Jogos: Análise – Kingdom Rush: Vengeance

KingdomRushVengeance_01

Os jogos de tower-defense são dos mais populares entre os jogadores no mobile, mas há um franchise que se destaca acima dos outros: Kingdom Rush.

Já com 3 jogos e milhões de fãs por todo o mundo, foi lançado no passado dia 22 de Novembro a mais recente entrada da Ironhide Studios, Kingdom Rush: Vengeance.

Este quarto jogo toma um novo rumo, pondo o jogador no papel do vilão, num regresso a vários mapas do primeiro jogo, numa perspectiva nova, tanto para novatos como veteranos.

Existem diversas opções de torres, minions e acessórios prontos para combate, que são um excelente complemento ao nosso herói principal. As diversas formas com que são atacados exigem reacções diferentes, sendo que nenhuma batalha é repetida da mesma forma. As opções de customização do exército é também um dos pontos altos, tendo uma flexibilidade maior que outros jogos do género.

Os mapas são fantásticos, com caminhos desafiantes onde toda a lógica terá de ser preparada o quanto antes, e onde cada torre tem uma utilidade importante. A isto acrescenta-se a possibilidade de especificar um poder à torre uma vez sempre que tenha atingido o seu nível máximo, mudando constantemente a dinâmica da vossa estratégia.

Existe também um leque diverso de vilões à disposição, podendo o jogador posicioná-lo com facilidade em qualquer ponto no mapa. Ainda que exista um bom balanço entre defesa e ataques, é importante a escolha consoante o estilo de jogo de cada jogador, para que cada wave seja vencida de forma mais eficaz possível.

  Novidades Playstation da Semana: 'Sekiro: Shadows Die Twice', 'The Messenger', e muitos mais

KingdomRushVengeance_02

Cada partida vai tendo uma duração variável, normalmente entre os 3 aos 8 minutos, dependendo de quantas waves de inimigos estão a caminho; o que torna o jogo num companheiro ideal para viagens em transportes sem ter que interromper o divertimento.

Por outro lado, os preços para obter vários extras, desde rubis para comprar ataques, a torres exclusivas, estão dentro da média esperada. Ainda que seja possível obter uma boa quantidade de rubis durante as batalhas, é importante ter uma noção de gerir fundos para que tenham o máximo impacto.

Finalmente, um dos grandes pontos positivos é a possibilidade de jogar offline, permitindo poupar nos dados móveis fora de casa.

Com isto, Kingdom Rush: Vengeance traz novamente toda a emoção estratégica que já nos habituou, com uma reviravolta diferente ao género.

Nota Final: 9/10

Kingdom Rush: Vengeance está disponível para Android e iOS.

Ricardo Du Toit

Fã irrepreensível de cinema de todos os géneros, mas sobretudo terror. Também adora queimar borracha em jogos de carros.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *