Cinema: Mas afinal… que ano é este? (Parte 2)

A Disney apoderou-se da maioria do ano, mas não só! Irão estrear vários filmes de terror, entre eles, uma continuação do “The Shining” e “IT: capítulo 2”.

Segunda parte do artigo de “Mas afinal… que ano é este?”.

Blaxpoiltation novamente nos cinemas com “Shaft”. Três gerações de detectives do Harlem com o mesmo apelido em comum reúnem-se no filme que está previsto estrear no próximo Verão (Sem data para Portugal). Richard Roundtree, Samuel L. Jackson e Jessie T. Usher já desfilam acção ao som da icónica música interpretada por Isaac Hayes.

 

No final do Verão voltamos a ver Gerald Butler no meio de fogo cruzado! Depois de “Assalto à Casa Branca” e de “Assalto a Londres“, agora o agente secreto do FBI lida com uma nova ameaça ao Presidente. “Angel Has Fallen” conta ainda com Morgan Freeman e Nick Nolte no elenco.

O Exterminador Implacável regressa no próximo Outono. A história de “Terminator: Dark Fate” ainda não foi divulgada sabe-se apenas que Arnold Schwarzenegger e Linda Hamilton estão de regresso para o sexto filme da saga. A rodagem do novo capítulo do Exterminador passou por Espanha e pela Hungria, onde se viu pela primeira vez imagens das filmagens. Este é o terceiro filme da saga com a presença de James Cameron na produção, e que discorda da existência de outros filmes da saga sem a sua participação. Tim Miller (Deadpool) ficou responsável pela realização.

Do Universo da DC Comics chega “Joker“, o muito aguardado filme sobre o comediante que se torna um criminoso psicopata. Joaquin Phoenix  é Arthur Flex, o Joker, o elenco inclui ainda Robert DeNiro e Zazie Beetz. A estreia do filme, realizado por Todd Phillips, está prevista para o início do Outono.

Em Outubro os espectadores são convidados para uma nova e divertida aventura em Zombieland! Woody Harrelson, Emma Stone, Abigail Breslin e Jesse Eisenberg estão de regresso para enfrentarem os mortos vivos em “Zombieland: Double Tap“. Preparados para uma divertida volta pelo parque?

Para este ano a Sony Pictures aposta em dois regressos: Homens de Negro e Os Anjos de Charlie. Chris Hemsworth e Tessa Thompson são, agora, os responsáveis por proteger a Terra da escória do Universo. “Homens de Negro: Força Internacional” está previsto chegar aos cinemas a 13 de Junho. Mais próximo do final do ano chega aos cinemas uma nova aventura cinematográfica d’Os Anjos de Charlie, com Kristen Stewart, Naomi Scott e Ella Balinska.

Sem data definida para a estreia está a nova aventura cinematográfica de John Rambo. Sylvester Stallone anunciou que já terminou as filmagens de “Rambo V: Last Blood“, um filme onde as primeiras informações indicam que o desaparecimento de uma rapariga leva o veterano do Vietname a enfrentar um cartel de droga mexicano.

No cinema de terror também temos personagens e filmes que estão de regresso:- “Samitério de Animais”, 30 anos depois de “Cemitério Vivo” chega uma nova versão da história escrita por Stephen King. A estreia está prevista já para o mês de Abril.

– O boneco assassino está de regresso aos cinemas em “O Boneco Diabólico”. No próximo Verão veremos Chucky pela sétima vez no grande ecrã, mas desta vez é uma nova versão do clássico thriller de terror “Chucky, O Boneco Diabólico” estreado por cá em 1989.

– “IT: Capítulo Dois”, mais uma obra escrita por Stephen King que continua em Setembro nos cinemas. A história continua 27 anos após os acontecimentos do primeiro filme e ao elenco foram incluídos actores como James McAvoy e Jessica Chastain.

– O final do ano reserva, ainda,a  estreia de “Doutor Sono“. A continuação de “Shining” é protagonizada por  Ewan McGregor, Bruce Greenwood e Rebecca Fergunson. O filme é inspirado no livro escrito por Stephen King.

2019 não será um ano singular em reiniciação de personagens sagas ou continuação das mesmas. Para o próximo ano já está prevista a estreia de novas versões de filmes como Mulan e a continuação de filmes como Top Gun, Mínimos, Wonder Woman, Velocidade Furiosa, Maléfica, Bad Boys e o regresso de James Bond e d’Os Caça-Fantasmas.

Ricardo Lopes

Começou a caminhar nos alicerces de uma sala de cinema, cresceu entre cartazes de filmes e película. E o trabalho no meio audiovisual aconteceu naturalmente, estando presente desde a pré-produção até à exibição.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *