Curtas de Vila do Conde

Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

BEAST: Cinema de Leste destaca a Eslovénia

A 6ª edição do Festival Internacional de Cinema BEAST terá lugar entre 27 de Setembro e 1 de Outubro de 2023 na cidade do Porto.

O Festival Internacional de Cinema BEAST destina-se principalmente a filmes que têm como pano de fundo a Europa de Leste. Enquanto explora os Balcãs, os países Bálticos e pós-comunistas, o festival contextualiza o seu trabalho no contexto de debates diferenciados sobre a estética cinematográfica, sócio-política e tópicos teóricos cinematográficos.

Nesta edição, a competição oficial do BEAST conta com 37 curtas-metragens de 22 países. Uma selecção repartida em 4 categorias: EAST WAVE (ficção), EAST DOC (documentário), EXPERIMENTAL EAST (experimental) e a mais recentemente criada ANIMAEAST (animação). A cinematografia da Eslovénia estará em destaque nesta edição.

O júri deste ano é composto por Ewa Szabłowska, Francisco Moura Relvas, Ieva Norvilienė, Matevž Jerman, Ruben Sevivas e Xu Moru.

Granny’s Sexual Life

A sessão de abertura do BEAST conta com três curtas-metragens, de três realizadoras da Eslovénia: “Granny’s Sexual Life”, de Urska Djukic “Steakhouse”, de Spela Cadez e “Sisters”, de Kukla (curta vencedora do Grande Prémio International de Clermont Ferrand Film Festival 2021).

EAST WAVE

A competição EAST WAVE para Curtas e Médias-metragens representa a nova geração de jovens talentos e exibindo narrativas cativantes, numa ode à abordagem criativa na narrativa. Através de olhares poderosos, às vezes provocantes, as obras seleccionadas abordam temas e situações que são transmitidos numa ampla gama de géneros de ficção. O programa conta com 8 filmes recentes, realizados no contexto da Europa Central e de Leste, com um line-up de alta curadoria vocacionada para apoiar jovens e promissores realizadores.

Mihail and Achim, realizado por Theodor Ionita
Solto, realizado por Paula Skelin
A Queda, realizado por Egle Razumaite
Apenas O Diabo Odeia Água, realizado por Lidija Mojsovska
Liberdade, realizado por Joanna Rozniak
Cerejas, realizado por Vytautas Katkus
Não O Fiz Para A Amar, realizado por Anna Fernandez De Paco
Horticultura, realizado por Silva Ćapin

EAST DOC

Os trabalhos seleccionados para a competição EAST DOC de documentários de curta e média-metragem funcionam como uma janela para as histórias reais do tumultuoso Novo Leste. A selecção oficial apresenta histórias atraentes, por meio de títulos cuidadosamente elaborados, com uma gama emocionante de criatividade e dedicação ao objecto proposto. O programa EAST DOC inclui 9 títulos que convidam o espectador à descoberta, através do olhar de jovens cineastas emergentes da região.

1 Quilo 3 Euros, realizado por Ani Mrelashvili
Uma Aloe, Uma Figueira, Um Abacate E Seis Dracaneas, realizado por Marta Smerechynska
Silo em Budapeste, realizado por Zsófia Paczolay
A Viagem, realizado por Rimantas Oičenka
O Silêncio das Bananeiras, realizado por Eneos Çarka
Leite da Mãe, realizado por Isaac Knights-Washbourn
Uma Mão E Meia, realizado por Shaheen Ahmed
Ninja, realizado por Maria Reinup
Ksenia, realizado por Renāte Saulīte

EXPERIMENTAL EAST

A Competição de Curtas-Metragens Experimentais serve de plataforma para obras e cineastas com foco na narrativa, conceitual e técnica, e na experimentação. O programa apresenta a liberdade de jogo em termos de estética, limites técnicos e fronteiras semióticas, enquanto quebra o discurso padrão popular. Com 12 títulos seleccionados da Europa Central e de Leste, experimentalEAST reflete sobre a liberdade de responder à necessidade de explorar horizontes cinematográficos e de encontrar formas genuínas de criar arte audiovisual.

Enquanto Estávamos Aqui, realizado por Sunčica Fradelić
Ressurgimento De Tom, realizado por Valeriia Lera Fesiuk
Maratona de Kihnu, realizado por Ivar Murd
Quero Estilhaçar a Estufa, realizado por Teona Galgoțiu
Play/Repetição, realizado por Carlos E. Lesmes
X, realizado por Petr Grudov
Pequena Trilogia de Verão, realizado por Maryna Brodovska, Olga Chernykh, Dea Tcholokava
Ovelhas Voadoras, realizado por Alexandra Gulea
Para O Vermelho Da Terra, realizado por Nika Pećarina
Horizontes Do Oeste, realizado por Danny Nedkova, Lorenz Zenleser
SOLILÓQUIO, realizado por Karolina Monwid-Olechnowicz
Para Quem Os Pássaros Voam, realizado por Ivan Petrović

ANIMAEAST

Este ano temos a estreia de um programa inédito, a competição ANIMA EAST. Pela primeira vez, o festival apresentará uma extraordinária selecção de cinema de animação da Europa Central e de Leste, reconhecendo a animação como um poderoso meio para contar histórias. Este programa exibirá 8 curtas-metragens, destacando as estrelas em ascensão e obras contemporâneas da indústria da animação.

Republika, realizado por Antonia Begušić
Sasha, realizado por Serghei Chiviriga
Bestas Entre Nós, realizado por Natalia Durszewicz
Eeva, realizado por Lucija Mrzljak, Morten Tšinakov
O Meu Nome É Edgar E Tenho Uma Vaca, realizado por Filip Diviak
Figuras Impossíveis e Outras Histórias I, realizado por Marta Pajek
Como Os Ananases Crescem, realizado por Nikolay Tsvetanov Todorov
ALEPH, realizado por Slobodan Tomić

Stekahouse

A equipa de seleção deste ano foi composta por Ana Martins (investigadora), Rita Marinho (curadora), Bianca Stanea (investigadora / produtora), Andrei Alecsandru Pantea (artista visual multidisciplinar), Miguel Lima (realizador), Cátia Rodrigues (crítica / programadora de cinema), Leander Merresar (realizador) e Marta Reis (curadora / educadora).

 

A Cerimónia de Abertura vai decorrer na quarta-feira, 27 de setembro às 21h15 no Batalha – Centro de Cinema. O festival vai começar com a exibição de três curtas-metragens de três ralizadoras da Eslovénia: Granny’s Sexual Life, realizado por Urska Djukic, Steakhouse, realizado por Špela Čadež e Sisters, realizado por Kukla. 

No programa FOCUS COUNTRY, o BEAST irá apresentar uma retrospectiva  de Karpo Godina. com uma selecção de curtas-metragens realizadas entre os anos 60 e os anos 70. O festival apresenta ainda a primeira longa-metragem eslovena — “In the Kingdom of the Goldhorn”, de Janko Ravnik, num cine-concerto com a participação do artista sonoro Ivo São Bento. 

O programa FOCUS SLOVENIA inclui um espaço para imersão no universo de video-art do país, com uma sessão de vídeos, FEAST | BODY, criada com o apoio da DIVA Station, que inclui uma performance pela artista Pauline Maure. Estes filmes juntam-se aos já anunciados filmes de abertura, às sessões de SCHOOL VISIT, e um filme que integra o programa Queer. O programa de Foco Eslovénia conta com o apoio do Slovenian Film Center, a Kinoteka, a DIVA Station e o Consulado Honorário da Eslovénia no Porto.

Este ano, o programa queer, recorrente no festival, assume o título How to care for cosmos. Parte do programa foi criado em colaboração com 2 festivais de cinema: SLOVAK QUEER FILM FESTIVAL e SUNNY BUNNY. A estas sessões junta-se também a exibição do documentário esloveno “LGBT_SLO_1984”, de Boris Petkovič,.

LGBT_SLO_1984

 

O programa CINE-GEOGRAFIA SOCIALISTA | ÁFRICA – EUROPA DE LESTE regressa ao festival, com a curadoria da investigadora Iolanda Vasile, fundadora da ONG South Talks. Promove uma sessão de visionamento do documentário “Incursion In Africa” de Traian Cocoș e Răzvan Marchiș, seguida de uma conversa com Iolanda Vasile. 

Na secção VISEGRAD FILM HUB é apresentado o programa THE RAISIN PROPHECY: ESTER KRUMBACHOVÁ. Duas sessões dedicadas ao trabalho de Ester Krumbachová, fundamental na cena da New Wave Checa. A secção VISEGRAD inclui um programa em parceria com o festival Primanima e uma sessão especial de “Nightsiren” (2022), de Tereza Nvotová. 

Nightsiren

 

POST PXRN — Radical Visibility é uma secção criada em colaboração com o festival polaco Post Pxrn Film Festival Warsaw. Reclama a resistência, a redescoberta do prazer como direito fundamental, e a liberdade, livre de imposições e narrativas religiosas. 

O BEAST lança o programa RE/FOCUS: secção que surge de uma vontade de re/conectar com os Focus Countries das edições anteriores. Assim, a Lituânia, País em Foco em 2019, regressa através de uma sessão especial, com a exibição do documentário “Roberta” (2023), realizado por Elena Kairyte. 

Finalmente, o festival apresenta o DOCNOMADS – SHORT STORIES: uma exibição de quatro curtas-metragens do DOC NOMADS Master Degree in Documentary Filmmaking.

Além das projeções, o festival conta com mais 10 eventos paralelos. Entre conversas, uma exposição de artes visuais e até uma experiência gastronómica performativa, o BEAST pretende activar todos os sentidos. Destaque para a Oficina de Animação, direccionada para crianças dos 8 aos 12, promovida em parceria com Primanima Hungary

O BEAST acontece de 27 de Setembro a 1 de Outubro no Batalha — Centro de CinemaCasa Comum – Cultura U.PortoCasa das ArtesCinema Trindade e Passos Manuel. O festival é organizado pela OKNA — Associação Cultural, com o apoio do International Visegrad Fund e da Câmara Municipal do Porto.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verified by MonsterInsights