Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Rua do Medo: Parte 1 estreia esta semana na Netflix


Os livros de R.L. Stine são amados pelos jovens  leitores ávidos de experiências assustadoras.
Os livros são uma mistura de terror e comédia, um terrir (expressão para definir um género cinematográfico brasileiro que combina comédia com terror) equilibrado para que os leitores mais novos possam passar pela montanha-russa de emoções do terror de uma forma mais ligeira. O terror de R.L. Stine é cativante, pois consegue ser seguro e divertido.


A saga Goosebumps  já foi algumas vezes adaptada para o cinema e para a televisão, agora é a vez de outra saga de enorme popularidade chegar ao ecrã da Netflix: Fear Street.
A gigante plataforma do streaming mundial avançou com a produção e distribuição da trilogia Rua do Medo, posicionando-se assim entre os grandes nomes do cinema de terror.

Rua do Medo – Parte 1: 1994–  disponível a 2 de julho
Um círculo de amigos adolescentes descobre acidentalmente o mal antigo responsável por uma série de homicídios brutais que há mais de 300 anos atormentam a sua cidade. Bem-vindos a Shadyside.

Rua do Medo – Parte 2: 1978 –  disponível a 9 de julho
Shadyside, 1978. As aulas chegaram ao fim e as atividades no Acampamento Nightwing estão prestes a começar. Mas quando outro Shadysider é possuído pelo desejo de matar, a diversão torna-se uma luta horrível pela sobrevivência.

Rua do Medo – Parte 3: 1666 – disponível a 16 de julho
As origens da maldição de Sarah Fier são finalmente reveladas conforme a história se completa  numa noite que muda a vida de Shadysiders para sempre.


Os filmes da Netflix chegam com um conteúdo considerado para público adulto, contrariando aqueles que esperariam uma adaptação nos moldes dos filmes recentes Goosebumps: Arrepios ou Goosebumps 2: Arrepios no Halloween. Nos EUA, os filmes foram classificados para maiores de 18 anos por forte violência sangrenta, conteúdo de drogas, linguagem, conteúdo sexual, terror violento e sangrento, nudez e uso de drogas.

O elenco da trilogia Rua do Medo reúne alguns nomes importantes para a nova geração de actores, entre nomes já reconhecidos,: Kiana Madeira (Dark Matter), Benjamin Flores Jr. (Rim of the World), Fred Hechinger (Notícias do Mundo), Ashley Zukerman (Sobrevivente Designado), Maya Hawke (Stranger Things), Darrell Britt-Gibson (Três Cartazes à Beira da Estrada), Sadie Sink (Stranger Things) e muitas outros destaques desta nova geração de atores.
Os três filmes foram realizados por Leigh Janiak, que falou sobre a trilogia da Netflix:

 

“Como realizadora de Rua do Medo, mas também amante do cinema, fiquei muito animada em homenagear algumas das grandes eras dos filmes de terror. Na primeira parte da trilogia, 1994, o destaque é o filme Scream – foi o auge do terror dos anos 90 e, na minha opinião, um dos filmes mais brilhantes já feitos e ponto final. Na parte 2, 1978, foquei no apogeu das produções de terror – Sexta-Feira 13, Halloween, A Hora do Pesadelo. Já em Rua do Medo Parte 3: 1666, encontrei a melhor inspiração em O Novo Mundo, de Terence Malik”.

Rua do Medo – Parte 1: 1994–  disponível a 2 de julho
Um círculo de amigos adolescentes descobre acidentalmente o mal antigo responsável por uma série de homicídios brutais que há mais de 300 anos atormentam a sua cidade. Bem-vindos a Shadyside.

Rua do Medo – Parte 2: 1978 –  disponível a 9 de juho
Shadyside, 1978. As aulas chegaram ao fim e as atividades no Acampamento Nightwing estão prestes a começar. Mas quando outro Shadysider é possuído pelo desejo de matar, a diversão torna-se uma luta horrível pela sobrevivência.

Rua do Medo – Parte 3: 1666 – disponível a 16 de julho
As origens da maldição de Sarah Fier são finalmente reveladas conforme a história se completa  numa noite que muda a vida de Shadysiders para sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *