Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

As estreias de 2020 continuam adiadas!

O cinema vive tempos incertos!
As salas de cinema barómetro para o cinema de Hollywood – e principal fonte de receita de bilheteira – continuam encerradas e, por conseguinte, deixou de ser notícia o constante adiamento das principais estreias cinematográficas.
O ano de 2020 ficará na memória da indústria do cinema pelos piores motivos. Em 10 meses estreou apenas um blockbuster, Tenet, e apesar dos 300 milhões de dólares obtidos nas receitas de bilheteira, o estúdio produtor e distribuidor ainda faz as contas ao prejuízo por não conseguir estrear o filme nas salas de cinema de Nova Iorque de Los Angeles.  A teimosia de Christopher Nolan em priorizar a exibição do seu filme nos grandes ecrãs dos cinemas permitiu que a indústria avaliasse o risco de estrear megaproduções.

O impacto mais recente implica novo adiamento de um dos filmes mais aguardados para este ano, 007: Sem tempo para Morrer. Adiado de Abril para o próximo mês de Novembro, os produtores do 25º filme de James Bond decidiram agora adiar o último filme de Daniel Craig no papel do Agente de Sua Majestade (eventualmente) para Abril do próximo ano!

O choque deste adiamento provocou o encerramento dos cinemas do consórcio Cineworld, o que significa que os 127 cinemas no Reino Unido e os 536 cinemas nos Estados Unidos da América suspendem por tempo indeterminado a actividade ainda esta semana. A decisão de encerrar temporariamente as salas de cinema tem impacto em 45 mil empregos!
É fácil de entender a decisão da Cineworld. E é provável que outros grandes exibidores escolham o encerramento das suas salas. Por enquanto é desconhecida a intenção dos exibidores portugueses suspenderem novamente a actividade.

Dune_Fan ArtAs ondas de choque provocadas pelo adiamento do novo 007, motivou a Warner Bros. a adiar o muito aguardado Dune – Duna. O filme de Denis Villeneuve estava agendado para o próximo mês de Dezembro e agora transita para Outubro do próximo ano.

O calendário de estreias da Warner Bros. sofre mais algumas alterações, nomeadamente o novo Matrix passou para Dezembro de 2021, Batman de Matt Reeves fica assim adiado para Março de 2022, The Flash passou para Junho de 2022, Shazam! Fury of Gods transita para Junho de 2023. Por enquanto Black Adam, com Dwayne “The Rock” Johnson aguarda anúncio da data de estreia.
Para já, o estúdio mantém a estreia de Mulher-Maravilha 1984 para o Natal deste ano.

Felizmente para os amantes da 7ª arte, outros estúdios continuam a promover os seus filmes para estrear nos cinemas ainda este ano, como é o caso de Free Guy, da 20th Century Studios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *