O Dia Mais Curto

Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Jogos: Análise – Dakar Desert Rally

Foi em 2018 que um jogo ligado à competição Dakar chegou ao PC e consolas, dando uma nova vida virtual aos jogos, ausente durante 15 anos até aquele ano. Quatro anos depois, muito mudou, com o jogo a ser desenvolvido pela Saber Porto, na grande cidade portuguesa, e mais tempo para desenvolver a segunda oportunidade, que chega em forma de Dakar Desert Rally.

Regressamos novamente às provas da competição, com algumas novidades. Existem mais de 130 provas para correr, referentes às provas do Dakar Rally 2020 a 2022, totalmente licenciado com os respectivos veículos, pilotos e equipas. Tamanha veracidade é de uma enorme responsabilidade para qualquer desenvolvedora de videojogos, e a Saber faz um bom trabalho a retratar os inúmeros participantes. Considerando que são mais de 150 veículos, das diversas categorias, temos à disposição carros, motas, moto-quatro, camiões e SSVs, prontos a serem percorridos ao longo de mais de 20.000m2 de mapa.

Um dos pontos mais criticados de Dakar 18 era a sua dificuldade, sobretudo para os menos experientes, que rapidamente se confundiam com a utilização do roadbook durante a corrida. Era muito fácil perdermos o fio à meada, mas felizmente isso agora é opcional, já que está incluído um modo casual que indica os locais de passagem claramente. Funciona 50% das vezes, com os outros 50% a serem frustrantes, já que não existe propriamente um mapa no ecrã, nem uma linha de corrida, tendo que levar as coisas ponto-a-ponto; juntamente com uma AI altamente agressiva, já que neste modo Sport, corremos contra outro oponentes no percurso. Ainda assim uma adição importante que, pelo menos, dá uma oportunidade aos novatos, ou para quem procura uma experiência menos a sério, mas a opção de correr sozinho contra o tempo era fantástico de se ter.

Acontece que do lado da jogabilidade, as coisas acabam por se descair, novamente, mas de forma diferente. Se no jogo anterior a condução aparentava ser muito mecânica e não se sentia propriamente o peso do carro, neste existem diversas melhorias nesse aspecto, com o comportamento de cada um dos veículos ser ser algo mais próximo de um simulador, dando as devidas consequências quando abrimos a fundo indevidamente. No entanto, à mínima coisa, o nosso veículo – com a excepção dos camiões, que parece ser os mais estáveis – é capaz de capotar, ou simplesmente derrapar de um modo em que qualquer tentativa de recuperar o tempo ou a posição perdida, dita um reinicio à corrida e esperar que não aconteça novamente. Em corridas mais longas, e são várias, esta abordagem é longe de ideal.

Graficamente, existem dois modos. O modo Resolution mantém tudo nos 30fps tranquilos, com o detalhe dos carros e do deserto a ser comparáveis a outros jogos graficamente bem conseguidos. O modo Performance, porém, promete subir a framerate até aos 60fps, mas diminui de forma bastante drástica os visuais. Pior que isso, é a sua incapacidade de manter os 60fps estáveis, havendo com demasiada frequência quedas de frames capazes de arruinar corridas. É possível que seja um problema fácil de resolver numa actualização no futuro, mas à data desta análise, é talvez dos factores mais negativos; ao lado de uma aparente perda de progressão, um problema que já está a ser abordado pela desenvolvedora.

Durante os próximos tempos está prometido muito conteúdo novo, inclusive muitos veículos clássicos ainda este ano, e em 2023 um conjunto de carros híbridos e uma USA Tour, que parece que irá levar-nos até aos Estados Unidos.

Assim, Dakar Desert Rally é a segunda oportunidade da equipa nortenha em entregar um bom jogo de corridas, algo de faz com resultados mistos. Se erros passados foram reconhecidos e melhorados, existem agora todo um novo conjunto de desafios que deitam a perder essas mesmas, esperando que sejam possível desaparecerem em tempo útil. O jogo realmente proporciona uma experiência única e equiparável a outros simuladores, como a série WRC, mas existem um conjunto de decisões no seu desenvolvimento que não permitem que chegue ao seu verdadeiro potencial, necessitando de um pouco mais de atenção para que chegue lá sem percalços. Pelo menos desta vez não me apeteceu matar o co-piloto…

Nota Final: 6/10

Dakar Desert Rally está disponível para Xbox Series X|S (versão testada), Xbox One, PlayStation 4, PlayStation 5 e PC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *