveram contacto com a série não sentirão grande vontade de os jogar, especialmente se tivermos em conta que são os mesmos jogos que se encontram na PlayStation original e com poucas (mas de certa forma, significativas) melhorias. Um título para os fãs da franquia.

Nota Final: 6/10

Monster Rancher 1 & 2 DX está disponível para PC e Nintendo Switch

 

Desenvolvedor e Editor: KOEI TECMO GAMES CO., LTD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.