Cinema: Crítica – O Espião que me Tramou (2018)

Mila Kunis e Kate McKinnon vão percorrer a Europa numa perigosa missão. O Espião que me Tramou estreia a 30 agosto nos cinemas.

O Espião que me Tramou

O Espião que me Tramou é o primeiro grande blockbuster da realizadora Susanna Fogel, escrito juntamente com David Iserson (Mr. Robot & Mad Men). Neste filme, Audrey (Mila Kunis) é uma rapariga insegura que descobre que o seu ex-namorado desaparecido, Drew (Justin Theroux) é na verdade um espião que vive constantemente perigosas aventuras. Audrey e a sua melhor amiga, Morgan (Kate McKinnon), são escolhidas para continuar a sua missão após este morrer num violento tiroteio. Inicia-se assim uma fuga audaz pela Europa onde as protagonistas vão aprender a utilizar uma pistola e experienciar perseguições de carro e contratempos com agentes da CIA.

O Espião que me Tramou

É um filme bastante energético devido à química entre as duas atrizes principais que conseguem combinar a aliciante ação da história com o seu toque humorístico. Morgan, a melhor amiga da protagonista, chega a mencionar que sente constantemente que a sua personalidade é sempre demasiada e deixa as pessoas desconfortáveis, o que é algo completamente verdadeiro. O seu humor exagerado baixa por vezes a qualidade no filme, no entanto, ao incorporar esta fraqueza na sua personagem, deixa a audiência à espera de mais cenas hilariantes vindas da atriz, não desapontando. Apesar da protagonista ser Audrey, uma personagem forte mas bastante diferente da mencionada anteriormente, ambas têm o mesmo tempo de ecrã e passam bastante tempo juntas. A sua energia é ilimitada e estão sempre prontas para cumprirem a sua missão.

  Elencos e produções espectaculares no cinema

A missão que lhes é imposta vai variando ao longo do filme, dando a oportunidade de existirem plot-twists e presença de novas personagens sérias e cómicas no enredo. A ação é bastante impressionante para um filme que se queria destacar somente como algo de comédia, criando perseguições de carros e cenas de tiroteios que relembram filmes como o recente Missão Impossível ou Kingsman. Para além dos atores mencionados, no elenco temos ainda nomes como Sam Heyghan, Hasan Minhaj, Gillian Anderson e Ivanna Sakhno.

O Espião que me Tramou

O Espião que me Tramou é um filme recheado de ação e comédia que apesar de não ser inovador nem imprevisível, irá deixar os espetadores satisfeitos.

  • O Espião que me Tramou estreia a 30 agosto 2018 nos cinemas

5/10

Tiago Ferreira

Tiago Ferreira

Estudante de Cinema e Teatro, Crítico de Cinema, Fotógrafo novato e Cosplayer.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *