Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Guerras Secretas Parte 1 da colecção da Salvat

Já disponível a primeira parte de Guerras Secretas, da colecção de Graphic Novels da Salvat, agora numa versão remasterixada e com um impacto visual nunca antes visto em Portugal!

[ad#cabecalho]

Guerras Secretas parte 1 - Capa“Raptados por uma entidade infinitamente superior conhecida apenas como Beyonder, os heróis mais poderosos da Terra vêem-se forçados a travar combate num mundo distante, denominado Mundo de Batalha. Aos vencedores estão reservados tesouros para além da imaginação, mas ao lado perdedor apenas aguarda uma morte certa!”

O conceito de um universo partilhado foi absolutamente importante no êxito contínuo da Marvel na história dos comics. A capacidade de juntar dois ou mais heróis e vilões ou ter determinada personagem a aparecer no comic de outra, é algo que reforça e estimula os imensos talentos criativos da Marvel, e permite adicionar uma camada de complexidade às histórias que contam. As Guerras Secretas, além de se tratar de uma fantástica história épica, pode também ser descrita como um excelente exemplo daquilo que é possível fazer a nível de interconetividade. Um marco histórico, não apenas para a Marvel, mas para a indústria dos comics em geral, Guerras Secretas foi a primeira vez que uma editora tentou algo desta magnitude. De forma a não afetar as publicações regulares, o conflito em si teve lugar de um número para o outro. Personagens que tinham sido transportadas para a nova saga ao fim de um número, no mês seguinte regressavam e falavam do assombroso conflito do qual haviam feito parte. Obviamente, isso criou imensa expetativa entre os leitores, à medida que o evento se desenrolava nas revistas da mini-série.

Várias vezes imitado, sem nunca ser superado, Guerras Secretas é o evento contra o qual todos os outros que estão por vir serão comparados. Um momento importante não só na história da Marvel, como também na história de toda a indústria dos comics, e que será recordado com apreço durante as gerações vindouras.

Este volume inclui também um dossier sobre o escritor Jim Shooter, e um extenso dossier sobre as origens da saga e como a série foi inicialmente concebida como veículo de propaganda para uma linha de brinquedos licenciados (é verdade!), bem como uma galeria de capas alternativas…

clica nas imagens para ampliar

Guerras Secretas parte 1 - página 1 Guerras Secretas parte 1 - página 4
Guerras Secretas parte 1 - página 3 Guerras Secretas parte 1 - página 2

Volume 50: GUERRAS SECRETAS – PARTE 1
Argumento de JIM SHOOTER e arte de MIKE ZECK & BOB LAYTON.

Este volume reúne os números 1 a 6 Marvel Super Heroes Secret Wars.
160 páginas, cores, Capa Dura

PVP: 11,99€

fonte: Salvat


INHUMANS: A NOVA SÉRIE DA MARVEL

10 thoughts on “Guerras Secretas Parte 1 da colecção da Salvat

  1. Olá. Não. Como dizemos no início do artigo. Esta é uma NOVA versão recolorida que nunca saiu em Portugal. Tem melhores cores e qualidade que a edição da Levoir, ganhando também com isso a arte de Zeck e Layton. A tradução também está melhorada.

  2. Head jam, o papel da Salvat é mais brilhante que o usado pela Levoir, o que resulta em diferenças subtis na percepção de algumas cores. Se a diferença é suficientemente significativa, para melhor ou pior, fica ao critério de cada um. Agora, evidentemente, e como uma pesquisa rapidamente te confirmará, esta série nunca foi “recolorida” como foram, por exemplo, Sandman ou Killing Joke. São as mesmas cores, tendo-se o caríssimo autor do blog, com certeza por lapso, equivocado.

  3. Olá, agradeço o reparo relativamente às cores. Poderá não ter sido recolorido, mas foi remasterizado. O material usado neste livro é diferente e melhorado relativamente ao usado na Levoir. Posso dizer isso com certeza por ter trabalhado e legendado os dois livros e por isso ter tido acesso aos materiais. Por isso, definitivamente não é apenas uma questão de qualidade de papel. Se ainda tivesse comigo o material em bruto da versão da Levoir poderia mostrar isso mesmo.

  4. Na minha opinião, depois de já ter comparado as duas edições lado a lado, as cores são as mesmas(como o Abel diz, a edição nunca foi recolorida), pode até estar um pouco melhorada mas mas aos meus olhos não é muito significativo.
    A única diferença é que a minha edição da Levoir(e não sei se o mesmo acontecia co as outros livros) tinha todas as paginas direitas desfocadas, o lettering lia-se bem, mas os desenhos estavam “foscos”.

  5. alguem sabe sem ser “poderá ser”se a coleção vai chegar ao fim por outra distribuidora e qual o endereço da salvat para tentarassinar o resto da coleção?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *