Ver Cinema no Cinema

As decisões governamentais de Novembro precipitaram o fim das salas de cinema em Portugal. Depois dos horários de recolher obrigatório associados ao Estado de Emergência, que acabou com as sessões mais procuradas pelos espectadores (diariamente depois das 21h, assim como durante os sábados e domingos), na passada semana o Governo proibiu o consumo de alimentos e bebidas nas salas de espectáculos.

Paulo Santos, diretor-geral da FEVIP – Associação Portuguesa de Defesa de Obras Audiovisuais (FEVIP), citado pela comunicação social na passada sexta-feira, considerou que esta foi

“a cereja no topo do bolo para acabar com a atividade”, uma vez que as sessões da noite nas salas de cinema já tinham sido proibidas, o que representa 40% das receitas da bilheteira no setor, e ao fim de semana a partir das 13h. As receitas dos bares, que são normalmente superiores às de bilheteira, devem agora sofrer uma enorme queda também. Com estas medidas, alguns cinemas vão ter mesmo de fechar por não conseguirem pagar as rendas.
Parece-nos que esta decisão será a causa direta e adequada ao encerramento prematuro de alguns que já eram expectáveis, porque os apoios não estão a aparecer, as linhas de crédito que foram criadas não são aplicadas, na maioria dos casos, aos cinemas, e portanto, se isto fosse batalha naval, eu diria que esta última decisão foi um tiro no porta-aviões, porta-aviões ao fundo”.

Cinemas Oeiras Parque

Num momento em que os cinemas preparam-se para receber as poucas estreias do ano com capacidade de atrair muitos espectadores, Mulher-Maravilha 1984, ou a animação deste Natal, o divertido Os Croods – Uma Nova Era, e assim devolver alguma esperança a exibidores portugueses e a distribuidores de filmes, eis que alguns cinemas enfrentam o fantasma do encerramento. A exibição cinematográfica em Portugal vive um ano horrível e com consequências irreversíveis. Se as decisões do Governo assassinam a exibição cinematográfica, cabe ao espectador ser resiliente e ver Cinema no Cinema!

A distribuidora NOS Lusomundo Audiovisuais estreou no passado fim-de-semana Miss, o mais recente filme do realizador Ruben Alves. Miss teve honras de pré-estreia na abertura da 21ª Festa do Cinema Francês, onde vendeu pouco mais de mil bilhetes. Agora, que chegou aos cinemas de todo o país, somou mais 1 361 bilhetes vendidos ao longo do fim-de-semana. Miss, a comédia francesa do realizador responsável pelo sucesso A Gaiola Dourada, foi o filme mais procurado pelos espectadores portugueses. Pode ler aqui a análise do Central Comics.
As bilheteiras nacionais continuam a receber espectadores que procuram pelos filmes Um Último Golpe e por Listen, filmes que já se encontram no segundo mês de exibição em Portugal .


A exibição cinematográfica tem encontrado o sucesso nos filmes dirigidos aos espectadores mais novos. Neste fim-de-semana regressou aos cinemas Frozen II – O Reino do Gelo, o filme de animação que mais bilhetes vendeu no ano passado. A aventura que vai “muito mais além” de Elsa e Anna levou aos cinemas mais 220 espectadores. Recorde aqui a nossa crítica, por António Correia.

  Cinema: Crítica - Cactus Jack (2021)

No passado fim-de-semana os espectadores também foram convidados a regressarem a Wakanda. A reposição de Black Panther, de 2018, levou aos cinemas 146 espectadores. Recentemente a Marvel Studios actualizou a introdução inicial de Black Panther numa homenagem a Chadwick Boseman, contudo é desconhecido se o logotipo de tributo foi exibido nos cinemas portugueses.Henrique Correia escreveu a crítica de Black Panther, aqui pode recordar a análise ao filme.
Black Panther

Sobre as restantes estreias da semana:
– A comédia francesa O Melhor Ainda Está Para Vir levou aos cinemas 318 espectadores;
– Os portugueses continuam a descobrir a filmografia de Fellipe Barbosa. A comédia dramática Domingo vendeu 27 bilhetes

No passado fim-de-semana foram vendidos 7 512 bilhetes nos cinemas portugueses, desde o final de Junho que não víamos um fim-de-semana tão fraco.

 

Box Office Portugal – Fim-de-Semana de 26 a 29 de Novembro

# TÍTULO DIAS EM EXIBIÇÃO ESPECTADORES NO FIM-DE-SEMANA ECRÃS TOTAL DE ESPECTADORES
1 Miss 4 1 361 53 2 406
2 Um Último Golpe 32 1 138 50 23 854
3 Listen 39 911 53 335 595
4 Trolls: Tour Mundial 32 513 34 10 306
5 Salma e o Grande Sonho 32 470 30 7 246
6 A Maldição de Larry 32 391 20 9 179
7 Pinóquio 25 340 22 4 493
8 O Melhor Ainda Está para Vir 4 318 29 318
9 A Linha do Horizonte 31 312 38 5 225
10 As Bruxas de Roald Dahl 32 262 23 9 562

Dados ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual; Ordenado por número de espectadores.

Ricardo Lopes

Começou a caminhar nos alicerces de uma sala de cinema, cresceu entre cartazes de filmes e película. E o trabalho no meio audiovisual aconteceu naturalmente, estando presente desde a pré-produção até à exibição.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *