Curtas de Vila do Conde

Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Jogos: Everybody 1-2-Switch – Análise

Everybody 1-2-Switch chegou à Nintendo Switch para animar as festas entre amigos e familia. Será que melhora comparativamente ao jogo anterior?

Everybody 1-2-Switch

A Nintendo Switch foi lançada em março de 2017 e um dos jogos de lançamento foi 1-2-Switch, um jogo de festa que se destacava por dá a conhecer melhor os joycons, os comandos que vinham integrados na consola. Porém, acabou por se um jogo um pouco mal recebido pelos jogadores, que consideravam que devia ser uma espécie de sucessor do Wii Sports, que deveria vir integrado na consola, para mostrar aos jogadores como utilizar os seus novos comandos.

A primeira vez que liguei o Everybody 1-2-Switch foi logo um sucesso por estes lados. Convém termos em conta que quem tinha comigo no momento eram jogadores casuais que apreciam este tipo de jogos mais interativos e que são capazes de explorar melhor as capacidades deste jogo do que eu, que estou acostumado com outros tipos de jogos (nunca escondi que tenho preferencias para aventuras, terror e RPG’s). Porém, mudei completamente a minha visão ao jogar este Everybody 1-2-Switch. Torna-se completamente viciante andar a atirar estrelas por exemplo e os controlos com os joycons continuam a ser um brilhante destaque, pois, em cada mini-jogo temos uma forma de utilizar que nunca nos passaria pela cabeça.

Everybody 1-2-Switch

Porém, o destaque desta nova entrada na série é mesmo a conecção através do telefone. O facto de podermos ter mais pessoas a jogar conosco por conta de não termos mais comandos com o telemovel, torna o jogo ainda mais divertido. A conexão é relativamente fácil e funciona quase instantaniamente. Devemos, no entanto, ter que considerar que precisamos de ter uma boa conexão de internet e mesmo assim pode acontecer falhar, algo que acontece apenas raramente.

Convém também ter em conta que parece que o joycon continua a ser a forma ideal de jogar, pois é mais fiável. Porém, podemos jogar sem problemas no telemóvel. Imaginem lançar pequenas estrelas ninja na tela do vosso smartphone e aparecer no ecrã, enquanto outro amigo vosso defende-se dessas mesmas estrelas com o joycon que funciona como uma espada. Torna tudo mais interativo e chegar até ao jogo através do telefone é muito, mas muito direto.

Everybody 1-2-Switch

Em termos de durabilidade de jogo é algo dificil de precisar. Podemos dizer que os mini-jogos são curtos, mas, quando existem pessoas com vontade de se divertir vai continuar a existir sempre repetições e o tempo torna-se assim infinito. Podemos dizer que o jogo termina quando a festa acaba…ou quando alguém se chateia a jogar bingo! Este foi um dos maiores destaques para mim, já que tendo familiares mais velhos, uma espécie de jogo mais reconhecivel pode fazer com que seja mais interativo para todos.

Resta concluir que, Everybody 1-2-Switch é o jogo perfeito para se divertirem em familia. Cuidado Mario Party, acho que temos um novo rei do jogos de festa! Com o preço baixo que o jogo tem, ninguém tem desculpa para não se divertir com esta nova ideia da Nintendo e nem a falta de comandos vai parar os jogadores mais casuais!

 

Nota Final: 8/10

Everybody 1-2-Switch está disponível em exclusívo na Nintendo Switch

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verified by MonsterInsights