Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Filmes Netflix em estreia nos cinemas

De vez em quando, algumas produções da Netflix chegam às salas de cinema, com a estreia a acontecer antes de serem disponibilizadas na plataforma de streaming.
Para as últimas semanas deste ano estão anunciadas as estreias de Bardo, Falsa Crónica de Algumas Verdades de Alejandro G. Iñárritu, a 17 de novembro,  Pinóquio de Guillermo del Toro, a 24 de novembro, e Ruído Branco de Noah Baumbach, a 8 de dezembro.
É possível que sejam filmes presentes  na próxima edição dos Oscars. 

Bardo

Alejandro G. Iñárritu afirmou-se como um dos nomes maiores de Hollywood, e apesar do sucesso internacional, o cineasta tem a necessidade de abordar questões específicas do seu país de origem, México.
O exemplo mais recente é Bardo, Falsa Crónica de Algumas Verdades.
Silverio, um famoso jornalista e documentarista mexicano residente em Los Angeles que, após ser distinguido com um prestigiante prémio internacional, sente a necessidade de regressar ao seu país natal, incauto de que esta simples viagem o colocará num limite existencial. O delírio das suas memórias e dos seus receios decidiu invadir o presente, inundando a sua rotina diária com um sentido de desconcerto e assombro. Com emoção e muito humor, Silverio lida com questões universais, e ao mesmo tempo íntimas, de identidade, sucesso, mortalidade, a história do México e os laços familiares profundamente emotivos que partilha com a mulher e os filhos. Afinal, não será isto que significa ser humano nestes tempos tão peculiares?

Alejandro G. Iñárritu a dirigir Daniel Giménez Cacho


O ator mexicano Daniel Giménez Cacho interpreta o papel de Silverio Gama com um desempenho inolvidável. Filmado numa resplandecente película de 65 mm por Darius Khondji (Seven: 7 Pecados Mortais), nomeado para os Óscares, e com argumento de Iñárritu em conjunto com Nicolás Giacobone (Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância), vencedor dos Óscares, e Biutiful), Bardo, Falsa Crónica de Algumas Verdades assinala o primeiro filme de Iñárritu filmado no México desde o êxito internacional da década de 2000, Amor Cão. O filme conta com o design de produção de Eugenio Caballero (ROMALabirinto do Fauno), designer mexicano oscarizado, e figurinos de Anna Terrazas (The DeuceROMA).



Bardo, Falsa Crónica de Algumas Verdades
  estreia a 17 de novembro em cinema selecionados, e na Netflix a 16 de dezembro. 



O oscarizado cineasta Guillermo del Toro vai fazer a sua estreia como realizador de uma longa-metragem de animação na Netflix, com o seu projeto de paixão ao longo da vida, Pinóquio. Guillermo del Toro também escreveu e produziu Pinóquio como um musical em stop motion.

Guillermo del Toro reinventa a história italiana clássica de Pinóquio na Itália da década de 1930. Agora, vamos acompanhar as aventuras e os sarilhos de Pinóquio, enquanto este se tenta tornar num menino de verdade.
Nenhuma forma de arte influenciou a minha vida e o meu trabalho mais do que a animação e nenhuma personagem na história teve uma ligação pessoal tão profunda comigo quanto Pinóquio. Na nossa história, Pinóquio é uma alma inocente com um pai indiferente que se perde num mundo que não consegue compreender. Ele embarca numa jornada extraordinária que o deixa com uma profunda compreensão do seu pai e do mundo real. Eu queria fazer este filme desde que me lembro. Após a incrível experiência que tivemos em Caçadores de Trolls , estou grato que a talentosa equipa da Netflix tenha-me concedido a oportunidade de uma vida inteira de apresentar ao público de todos os lugares a minha versão desse estranho fantoche que virou menino de verdade.” afirmou Guillermo del Toro.

O elenco de vozes da versão original, falada em inglês, conta com Ewan McGregor como Grilo, David Bradley como Geppetto e Gregory Mann como Pinóquio na versão original falada em inglês. As outras vozes incluem Finn Wolfhard, a oscarizada Cate BlanchettJohn TurturroRon PerlmanTim Blake NelsonBurn Gorman, e os oscarizados Christoph Waltz e Tilda Swinton.

 

Pinóquio é uma produção de Guillermo del Toro, The Jim Henson Company ( The Dark Crystal: Age of Resistance ) e ShadowMachine ( Bojack Horseman, The Shivering Truth ), que recebeu a produção de animação em stop-motion. Ao lado de del Toro, Lisa Henson, Alex Bulkley da ShadowMachine, Corey Campodonico e Gary Ungar da Exile Entertainment são os produtores. Blanca Lista co-produziu. Também ao lado de del Toro, Patrick McHale ( Over The Garden Wall , Hora de Aventura ) co-escreveu o arguemnto, Mark Gustafson (O Fantástico Sr. Raposo) será corealizador, e Guy Davis é o designer de co-produção, inspirando-se no design original de Gris Grimly para a personagem Pinóquio. Os bonecos do filme foram construídos por Mackinnon e Saunders ( A Noiva Cadáver ).


Pinóquio de Guillermo del Toro
estreia nos cinemas a 24 de novembro e chega à Netflix 9 de dezembro.

“Ruído Branco”


Em Ruído Branco, Noah Baumbach adapta para cinema o clássico romance de Don DeLillo. 
Simultaneamente hilariante e aterrador, poético e absurdo, comum e apocalíptico, Ruído Branco dramatiza as tentativas de uma família americana contemporânea de lidar com as dificuldades da vida quotidiana, ao mesmo tempo que se debate com os mistérios universais do amor, a morte e a possibilidade de alcançar a felicidade num mundo cheio de incertezas.



Quando White Noise , de Don DeLillo, foi publicado em 1985, a atenção do livro estava fortemente focada no modo como a tecnologia moderna já havia causado um impacto inevitável na sociedade humana. Mais de 30 anos depois, a nossa tecnologia é muito diferente da televisão ou rádio de DeLillo, mas o poder desse conceito ganhou nova vida na adapatção cinematográfica.

O teaser apropriadamente enigmático do filme mostra a opinião de Baumbach sobre  o incidente incitante de Ruído Branco: um derramamento químico liberta uma nuvem tóxica que paira sobre a história e  as suas personagens. No centro da nuvem está Jack Gladney (Adam Driver), um professor de “Estudos de Hitler” que lida com a vida, a morte e as preocupações muito mais granulares do dia a dia. Ao lado da sua esposa Babette (Greta Gerwig) e dos quatro filhos, Jack procura a felicidade, enquanto o mundo tóxico em redor torna-se cada vez mais incerto.



Noah Baumbach volta a dirigir o protagonista do seu anterior filme, Marriage Story, Adam Driver,  assim como a sua companheira de vida, Greta Gerwig. O elenco de Ruído Branco incui ainda Don Cheadle, que interpreta o colega de Jack Murray Siskind, um especialista em Elvis.


A estreia mundial de Ruído Branco aconteceu no Festival de Cinema de Veneza; agora, chega aos cinemas portugueses a 8 de dezembro e à Netflix no penúltimo dia do ano, 30 de dezembro. 

Para os leitores que aguardam pela estreia nos cinemas portugueses de Glass Onion: Um Mistério Knives Out, saibam que, apesar do burburinho de ser o primeiro filme Netflix a estrear nas três principais cadeias de cinemas norte-americanos e muitos outros países, ainda não foi anunciada a estreia nos cinemas portugueses.
O regresso à acção de Benoit Blanc para resolver mais um caso dirigido por Rian Johnson tem estreia marcada para a plataforma Netflix a 23 de dezembro.
Glass Onion: Um Mistério Knives Out reúne mais um elenco de astros e estrelas liderado por Daniel Craig, que retoma seu papel ao lado de Edward Norton, Janelle Monáe, Kathryn Hahn, Leslie Odom Jr., Jessica Henwick e Madelyn Cline, além de Kate Hudson e Dave Bautista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *