Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Berlinale: curta portuguesa compete pelo Urso de Ouro

Luz de Presença” selecionado para Berlinale (Festival de Cinema de Berlim).

Luz de Presença”, o mais recente filme de Diogo Costa Amarante, foi selecionado para a secção Berlinale Shorts da 71ª edição do Festival Internacional de Cinema de Berlim, que será lançada com um evento da indústria, em formato online, e apresentada apenas a profissionais da área e imprensa, de 1 a 5 de março e, presencialmente, para o público em geral, entre 9 e 20 de junho de 2021.

A curta-metragem, que tem em Berlim a sua estreia mundial, centra-se no desgosto amoroso de Gonçalo, um homem que, numa noite chuvosa, sai de casa para entregar uma carta a alguém que o abandonou. Pelo caminho, numa esquina, cruza-se com uma mulher que o avisa para ter atenção à estrada, que o piso está escorregadio. O homem cai da sua mota e assim conhece Diana.

O filme tem direção de fotografia de Jorge Quintela e conta com a participação dos atores Diana Neves Silva, João Castro, Gustavo Sumpta e Luís Miguel Cintra, sendo promovido e distribuído pela Agência da Curta Metragem.

Diogo Costa Amarante regressa assim à Berlinale, onde a sua obra anterior, “Cidade Pequena” (2016), um filme sobre a tomada de consciência da morte por parte de uma criança, interpretada pelo sobrinho do realizador, arrecadou o Urso de Ouro para Melhor Curta-Metragem Internacional.

Diogo Costa Amarante (realizador):
“A apresentação do filme na Berlinale deixou toda a equipa muito feliz por ver o seu trabalho reconhecido. Pessoalmente, congratulo-me por voltar a um festival que sempre acolheu muito bem o meu trabalho. Fica a expectativa de que o festival possa acontecer no verão para que este novo filme chegue, nas melhores condições, ao público fiel e generoso que a secção de curtas da Berlinale conquistou ao longo dos seus 71 anos de existência.”

A Berlinale é um dos mais prestigiados festivais internacionais de Cinema. Criado em 1951, foi moldado pelo período do pós-guerra e pela divisão da cidade de Berlim, desenvolvendo-se enquanto plataforma intercultural para a exploração cinemática de temáticas sociais. Além de ser considerado um dos festivais mais políticos do panorama internacional, o Festival Internacional de Cinema de Berlim é, também, na sua pluralidade, um espaço de convergência entre as grandes estrelas de cinema, a experimentação formal e a descoberta de novos talentos.

A presente edição decorrerá online, com o European Film Market & Co-Production Market, Berlinale Talents e World Cinema Fund, de 1 a 5 de março; e presencialmente, com exibições no cinema e ao ar livre, entre 9 e 20 de junho de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *