Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Daniel Henriques – Arte-finalista Português na Marvel

 

Na sequência de artistas portugueses se estrearem na industria norte-americana de comics, chegou agora vez do arte-finalista Daniel Henriques, um jovem artista do Pinhal Novo que apesar de breve percurso no sector ingressou recentemente o estúdio Crime-Lab Syndicate, dirigido pelo conceituado arte-finalista Danny Miki, estreando-se pela Marvel Comics ao participar no comic-book Venom #4, já disponível nas lojas.

 

Especializando-se em arte-final (ou inking) desde jovem, o Daniel co-fundou o estúdio Split-Up, onde realizou algumas BDs com dois colegas, e depois em 2008, já sem filiações, auto-editou com o luso-canadiano Jay São Bento o comic Bang Bang, Kill Kill, apresentado na Toronto Fan Expo.

 

Regressou à actividade em 2010, participando no projecto CC: Cadavre Exquis e arte-finalizando uma ilustração do livro Infante Portugal e a Íntima Capitulação, por José de Matos-Cruz, e de seguida criou o póster do VIII Troféus Central Comics (cor por Daniela Matos), enquanto investia em desenvolver as suas aptidões.

 

Em início de 2011, estas produções chamaram a atenção do célebre ‘inker Danny Miki (Os Eternos, Demolidor: Pai, Os Vingadores: Fim de uma Era), que o convidou a estagiar e depois integrar o seu estúdio profissional de arte-final, Crime-Lab. Presentemente, o Daniel tem em vista mais artes-finais noutros comics.

Clica nas imagens para ampliar

DM

[ad#post-largo]