Curtas de Vila do Conde

Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Prémios Goya com dois filmes portugueses candidatos

A próxima edição dos Prémios Goya, os mais importantes prémios do cinema espanhol, conta com dois títulos do cinema português: Alma Viva, de Cristèle Alves Meira, e Great Yarmouth: Provisional Figures, de Marco Martins.

Alma Viva


A Academia Portuguesa de Cinema envia anualmente os candidatos de Portugal, na categoria de Melhor Filme Ibero-Americano e, desde de 2021, para a categoria de Melhor Filme Europeu.
Alma Viva e Great Yarmouth: Provisional Figures são os filmes selecionados pela direção da Academia Portuguesa de Cinema como candidatos de Portugal à categoria de Melhor Filme Ibero-americano e Melhor Filme Europeu, respetivamente, na 38ª edição dos Prémios Goya, organizados pela Academia das Artes e das Ciências Cinematográficas de Espanha.
As longas-metragens foram selecionadas entre todos os candidatos elegíveis, estreados em Portugal entre 1 de novembro de 2022 e 31 de outubro de 2023, condição necessária para esta nomeação.

Great Yarmouth: Provisional Figures
Great Yarmouth: Provisional Figures


Alma Viva, candidato a Melhor Filme Ibero-americano, tem produção da Midas Filmes e é uma co-produção com França e Bélgica.
Com estreia mundial na Competição da Semana da Crítica do Festival de Cannes em 2022, Alma Viva retrata a emigração portuguesa, as famílias que se separam e as complexas diferenças económicas e sociais que daí advêm.

“Alma Viva”

A história do filme centra-se em Salomé, uma menina, filha de emigrantes portugueses em França, que passa o verão numa aldeia com a avó, com quem tem uma forte ligação afetiva e espiritual.

Alma Viva conta com as interpretações de Lua Michel, Ana Padrão, Jaqueline Corado, Ester Catalão, Duarte Pina, Arthur Brigas e Catherine Salée.

Great Yarmouth: Provisional Figures
Great Yarmouth: Provisional Figures


Great Yarmouth: Provisional Figures, candidato a Melhor Filme Europeu, é realizado por Marco Martins e produzido por Uma Pedra no Sapato.

O filme revela a contínua chegada de imigrantes portugueses, à procura de trabalho na vila costeira de Great Yarmouth em Norfolk no Reino Unido, três meses antes do Brexit acontecer.
O filme nasceu do encontro entre uma peça de teatro, que partia quase exclusivamente dos testemunhos individuais dos trabalhadores das fábricas e dos habitantes nativos de Great
Yarmouth (eles próprios actores no espectáculo e muitos deles participantes do filme) e um argumento de ficção escrito a partir daquilo que não podia ser mostrado em palco ou a que o realizador nunca teria acesso.
Great Yarmouth: Provisional Figure é protagonizado por Beatriz Batarda, Kris Hitchen, Robert Elliot, Romeu Runa, Nuno Lopes, Rita Cabaço, Hugo Bentes e a população de Great Yarmouth.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verified by MonsterInsights