Medeia Filmes anuncia descontinuidade com Cinema Monumental

O produtor Paulo Branco, da Medeia Filmes, anunciou o fim do contrato com o Cinema Monumental.

A actividade normal do Medeia Filmes continuará até 20 de fevereiro de 2019, dia em que se iniciam as obras no centro comercial. Segundo Paulo Branco, a exibidora e distribuidora não pretende voltar ao espaço, ” as coisas quando acabam, acabam”. O espaço Nimas continuará a ser um espaço de exibição da Medeia Filmes em Lisboa e que existem surpresas para o futuro.

Após o dia 20 de fevereiro, somente o Cineteatro do Monumental, a maior das quatro salas, estará em funcionamento e exibirá filmes aos fins de semana até à reestruturação completa do edifício. Os problemas financeiros eram contínuos e o produtor afirmou que o espaço já não era viável para a distribuidora. Esta decisão forçou o despedimento de quatro funcionários e só cinco permanecerão a trabalhar no Espaço Nimas e sessões especiais do Monumental.

Infelizmente, chega ao fim um dos maiores espaços nacionais apoiantes do cinema independente. Paulo Branco acentou ainda, ao Observador, que apesar da enorme atenção por parte dos proprietários, é bastante difícil rentabilizar um espaço ocupado com exibição cinematográfica.

As obras do edifício estão planeadas no valor de 20 milhões de euros e continua-se à procura de um novo exibidor para o espaço constituído por quatro salas que totalizam 800 lugares.

  MOTELX 2019 - Os Vencedores da 13ª Edição

Tiago Ferreira

Estudante de Cinema e Teatro, Crítico de Cinema, Fotógrafo novato e Cosplayer.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *