Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Crítica: Animal Man #1 e #2

Red e Green. Fauna e Flora!
Animal Man e Swamp Thing tem algumas semelhanças que não se reduzem apenas à data em que ambos são lançados (Ambos saíram na quarta feira 5 de Outubro).
Apesar de estes personagens não fazerem parte do mesmo comic é notório que a temática é semelhante e é provável que no futuro, Buddy Baker (Animal Man) e Alec Holland (Swamp Thing) se encontrem.
Buddy Baker (o Animal Man) tem o poder de mimetizar temporariamente as habilidades dos animais (o que lhe permite voar ou ter a força de um insecto) e tem uma ligação com o mundo dos seres animais ou, como lhe chama, Red.
Alec Holland (Swamp Thing) está unido ao Green, que é o mesmo que dizer que está ligado com toda a vida vegetal na Terra.
Buddy Baker tem uma mulher, 2 filhos e preocupações de quem tem uma família e se vê deparado com a descoberta de que a sua filha (Maxine) tem poderes que todos desconheciam (até agora apenas Baker tinha poderes porque tinha sido atingido pela explosão de radiação proveniente de uma nave extra terrestre).

[ad#post-largo]

No primeiro comic luta contra um criminoso, mas no segundo comic a luta é diferente. Isto porque aparecem alguns desenhos estranhos na sua pele que apenas a sua filha percebe. Ambos descobrem que partilham entre si uma ligação com o mundo dos seres animais (ou campo morfogénico) o Red.
O comic termina com pai e filha a encontrarem esse campo morfogénico e a darem o primeiro passo para dentro do mesmo.
Fica por saber exactamente significa o RED

Pontuação: 80 em 100

NV