Surpresa: Sony agenda filme mistério com a Marvel para 2021!

A Sony Pictures reservou o dia 8 de Outubro de 2021 para estreia de um filme em parceria com a Marvel. A informação, disponibilizada pelo portal Exibithor Relations, é enigmática:

“Sony’s web continues to grow.
UNTITLED SONY/MARVEL pic now set for Oct. 8, 2021.”


Para o próximo ano a Sony Pictures, em parceria com a Marvel, agendou para o início de Julho a estreia da terceira aventura de Tom Holland como Homem-Aranha. A continuação do filme de animação Homem-Aranha: No Universo Aranha está prevista estrear em Abril de 2022.

Para este ano a Sony Pictures, com a Marvel, prepara-se para estrear Morbius (a 30 de Julho) e Venom 2 (a 1 de Outubro).

Sobre a misteriosa estreia para o outono de 2021 é desconhecido se o filme será centrado em mais algum vilão da Marvel ou se teremos outro super-herói a chegar ao grande ecrã.

MarvelsSpiderMan_TheHeist_01

Vamos a palpites? Quem gostariam de ver nesta produção da Sony Pictures:

Kraven, O Caçador
Tia May
Sabre de Prata
Gata Negra
– Madame Teia

Sexteto Sinistro
– Homem-Aranha: Miles Morales
– MJ
– Tocha Humana (para inserir o Quarteto Fantástico)

Numa das últimas edições do Toronto International Film festival, Tom Holland revelou que Drew Goddard (Perdido em Marte) estaria a desenvolver o argumento e preparava-se para realizar o filme do Sexteto Sinistro, acrescentando

E se eu estou envolvido ou não, é meio imaterial. “

Em outro momento o actor, que nos últimos filmes interpretou o aranhiço, disse que estes filmes acontecem no mundo que está a ser criado para Peter Parker.

“Todos eles têm ligação. Pode ser em locais diferentes, mas ainda assim estarão todos no mesmo mundo. Todos estarão relacionados.”


Mais recentemente a produtora Amy Pascal reiterou a vontade em trabalhar com Drew Goddard e que apenas esperava que ele estivesse pronto para realizar o filme do Sexteto Sinistro.
Entretanto pouco mais se soube do desenvolvimento desta produção.

Sobre o Sexteto Sinistro, as bandas desenhadas do Homem-Aranha mostraram-nos que este é um grupo de vilões que se juntam para derrubar o protagonista. A formação original reúne Homem-Areia, Kraven, Electro, Doutor Octopus, Mysterio e Abutre, mas diversos heróis fizeram parte do grupo….
No cinema, a fundação do Sexteto Sinistro começou em  Homem-Aranha: Regresso a  Casa, com Abutre (Michael Keaton), Shocker (Bokeem Woodbine), Concertador (Michael Chernus), Prowler (Donald Glover) e Escorpião (Michael Mando). Entretanto em  Homem-Aranha: Longe de Casa, os espectadores conheceram Mysterio (Jake Gyllenhaal).


Em entrevista  sobre o filme Homem-Aranha: Longe de Casa, a produtora Amy Pascal falou da construção do universo já estar em desenvolvimento para que aconteça o Sexteto Sinistro:

“Todos esses vilões que agora temos no nosso universo são personagens do Sexteto Sinistro. Algo pode acontecer”.

Na banda desenhada, apenas Abutre e Mysterio são membros fundadores da equipa, mas Shocker e Escorpião estiveram em várias interacções.

Outra forte possibilidade é a chegada aos cinemas de Kraven, O Caçador.

O filme a solo sobre o imigrante russo Sergei Kravinoff, que tenta provar ser o maior caçador do mundo, pode chegar aos cinemas no Outono do próximo ano.
Richard Wenk (The Equalizer – Sem Misericórdia) está anunciado como argumentista de Kraven, O Caçador. E, no final de 2018 anunciou que existia a possibilidade de O Caçador ficar cara-a-cara com Homem-Aranha. Na altura a história estava em fase embrionária.

  Análise: Summerland (2020)

Kraven apareceu pela primeira vez em “The Amazing Spider-Man # 15″ de Agosto de 1964 e foi uma criação de Steve Ditko e Stan Lee. É um grande caçador russo que se concentra no Homem-Aranha depois de conquistar todos os outros animais do planeta. Em Nova Yorque, Kraven falha rotineiramente o objectivo de conseguir ter a cabeça de Parker por cima da sua lareira.

A dor da derrota constante enlouquece-o e resulta no mais famoso de 1987 intitulado “A Última Caçada de Kraven“. Na história, o caçador rapidamente dizima Parker, enterra-o vivo e veste o fato de Homem-Aranha para fins nefastos. Parker finalmente sai da cova e luta com Kraven num combate mortal envolvendo a criatura assustadora e parecida com um roedor, Rattus. “A Última Caçada de Kraven” é frequentemente aclamado como um dos melhores livros da Marvel e inspirou muitos cineastas como Ryan Coogler a tentarem incluir os seus próprios eventos de super-heróis.

Entretanto Ryan Coogler (Black Panther) foi escolhido para realizar a estreia de Kraven, O Caçador nos cinemas, mas o realizador está ocupado com a produção de Black Panther 2.

Kraven também se juntou a Abutre, Escorpião e Mysterio e poderá também integrar o supergrupo de vilões Sexteto Sinistro.


Em Setembro do ano passado soube-se que a Sony Pictures tinha contratado os argumentistas de Morbius, Matt Sazama e Burk Sharpless, para escreverem o filme da Madame Teia, com a acção ambientada no universo de Homem-Aranha.

Criada pelo escritor Denny O’Neil e pelo artista John Romita Jr. , Madame Teia apareceu pela primeira vez em The Amazing Spider-Man  # 210, publicado pela Marvel Comics em Novembro de 1980. Conhecida como Cassandra Webb, ela é retratada como uma idosa cega que sofre de uma doença neuromuscular crónica, limitando-lhe movimentos e a respiração e, como tal, está ligada a um sistema de suporte de vida que se parece com uma teia de aranha. A idosa tem capacidades de prever o futuro.

Em determinado momento a Sony Pictures agendou para Fevereiro do ano passado a estreia no grande ecrã de Sabre de Prata. Contudo, o filme foi retirado do plano de estreias e nunca mais se soube do desenvolvimento da produção. Gina Prince-Bytherwood (Love & Basketball) ainda estará associada ao argumento e à realização de Sabre de Prata, contudo estará a desenvolver outras personagens para a Marvel. A ideia inicial passava por juntar no mesmo filme duas companheiras de Homem-Aranha: a Sabre de Prata, mercenária especializada em capturar inimigos, e a Gata Negra, a filha de ladrões que assume o negócio de família.

Nos últimos 5 anos a Sony Pictures considerou um filme sobre a Tia May, onde seria desenvolvida uma história de espionagem a acontecer nos jovens anos da personagem.
A Marvel lançou a banda desenhada Trouble em 2003, uma minissérie romântica com versões adolescentes de tia May, tio Ben, Richard e Mary Parker. Os livros não foram bem recebidos pelos fãs. Contudo, agora como a tia May é interpretada por Marisa Tomei, a Sony Pictures poderá até desenvolver o romance com Happy Hogan, Jon Favreau.

Aguardemos pelo anúncio do filme que chegará aos cinemas norte-americanos a 8 de Outubro de 2021.

Ricardo Lopes

Começou a caminhar nos alicerces de uma sala de cinema, cresceu entre cartazes de filmes e película. E o trabalho no meio audiovisual aconteceu naturalmente, estando presente desde a pré-produção até à exibição.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *