Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Corto Maltese em duas novas edições a partir de Setembro!

Já estão disponiveis dois novos lançamentos de Corto Maltese, que a editora Arte de Autor está a recuperar para quem ainda não conhece a famosa mais emblemática de Hugo Pratt, ou para os coleccionadores que desejam ter uma nova versão dos livros.

Tomo 2 – Sob o signo de Capricórnio

No início do seu périplo tropical, em plena I Guerra Mundial, Corto Maltese — «o último representante de uma dinastia completamente extinta que acreditava na generosidade e no heroísmo» — faz amizade com o jovem inglês Tristran Bantam, meio-irmão de Morgana Dias dos Santos, praticante de macumba e pupila da visionária Boca Dourada, a quem visita na Baía acompanhado por Steiner, antigo professor da universidade Praga e futuro companheiro de viagens, na pista de tesouros misteriosos, cumprindo o seu destino de cavalheiro da fortuna.

Argumento e Desenho: Hugo Pratt
Edição: Cartonada, 152 páginas
Formato: 225 x 297 mm
Impressão: Preto e branco com prefácio a cores
Data de Edição: Setembro de 2018
PVP: 26,95

[ad#artigo]

Tomo 3 – Sempre um pouco mais longe

Corto Maltese alarga o seu périplo tropical à selva sul e centro-americana e às ilhas caribenhas. Vudu e política, golpes e repúblicas de bananas, escravatura, mulheres belas e misteriosas, a duradoura miragem do Eldorado, são alguns dos cenários e dos meandros das aventuras deste herói singular, independente e livre, imbuído de um certeiro instinto de justiça. Na extraordinária elegia que é «A Lagoa dos Bons Sonhos», o fim próximo da I Guerra Mundial é pretexto para uma meditação melancólica sobre os sonhos de glória.

Argumento e Desenho: Hugo Pratt
Edição: Cartonada
Formato: 225 x 297 mm
Número de páginas: 128
Impressão: Preto e branco com prefácio a cores
Data de Edição: Setembro de 2018
PVP: 26,95

Hugo Pratt
Unanimente considerado um dos maiores desenhadores do mundo (Rimini, Itália, 1927 – Grandvaux, Suíça, 1995). As suas bandas desenhadas, as suas obras gráficas e aguarelas são expostas nos maiores museus, do Grand Palais à Pinacoteca de Paris, sem falar do Vittoriano, em Roma, o Ca’ Pesaro, em Veneza ou o Santa Maria della Scalla em Siena. Ele próprio definia as suas histórias com o termo «literatura desenhada». Viveu em Itália, Argentina, Inglaterra, França e Suíça. Grande viajante, atravessou praticamente o mundo todo. A sua personagem mais famosa é Corto Maltese, nascido La Valletta, ilha de Malta, de mãe cigana andaluza e pai marinheiro da Cornualha, a 10 de Julho de 1887. Apareceu pela primeira vez nas páginas da revista Sergeant Kirk, em 1967.

fonte: Arte de Autor

2 thoughts on “Corto Maltese em duas novas edições a partir de Setembro!

  1. Viva,
    Descobri por estes dias estes lançamentos, e embora tenha alguns álbuns na antiga colecção do Tintin, que tenho completa, já comprei hoje um dos álbuns e tenciono comprar os outros dois. Gostava realmente de ter a colecção toda do Corto Maltese e estas edições estão mesmo muito boas, na minha opinião.
    Todavia, tenho algum receio de que comecem a publicar e depois interrompam, como por vezes sucede em Portugal. É possível saber se a “Arte de Autor” tenciona publicar a obra toda de Hugo Pratt relativa ao Corto Maltese? E haverá algum calendário em termos de periodiocidade?
    Vou enviar um email à Vanda Rodrigues da Arte de Autor a perguntar também… se ela responder depois também informo aqui.
    Grato,
    João Vagos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *