Curtas de Vila do Conde

Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Os olhos de Barthô – Lançamento BD

Os olhos de Barthô, de Walmir Orlandeli, é o primeiro livro de banda desenhada da editora estreante em Portugal Lamb’Lambe.

Os olhos de Barthô - Lançamento BD

O livro:

Desde o nascimento, Barthô vê o mundo de um jeito peculiar. Uma visão leve e quase subjetiva diante das coisas da vida. Tudo é bonito aos olhos de Barthô. Mas a vida pode não ser tão bonita. A realidade pode ser cruel e nem sempre o caminho correto é fácil de trilhar. Barthô terá que aprender a tomar decisões encarar suas decisões ao longo dessa aventura.
 
A BD conta com capa mole com badanas, 96 páginas em papel offset de alta gramagem, colorido, extras exclusivos em QRcode na contra capa.
 
Já se encontra à venda em lojas especializadas e brevemente em site oficial da editora, no valor de 13 euros!
 
Os olhos de Barthô - Lançamento BD
 

A autor Walmir Orlandeli

Cartunista, autor de BD, caricaturista e ilustrador, Walmir Américo Orlandeli nasceu em 1974 na cidade de Bebedouro, interior de São Paulo. Em 1994, iniciou a sua carreira nas páginas do jornal Diário da Região com a tira “Violência Gratuita”. Em 2002, lançou a revista “Grump”, que lhe rendeu o troféu HQMIX de melhor revista de humor. Participou de várias edições do álbum Front, publicado pela editora Via Lettera, com histórias em quadrinhos e contos. Em 2008, criou a tira “(Sic)”, vencedora do primeiro lugar no Salão Internacional de Humor de Piracicaba.

Os olhos de Barthô

Em 2009, foi convidado a participar da obra MSP50. Em 2010, lançou um álbum com a compilação das tiras “(SIC)”, obra que foi contemplada pelo programa Proac Quadrinhos. Em 2013, foi convidado a participar da obra “Monica’s”. Ainda em 2013, publicou “Eu matei o Libório” de forma independente. Em 2014, lançou a compilação de tiras “Grump – Naqueles Tempos, 20 anos de histórias”, em comemoração aos vinte anos de publicação do personagem.

Em 2015, criou “O mundo de Yang”, uma websérie publicada semanalmente e que foi reunida em livro no final do mesmo ano. Em 2016, lançou a graphic novel “Daruma”, obra contemplada pelo Proac, e as coletâneas “Grump – Um dia eu chego lá”, “(Sic) vol 1 – Sim, eu posso ver… Eu acho” e “(Sic) vol 2 – É… Olhando assim faz sentido”. Em 2017, foi convidado para reinterpretar o personagem Chico Bento, de Mauricio de Sousa, para o selo Graphic MSP, resultando no álbum “Chico Bento – Arvorada”, vencedor do troféu HQMIX.

Os olhos de Barthô

Ainda em 2017, lançou o álbum “O Sinal” (Indicado ao Prémio Jabuti de literatura), pelo selo Jupati, da Marsupial Editora. Em 2019, publicou a HQ “Os olhos de Barthô” e também “O mundo de Yang – Rumo ao Sul”. Em 2021, publicou a sua segunda Graphic MSP, “Chico Bento – Verdade” e “O mundo de Yang – Dois Cortes”. Em 2022, publicou “A Coisa”.

Como ilustrador, publicou em vários veículos, como o jornal Folha de São Paulo, e as revistas Mundo Estranho, Saúde, Época, Superinteressante, entre outras. Ganhou vários prémios nacionais e internacionais.

Walmir Américo Orlandeli

E para  não perderes nada sobre o Central Comics no Google Notícias, toca aqui!

Além disso, podes seguir também as nossas redes sociais: 
Twitter: https://twitter.com/Central_Comics
Facebook: https://www.facebook.com/CentralComics
Youtube: https://www.youtube.com/CentralComicsOficial
Instagram: https://www.instagram.com/central.comics
Threds: https://www.threads.net/@central.comics

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verified by MonsterInsights