Curtas de Vila do Conde

Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Queer Lisboa: 27ª edição quase a começar

A 27ªedição do Queer Lisboa será dominada por filmes assinados por mulheres cis e pessoas trans ou não-binárias, que abordam temáticas tão variadas como consumo de drogas, saúde mental, guerra na Ucrânia e gentrificação.

De acordo com a organização, em 2023, o festival Queer apresentará uma programação abrangente numa abordagem alargada do conceito de queer. Dos 80 filmes que fazem parte do programa, alguns integraram o circuito de festivais de cinema internacionais e há vários inéditos de geografias tão díspares como o Kosovo, Egito, África do Sul ou Colômbia. 

 
Para a abertura, foi escolhida a nova longa-metragem do realizador Patric Chiha, “La Bête dans la jungle”, que é uma adaptação livre do romance homónimo de Henry James, que estreou este ano na Berlinale. No encerramento será exibido um documentário, “Queendom”, que segue a performer Gena Marvin, artista queer russa cujas performances colocam a sua vida em perigo enquanto recusa silenciar-se perante a repressão e a guerra na Moscovo atual.

 
Há duas sessões especiais: uma onde será exibido o mais recente filme de Ira Sachs, “Passages”, sobre uma tórrida história de amor a três protagonizada por Franz Rogowski, Ben Whishaw e Adèle Exarchopoulos; e outra onde se revistará a figura da Imperatriz Sisi, “Sisi & I”, que explora a alegada relação que manteve com a sua última dama de companhia.

Sisi & I
Sisi & I
 
A organização destaca a retrospetiva dedicada Yvonne Rainer, em colaboração com a Cinemateca Portuguesa, onde serão exibidos sete longas-metragens da cineasta norte-americana, que é também coreógrafa e bailarina, e dois documentários sobre a sua trajetória: “Feelings Are Facts: the Life of Yvonne Rainer“, de Jack Walsh, que estreou na Berlinale em 2015, e “Rainer Variations“, de Charles Atlas, um subversivo e inventivo retrato do processo de pensamento de Rainer.
Está também programado um debate “Yvonne Rainer, cinema e dança” com Gisela Casimiro, João dos Santos Martins e Jorge Jácome, moderado por Cláudia Galhós e Joana Ascensão.

 
O Queer Lisboa decorrerá de 22 e 30, no Cinema São Jorge e Cinemateca Portuguesa.
 
O programa completo está disponível no site do festival

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verified by MonsterInsights