Cinema: Crítica – Pesquisa Obsessiva (2018)

John Cho regressa num thriller inovador e imperdível. Pesquisa Obsessiva estreia a 27 de setembro nos cinemas.

Pesquisa Obsessiva 27 setembro 2018

Pesquisa Obsessiva 27 setembro 2018Pesquisa Obsessiva (Searching), escrito e realizado por Aneesh Chaganty, é a história da busca infalível de um pai pela sua filha contado de um modo completamente inovador. Um dia, a filha de 16 anos de David Kim (John Cho) desaparece, no entanto, este tenta esperar algumas horas para que a filha o volte a contactar. Eventualmente, divulga o sucedido às autoridades e é aberta uma investigação a cargo da Detetive Vick (Debra Missing). Todavia, Kim está consciente que as autoridades não têm a capacidade, nem a vontade, necessária para resolver este caso pelo que decide procurar no único lugar onde ninguém pensou procurar: o computador da filha.

Após a descrição da premissa, surge então a questão principal, porque é que este filme é visto como algo tão inovador? Se estiverem a par de filmes como Unfriended vão saber imediatamente a resposta. Os planos cinematográficos de Pesquisa Obsessiva são executados por dispositivos tecnológicos, sendo maioritariamente por portáteis, no entanto, o enredo força o filme a ir mais além, explorando objetos como telemóveis, tablets ou até mesmo canais de notícias para termos uma visão mais alargada das cenas. O filme consegue assim inovar no que já foi anteriormente criado e trazer uma história verdadeiramente emocionante.

Pesquisa Obsessiva 27 setembro 2018

Deste modo, seria arriscado que o espetador perdesse a concentração ou interesse pelo filme devido ao tipo de filmagem tão peculiar. Porém, a história é tão emocionante e cativante, devido principalmente ao brilhante papel de John Cho como pai da rapariga desaparecida, que nos deixa em constante tensão pelo que vai suceder a seguir. O filme vai demonstrando o ecrã dos computadores, nos quais é possível ver o rosto do protagonista através do facetime, esteja sozinho ou em contato com outra pessoa, existindo sempre um zoom de modo a acentuar o que é necessário observar ou ler no ecrã.

  Curtas Vila do Conde adiado mas já com nova data!

Pesquisa Obsessiva vai-se tornando numa demonstração dos perigos da internet e redes sociais. Kim só descobre verdadeiramente quem é a sua filha quando observa as suas publicações, comentários e vídeos em sites como Facebook, Instagram, Tumblr, Venmo e YouCast. Deste modo, há uma grande transformação no protagonista e na sua filha, que apesar de ausente consegue ter uma forte presença no decorrer da narrativa.

Pesquisa Obsessiva 27 setembro 2018

O filme vai-se tornando cada vez mais emocionante à medida que Kim desvenda pequenas pistas, levantando questões sociais e surgindo vários twists imprevisíveis que quase roubam o fôlego ao espetador. É um thriller imperdível devido à sua brilhante realização, história e atuações impactantes.

  • Pesquisa Obsessiva estreia a 27 setembro 2018 nos cinemas

7/10

Tiago Ferreira

Tiago Ferreira

Estudante de Cinema e Teatro, Crítico de Cinema, Fotógrafo novato e Cosplayer.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *