Cinema: Análise – Verdade ou Consequência (2018)

Diz a Verdade ou morres! Enfrenta a Consequência ou morres! Vais entrar no desafio?

Verdade ou Consequência 19 de abril 2018

Verdade ou Consequência conta a história de um grupo de amigos que vai passar férias ao México. Aqui, Olivia (Lucy Hale) conhece Carter (Landon Liboiron), um rapaz americano com aparência amigável, com o qual sente uma imediata atração e a convence e aos seus amigos a continuarem a sua festa num local abandonado. De seguida, Carter sugere que joguem ao Verdade ou Consequência. O jogo começa de forma bastante simples e cómica que se vai tornando em algo sombrio. Eventualmente voltam para os Estados-Unidos e apercebem-se que estão presos neste jogo, originando uma procura infernal pela solução deste problema.

O filme tem um tom  mais cómico do que esperado, pois sempre que é a vez de alguém jogar as pessoas à sua volta mudam de expressão facial para um sorriso extremamente acentuado, criado através de efeitos especiais competentes. No entanto, as ações vão-se tornando menos divertidas e são constantemente forçados a realizar atos incomuns e inesperados, trazendo ao enredo temas fortes como a amizade, amor, sexo, homossexualidade, entre outros, mas que nunca são totalmente desenvolvidos. Porém, isso não interessa neste género cinematográfico. O filme sendo enquadrado num género de terror possui as habituais personagens que cometem atos ridículos e que apoiam o desenvolvimento do enredo, tornando-o de certa forma cativante para o espetador.

Verdade ou Consequência 19 de abril 2018

O filme contém um ambiente sinistro e tenta assustar o espetador através de alguns jumpscares, mas sem sucesso. A amizade entre as várias personagens acaba por ser o fator mais fascinante, bem como o modo como se tentarão livrar deste terrível jogo. O elenco jovem é vasto e conseguem trazer representações competentes, mas sem destaque sendo essencialmente por culpa do argumento fraco. Além dos mencionados, conta assim com nomes como Tyler Posey (Teen Wolf), Violett Beane (The Flash), Sophia Ali (Grey’s Anatomy), Nolan Gerard Funk (Glee).

Verdade ou Consequência apesar da sua premissa curiosa, vai perdendo o seu ritmo sinistro e força um desenlace bizarro na sua finalização. É um filme interessante para fãs do género que sobrevive pelo fator nostálgico, mas será esquecido rapidamente.

  • Verdade ou Consequência estreou dia 19 de abril de 2018 nos cinemas.

Classificação: 1,5/5

Tiago Ferreira

  Loyd Kaufman nas sessões especiais de "Mutant Blast"

Tiago Ferreira

Estudante de Cinema e Teatro, Crítico de Cinema, Fotógrafo novato e Cosplayer.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *