Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Monstros, de Barry Windsor-Smith

Finalmente, Monstros, de Barry Windsor-Smith, chega numa edição que tem tudo para ser um dos grandes álbuns de banda desenhada do ano em Portugal.

Monstros, de Barry Windsor-Smith

Uma autêntica tour de force de narrativa visual de 360 páginas, MONSTROS tem uma copiosa tela narrativa, em igual parte drama familiar, thriller e viagem metafísica, um retrato íntimo de indivíduos que tentam recuperar as vidas que lhes foram roubadas e uma odisseia política épica que percorre duas gerações da história americana.

Monstros, de Barry Windsor-Smith

MONSTROS é ilustrado com a impecável técnica e lápis e tinta de Windsor-Smith, com a narrativa visual mais sofisticada da carreira do artista, com uma notável sensibilidade de gestos e composição.

Com trechos de ternura comovente, dor agonizante, redenção, sacrifício e violência avassaladora, MONSTROS é um dos romances gráficos mais intensos alguma vez ilustrado.

Monstros, de Barry Windsor-Smith

ESTAMOS EM 1964. Bobby Bailey ainda não sabe que está prestes a cumprir o seu trágico destino quando se vai alistar nas Forças Armadas. Traumatizado, inocente, discreto e com vontade de escolher o seu passado e focar-se no futuro, Bobby é o candidato perfeito para uma experiência secreta dos EUA, uma continuação macabra de um programa genético descoberto na Alemanha nazi, 20 anos antes, no final da 2.ª Guerra Mundial.

Monstros, de Barry Windsor-Smith

O único aliado de Bailey e o seu protector é o sargento McFarland, que intervém e dá início a uma sequência de eventos que se descontrolam completamente. À medida que os monstros se multiplicam, tornando-se reais e metafóricos, a história atinge o crescendo de um autêntico Juízo Final moral.

Monstros, de Barry Windsor-Smith

Um épico fantasticamente ilustrado por um mestre, pleno de emoção, introspecção e empatia. Após uma influente carreira de cinco décadas, Windsor-Smith cria a sua magnum opus.

– THE ­LIBRARY­ JOURNAL

Brilhante. Uma grande e sombria obra de 365 páginas de angústia pós-guerra… contada com força e completamente comovente.

— THE GUARDIAN

Um dos grandes épicos literários da banda desenhada, uma obra-prima de história e arte e um presente generoso e inesperado de um criador lendário no comando total de seu ofício.

— FORBES

Monstros, de Barry Windsor-Smith

BARRY WINDSOR-SMITH começou a carreira como um jovem fã de comics, onde ilustrava personagens da Marvel como os X-Men e o Demolidor no estilo tradicional da Marvel do final da década de 60. No entanto, a partir de 1971, rompeu com a fórmula Marvel ao começar a ilustrar Conan, chamando a atenção com a sua abordagem estilística inovadora e estilizada, conquistando o respeito dos seus pares e fãs e granjeando inúmeros prémios da indústria. Parte de uma geração de jovens artistas que incluía os compatriotas Berni Wrightson, Mike Kaluta e Jeff Jones, Windsor-Smith traçou o seu próprio caminho independente. Nos anos 90, criou, escreveu e ilustrou três series de comics independentes, The Freebooters, Young Gods e The Paradox-Man. Em 1999 e 2001, a Fantagraphics publicou dois livros de arte autobiográficos seus, os volumes 1 e 2 de Opus.
Monstros e a sua primeira obra em 16 anos.

Monstros, de Barry Windsor-Smith

Lançamento: 20 de Abril – Nas bancas de todo o país, livrarias especializadas e livrarias generalistas.

Monstros, de Barry Windsor-Smith

Monstros
Barry Windsor-Smith,
G. Floy Studio Portugal
Formato comic (20,5 x 29 cm.), capa dura, 368 pgs. p/b
PVP: €40
ISBN: 9788366589643
Compra aqui por apenas 36€ e portes gratuitos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.