O Dia Mais Curto

Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Óscares 2023: Jimmy Kimmel regressa como apresentador

Academia de Artes e Ciências Cinematográficas norte-americana anunciou nesta segunda-feira (7), que após cinco anos, Jimmy Kimmel regressa pela terceira vez ao posto de apresentador dos Oscars 2023. A 95ª edição do evento será realizada em 12 de março de 2023, no Dolby Theatre.

Isso mesmo, Kimmel será novamente o anfitrião da noite mais aguardada e celebrada da sétima arte. O retorno foi anunciado por Glenn Weis e Ricky Kirshner, os produtores executivos e showrunners por de trás do prémio. Nessa perspetiva, recordamos que o apresentador comandou anteriormente as edições de 2017 e 2018, a primeira das quais produziu o famoso erro de melhor filme de “La La Land” e “Moonlight”.

Último apresentador fixo do Oscar

Kimmel foi o último apresentador fixo (nas cerimónias de 2017 e 2018). Já no ano de 2019, em que foi instalado o formato sem apresentadores fixos, o Oscar registrou um aumento de audiência, atingindo 29.56 milhões de pessoas. Por outro lado, o índice caiu com a repetição do esquema, em 2020 (23.64 milhões), e desabaram em 2021 (10.4 milhões).

A Variety ressalva que a edição de 2022 apresentada por Amy SchumerWanda Sykes e Regina Hall, teve uma média de 16,6 milhões de espectadores. O número registou uma recuperação do recorde de baixa do ano anterior, mas ainda uma das cerimónias com a classificação mais baixa de todos os tempos. Além do Oscar 2023, as cerimónias anteriores de Kimmel como apresentador, em 2018, tiveram uma média de 26,5 milhões de espectadores.

Jimmy Kimmel, apresentadar dos Óscares

Lista seleta do Oscar

Numericamente, agora, Kimmel faz parte do clube seleto de apresentadores com mais de uma edição apresentada. Feito realizado por Jerry LewisSteve MartinConrad Nagel e David Niven. Entretanto, como recorda a revista americana Variety, as únicas pessoas com mais edições apresentadas são: Whoopi Goldberg e Jack Lemmon (4); assim como Johnny Carson (5); Billy Crystal (9); e Bob Hope (11), respetivamente.

Na última década, a cerimónia teve como anfitriões: Amy Schumer, Wanda Sykes e Regina Hall (2022); bem como Jimmy Kimmel (2017 e 2018); Chris Rock (2016); Neil Patrick Harris (2015); Ellen DeGeneres (2014); Seth MacFarlane (2013); Billy Crystal (um veterano que regressou pela nona vez em 2012); James Franco e Anne Hathaway (2011); e Steve Martin e Alec Baldwin (2010).

“Ser convidado para apresentar o Oscar pela terceira vez é uma grande honra ou uma armadilha”, disse Kimmel em comunicado. “De qualquer forma, sou grato à Academia por me perguntar tão rapidamente depois que todos os bons disseram não.” 

Convite após renovação

Clayton Davis, da Variety, recorda que, casualmente (ou não) o retorno de Kimmel aos Oscars ocorre justamente após o apresentador renovar com ABC por pelo menos mais três anos, até a 23ª temporada do programa “Jimmy Kimmel Live”.

Não há informações oficiais sobre quem também pode ter sido abordado ser apresentador do Oscar 2023. Mas, segundo fontes ligadas à Variety, os produtores procuraram o comediante Chris Rock, apresentador anterior que levou um tapa durante a transmissão do ano passado pelo eventual vencedor de melhor ator Will Smith.

Dias de glória dos Oscars

Ao que parece, a dupla de produtores está a tentar reconquistar os dias de glória da suntuosa cerimónia de prémios. Ao passo que a Academia espera que um rosto familiar como Kimmel, que ganhou notas sólidas pelas suas passagens como apresentador dos Oscars e dos Emmies, seja o caminho mais seguro a seguir nesses tempos sombrios.

“Jimmy é o anfitrião perfeito para nos ajudar a reconhecer os incríveis artistas e filmes dos nossos 95º Oscars”, disseram o CEO da Academia, Bill Kramer, e a presidente da Academia, Janet Yang, num comunicado.

Acrescentando Craig Erwich, presidente, ABC Entertainment, Hulu & Disney Branded Television Streaming Originals, disse: 

“Ter Jimmy Kimmel de volta para apresentar ‘O Oscar’ é um sonho tornado realidade. Como vemos todas as noites no seu próprio programa, Jimmy pode lidar com qualquer coisa com coração e humor, e sabemos que ele entregará as risadas e os momentos comemorativos que definem o Óscar”. 

Os membros votarão na lista de filmes deste ano de 12 a 17 de janeiro, com as indicações oficiais sendo anunciadas em 24 de janeiro. A entrega dos prémios realiza-se a 12 de março.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *