Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Jogos: Análise – Xuan-Yuan Sword 7

Xuan-Yuan Sword 7, sendo um jogo com um valor de produção elevado, poderiam ter explorado e trabalhado muito melhor do que aquilo que infelizmente nos foi apresentado.

Xuan-Yuan Sword VII é um ARPG apresentado numa perspectiva da terceira pessoa. O enredo está enraizado na história e mitologia chinesas. Os jogadores assumem o papel de Taishi Zhao, um espadachim calmo e confiável que se envolveu num destino trágico. Para proteger a sua amada família, Taishi Zhao inicia uma jornada neste reino caótico para encontrar a verdade.

Neste jogo de aventura é nos contado parte da história da dinastia Xin e como uma profecia nunca se concretizou. Para tal, vivemos o jogo na pele de um guerreiro que, para vos ser muito sincero não pareceu nada disso.

Passo a explicar a minha afirmação anterior.

Os controlos são a maior miséria que alguma vez vi na minha vida. Não consigo explicar sem ser desta maneira. O combate é mau, os puzzles que nos apresentam são facilmente resolvidos e se formos a falar dos momentos de plataformas, temos panos para mangas. Um jogo em que é suposto correr e saltar de um lado para o outro e acabamos por fazê-lo apenas pressionando um botão, tirando assim toda a diversão que poderia existir no jogo. Existe também a possibilidade de criar novos elementos e itens, mas, para vos ser sincero, é tão confuso que nem vale a pena tentar explicar.

Por outro lado, os gráficos tentam ser o mais futurista possível para a época, mas, acabam por fazer com que existam demasiados bugs e locais em que é suposto termos que fazer algo e não conseguimos mesmo fazer nada. Nem vou falar do som, porque é praticamente inexistente, além de alguns diálogos em mandarim que vão deixar o jogador ainda mais confuso.

Resta concluir que Xuan-Yuan Sword 7 é um jogo mau, que tenta ser mais do que realmente é, e falha em pontos que deveriam ser facilmente resolvidos.

Nota Final: 5/10

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *