Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Netflix cancela “Bright 2”

Após a polémica que envolveu Will Smith e Chris Rock a cerimónia de entrega dos óscares, a Netflix cancela a sequela de “Bright”.

Misturando elementos de um procedimento policial, filmes policiais e alta fantasia, em um mundo composto por humanos, elfos, orcs e outras criaturas fantásticas, “Bright” de 2017 é um filme de acção e suspense da Netflix protagonizado por Will Smith, Joel Edgerton, Noomi Rapace, Edgar Ramírez e Lucy Fry.

Bright:

A trama de “Bright” envolve várias facções entre espécies que buscam a posse de uma poderosa varinha mágica que se acredita ser um dos itens necessários para ressuscitar uma antiga entidade conhecida como “Dark Lord”. A varinha em si tem habilidades poderosas que variam de criativas, como a capacidade de restaurar a vida, a destrutivas, como destacado pelas explosões explosivas quando a varinha é apanhada em autodefesa ou brandida como uma arma.

Quando “Bright” chega ao fim, é revelado que o protagonista Daryl Ward (Smith) é um “Bright”, o que significa que ele pode canalizar quantidades incríveis de energia mágica, e o filme termina com Ward e seu parceiro orc, Nick Jakoby (Edgerton), escondendo detalhes importantes dos eventos para manter a poderosa varinha em segredo de todos aqueles que a procuram. Infelizmente para os fãs de “Bright”, parece que uma sequela não está mais em nos planos.

Efeitos de uma estalada:

Após a polémico estalada, vários projectos liderados por Will Smith ficaram em apuros. Como é o caso do filme “Fast and Loose”, que foi colocado em hiato, assim como “Bad Boys 4” da Sony (via The Hollywood Reporter). Não apenas isso, mas o futuro da recém-anunciada sequela de “I Am Legend” também está em perigo, e a produção de um programa da National Geographic chamado “Pole to Pole”, no qual Smith também protagonizadá, foi adiada para o outono (via Bloomberg).

Compartilhando a história no Twitter, o repórter da Bloomberg Lucas Shaw acrescentou:

“A Netflix também abandonou os planos de fazer uma sequela de ‘Bright’ [sic], mas isso não está relacionado ao incidente”. Embora o cancelamento de “Bright 2” possa não estar relacionado, considerando o grande número de projetos de Smith que foram colocados em pausa, parece que correr ao palco para atacar um comediante por contar uma piada sobre a esposa causa sérios danos à imagem de alguém e a carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.