Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Fantasporto 2021 • 3 de Maio • Programação

Depois de um fim-de-semana de exibições da 41ª edição do Festival Internacional de Cinema do Porto, o penúltimo dia conta hoje com muitas curtas-metragens e um clássico de culto.

[Out of Sync] de Sasuke Sayama
A tarde começa pelas 12:00 com a exibição das curta-metragens da Competição de Cinema Fantástico, com mais de uma dezena de obras de várias partes do mundo. Eis a curtas em competição:

Dar-Dar de Paul Urkijo Alijo
Zealandia de Bruno Du Bois
Pandora de Matthias Lerch
Regarde Ce Que Tu As Fait! de Monica de Almeida
Conversaciones con un Mono de Grojo
[Out of Sync] de Sasuke Sayama
Rutina: La Prohibición de Sam Orti
3 Murs & un Toit de Mathilde Dugardin, Orane Laffra, Hugo de Magalhães, Wassim El Hammami
Tongue with Capers de David Mataró
Carmentis de Anthony Webb
Abracitos de Tony Morales
Out At Night de Christopher Hewitt
No Podrás Volver Nunca de Mónica Mateo

De seguida, às 15:15, é exibido filme argentino The Funeral Home/La Funeraria de Mauro Iván Ojeda. Bernardo e a sua família vivem da casa funerária que está instalada na sua casa. Na parte da frente, os clientes. Apesar de uma vida quotidiana muito estranha, agora têm de descobrir a nova verdade. Mais um filme com a vitalidade do cinema argentino, muito original e criativo. 1ª longa-metragem do realizador.

Às 17:15 podemos ver o clássico de culto Clube de Combate de David Fincher. Sem arranjar solução para a falta de sono, o Narrador (Edward Norton) encontra alguma paz na dor e lágrimas dos outros. A sua amizade com Tyler Durden (Brad Pitt) torna-se numa mola para tudo. Um filme para toda uma geração, do diretor de Se7en – Sete Pecados Mortais, vencedor do Grande Prémio do Fantasporto em 1996.

Para terminar, às 20:00, é exibido o vencedor do Prémio de Melhor Filme do Fantasporto 2021 da secção de Cinema Fantástico, Suicide Forest Village, de Takashi Shimizu. Duas meninas são recolhidas perto da floresta dos suicidas. Anos mais tarde, debaixo da casa onde agora vivem, encontram uma caixa estranha que vai dizimando os que entram em contacto. A resposta está na floresta. Do realizador de Howling Village, apresentado no Fantasporto 2020.

É o Fantasporto já a velocidade de cruzeiro e que nos acompanhará até ao próximo dia 4 de Maio.

Uma oportunidade para ver bom cinema e não perder nenhuma sessão, até porque, este ano, repetições não vão existir, e os filmes a apresentar terão aqui (quase todos), a única oportunidade para serem vistos em Portugal.

Bilhetes: 5€

Mais sobre o festival aqui, e visite o site oficial: Fantasporto | Festival Internacional de Cinema do Porto

Veja a entrevista que o Central Comics fez aos directores:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *