André Rieu e Nick Cave para ver nos UCI Cinemas

O UCI Cinemas continua a despertar todas aquelas emoções do “grande ecrã” com um cartaz de novas estreias, mas também com dois eventos culturais: André Rieu’s Magical Maastrich e Idiot Prayer – Nick Cave Alone at Alexandra Palace.

A juntar às estreias, o Líder europeu de exibição cinematográfico do grupo Odeon apresenta dois eventos culturais – as encantadoras valsas de André Rieu e a incomparável Orquestra Johann Strauss  e, Idiot Prayer – Nick Cave Alone at Alexandra Palace -, para desfrutar em companhia e com o conforto e grandiosa imagem que o cinema oferece.

O rei da valsa criou a André Rieu’s Magical Maastricht: Together in Music, para celebrar os 15 anos dos gloriosos concertos em Maastricht. André selecionou as suas performances mais fantásticas e as suas canções mais emotivas que nos trará um ambiente alegre, dos seus concertos icónicos ao ar livre em Maastricht para as salas do seu cinema local.

A apresentadora de cinema Charlotte Hawkins juntar-se-á a André Rieu para uma entrevista exclusiva da Praça Vrijthof em Maastricht, revelando como a vida mudou para o maestro durante a pandemia global e o que ela significa para o futuro. Como é que ele está a lidar com isolamento como músico, como pai e como avô? Esta é a melhor forma de se aproximar e sentir- se mais perto de André Rieu!

Idiot Prayer – Nick Cave Alone at Alexandra Palace gravado, quando o Reino Unido estava lentamente a sair do confinamento, concebido como uma reação a esta situação e ao isolamento dos meses anteriores. É uma lembrança de um momento estranho e frágil da nossa história. O premiado diretor de fotografia Robbie Ryan (A Favorita, História de um Casamento, American Honey) esteve encarregue da filmagem no impressionante Salão Oeste do Palácio de Alexandra. A edição foi feita por Nick Emerson (Lady Macbeth, Emma, Greta) e a banda sonora tem a assinatura de Dom Monks.

  Obra de Oliver Laxe "O Que Arde", vence Cineeco 2020

Ricardo Lopes

Começou a caminhar nos alicerces de uma sala de cinema, cresceu entre cartazes de filmes e película. E o trabalho no meio audiovisual aconteceu naturalmente, estando presente desde a pré-produção até à exibição.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *