Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Trezes: heterónimo de Fernando Pessoa é o autor do telefilme da semana

Esta sexta-feira ,o projecto Trezes estreia no Canal 1 da RTP a adaptação cinematográfica de Um Jantar Muito Original, uma obra escrita por um dos heterónimos de Fernando Pessoa, Alexander Search.

A história acontece em 1907, com a Câmara do Porto a ser ganha pelos republicanos, em plena monarquia, e a três anos de distância da revolução. As ideias republicanas vão-se impondo e as instituições monárquicas começam a ser abaladas. Porém, a Sociedade Gastronómica de Lisboa resiste e aparentemente é um dos mais sólidos bastiões da monarquia. Mas ventos de mudança sopram dentro das paredes da tradicional e conservadora Sociedade.
Um jovem membro, o Dr. Duarte Rodrigues, decide disputar a presidência, ocupada pelo misterioso Prositt, que fez fortuna nas Áfricas. Duarte, afirmando que não quer trair o ilustre presidente, mas como este se encontra algo desgastado e perdidamente deslumbrado com a liderança, consegue de forma ardilosa convencer os outros a convencê-lo a ele próprio, Duarte, a avançar, servindo-lhes para isso, num jantar de tomada de poder, um prato de inesperada excelência e muito original.

Tomás Alves interpreta o Dr. Duarte Rodrigues, Miguel Loureiro é o misterioso Prositt, Madalena é interpretada por Beatriz Barosa. O elenco inclui ainda João Cabral, Jorge Pinto, Flávio Gil, Jorge Silva, Rosa Bela e Lourenço Henriques.

O telefilme Um Jantar Muito Original foi realizado por Leandro Ferreira, que também escreveu o argumento com Miguel Simal. José Carlos de Oliveira; Ricardo Pugschitz de Oliveira são os produtores do telefilme, através da MarginalFilmes.

Para a próxima semana está prevista a estreia de O Sítio da Mulher Morta, telefilme realizado por José Carlos de Oliveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *