Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

A vingança do Conde Skarbek

“A vingança do Conde Skarbek”, foi originalmente publicado em França em 2 volumes, mas agora é publicado num volume integral com um caderno de extras, pela Arte de Autor.

A vingança do Conde Skarbek

Estamos em 1843. A Vingança do Conde Skarbek narra, escrito por Yves Sente e ilustrado por Grzegorz Rosinski, as tribulações românticas de um pintor, Louis Paulus, de regresso do exílio. Sob a identidade do Conde Skarbek, o pintor volta a Paris para confundir um famoso negociante de arte, Daniel Northbrook. Para isso, ele usará os “talentos” de sua antiga musa, a bela Magdalene. Flashbacks e testemunhos pontuam o julgamento cheio de reviravoltas que abrangerão os dois álbuns.

Um caderno de extras eróticos encerra este livro.

A vingança do Conde Skarbek

YVES SENTE
Nasceu em Bruxelas em 1964. No final dos estudos em Ciência Política, começau a carreira como chefe de redação da Lombard, onde se tornou director editorial, dois anos depois. Em 1998, propõe à Dargaud, de forma anónima, o argumento de A Conspiração Voronov, um novo episódio de As Aventuras de Blake e Mortimer. A história, desenhada por André Juillard, tem excelente aceitação por parte do público.

O novo autor confirma o seu talento de argumentista com A Vingança do Conde Skarbek, desenhado por Rosinsky, pelo qual recebe em 2004 o Grande Prémio de Argumento da Câmara Belga dos Peditos em BD. Por proposta de Jean Van Hamme, assume depois Thorgal, também com Rosinsky , e Kriss de Valnor, ilustrado por Giullio De Vita. Continua as histórias de Blake e Mortimer com André Juillard, começando também a série O Guardião, com François Boucq.

A vingança do Conde Skarbek

Em 2011, deixa as funções na Dargaud-Lombard para se dedicar em exclusivo à escrita, depois de lhe ser confiado por William Vence o novo ciclo de XIII, com Iouri Jigounov. No final de 2017, lança Il s’appelait Ptirou pela Dupuis com Laurent Verron, e Cinq Branches de Coton Noir, com Steve Cuzor.

Em Novembro de 2018, com Peter van Dongen e Teun Berserik, cria uma Aventura no Oriente de Blake e Mortimer: Ameaça em Hong Kong, o primeiro tomo de O Vale dos Imortais.

GRZEGORZ ROSINSKI
Nasceu na Polónia em 1941 e foi forçado ao exílio quarenta anos depois. Com a eternidade à sua frente, só se conhece ao artista um único medo: o de se fechar um dia num estilo reconhecível. Tanto que, desde os primeiros desenhos publicados aos 16 anos, nunca parou de evoluir na sua demanda gráfica. Obteve em 1967 o diploma da Academia de Belas Artes de Varsóvia, e tornou-se então a estrela e director de arte da Relax, a primeira revista polaca de BD.

Desembarcou na Bélgica em 1976, desejoso de experimentar a banda desenhada franco-belga. Trabalhou em dois álbuns de La Croisière Fantastique, da editora Mytic, e conheceu Jean Van Hamme, que para ele escreveu Thorgal, a grande saga fantástica que irá colocar em órbita a carreira de ambos. Seguiram-se Le Grand Pouvoir du Chinkel, também com Van Hamme, e, na Dargaud, La Complainte des Landes Perdues, com argumento de Jean Dufaux. É o início de uma série de álbuns em géneros tão diferentes como a ficção científica, a fantasia heróica ou o western.

A Vingança do Conde Skarbek é, sem dúvida, uma das obras mais conseguidas do ilustrador polaco, e foi de resto com este álbum que a sua visão da banda desenhada se alterou, o que o levará a abordar Thorgal com cores directas. Em 2006, ilustra Le Petit Lutin Noire para as edições Alice, um conto infantil da autoria de Philippe Malempré e Jean-Luc Goossens, e realiza em 2018 o seu último Thorgal, com cenário de Yann.

A vingança do Conde Skarbek

A vingança do Conde Skarbek
Argumento: Yves Sente

Desenho: Grzegorz Rosinsky
Arte de Autor
Edição: Cartonada
Número de páginas: 128
Formato: 235 x 310
Data de Edição: Junho de 2022
ISBN: 978-989-9094-09-3
PVP: 29,95€

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *