Keanu Reeves estreia-se como argumentista de banda desenhada

Keanu Reeves tem mostrado ser multifacetado. Enquanto estrela de cinema, o leitor reconhece-o de inúmeras personagens icónicas e  a sua carreira na 7ª arte ainda se estendeu para a produção e para a realização. Em alguns filmes chegou mesmo a compor temas e a cantar algumas das suas músicas. Como músico já teve a sua banda, Dogstar.

Agora, Keanu Reeves anuncia que será co-autor da uma banda desenhada de ficção científica recheada de acção!


O seu próximo trabalho será uma série limitada de 12 edições de BRZRKR, uma saga de acção e bastante violenta cuja história centra-se num guerreiro imortal que percorre um caminho ensanguentado por todo o mundo há séculos, mas actualmente faz trabalhos perigosos para o governo dos EUA em troca da verdade sobre a sua existência.
Keanu Reeves tem desenvolvido a banda desenhada com Matt Kindt, e as lustrações são de Alessandro Vitti e Bill Crabtree.


No ano passado Keanu Reeves reuniu-se com Boom! Studios. Desde então as ideias fervilham e o comic continua a ser desenvolvido nas pausas das filmagens do novo Matrix.


Apesar de Berzerker ser imortal, ele tem a necessidade de se esconder, ao ponto de fingir a sua morte e segue o seu caminho. No início da saga, ele negoceia com as autoridades americanas ajuda para descobrir quem ele é, como tudo começou e qual a solução para se libertar.

  Holy #2 - Um Anjo Caído

A personagem, apesar de cansada do mundo, devido ao seu passado, tem também muito sentido de humor. BRZRKR acaba por abordar temas como a  natureza da violência moral e ética, assim como o lado que se escolhe.


BRZRKR chega agora em banda desenhada, contudo é possível que em breve seja adaptado para cinema e em imagem real. Keanu Reeves está mais do que disposto a interpretar o papel principal.

“ É uma história realmente divertida, então, se não for eu, espero que alguém possa interpretá-la.”, disse Reeves

BRZRKR será lançado a 7 de Outubro de 2020, e terá periodicidade mensal.


As Minhas Últimas Leituras #3 – Deadpool, Stranger Things, Comanche, O Guardião, e mais…

Ricardo Lopes

Começou a caminhar nos alicerces de uma sala de cinema, cresceu entre cartazes de filmes e película. E o trabalho no meio audiovisual aconteceu naturalmente, estando presente desde a pré-produção até à exibição.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *