Cinema: Crítica – O Segredo dos Kennedy (2018)

50 anos após a controvérsia em redor do acidente rodoviário com o Senador Ted Kennedy, o mistério chega aos cinemas. O Segredo dos Kennedy estreia dia 7 de junho nos cinemas.

O SEGREDO DOS KENNEDYO Segredo dos Kennedy (Chappaquiddick, em inglês), realizado por John Curran, relata os eventos verídicos em torno dos sete dias mais difíceis na carreira do Senador Ted Kennedy (Jason Clarke). Tudo começou no dia 18 de julho de 1969. Após uma festa privada na ilha de Chappaquiddick, Ted Kennedy dirigia o seu carro na companhia de Mari Jo Kopechne (Kate Mara) e despista-se numa ponte, caindo num rio. O ambicionado a presidente dos Estados Unidos da América consegue fugir do veículo, mas a jovem fica presa. Ted Kennedy só avisa as autoridades 10 horas após o sucedido, levando a vários questionamentos do que aconteceu verdadeiramente. Inicia-se assim um processo manipulativo de modo a não arruinar as suas ambições políticas e legado familiar.

O Segredo dos Kennedy é um filme bastante direto e capaz de demonstrar os detalhes (supostamente confirmados) destes dias intensivos para Ted e a sua célebre família. A caracterização dos cenários, guarda-roupa, linguagem gestual e verbal e ambiente sonoro e visual é fiel à época. O filme é capaz de criar uma ligação emocional com o protagonista apesar de não termos completamente a certeza do sucedido. Existe sempre uma linha entre acidente voluntário e involuntário que torna a história intensa. O descobrimento deste mistério vai-se abrindo com as lembranças (flashbacks) de Ted Kennedy, auxiliadas por um grupo de políticos que determinará o modo como o público vai receber esta informação.

O SEGREDO DOS KENNEDY

Atualmente Ted é considerado como inocente, no entanto existiu por trás um trabalho bastante elaborado, que o filme consegue demonstrar eficientemente, destes 7 dias energéticos. O elenco é vasto e contém nomes enormes que já provaram o seu talento no grande ecrã, como Ed Helms, Jim Gaffigan, Bruce Dern, para além dos mencionados.

O SEGREDO DOS KENNEDYApesar desta controvérsia ser intrigante e intensa existe ainda um foco na relação de Ted com a sua família, especialmente com o seu pai, Joseph (Bruce Dern). Esta ligação familiar é fulcral devido à importância que o espetador comum possui em ver a vida quotidiana de um indivíduo no poder. Por consequência, o filme inova pouco pois está colado a acontecimentos verídicos de modo a não suscitar dúvidas perante este acontecimento, tal como aconteceu na época. No entanto, a sensação de que alguns detalhes que ainda estão por contar mantem-se após o a conclusão do filme.

O Segredo dos Kennedy entretém facilmente e irá agradar a fãs de thriller e drama político.

  • O Segredo dos Kennedy estreia dia 7 de junho de 2018 nos cinemas.

3/5

Tiago Ferreira

  Cinema: Crítica - Mutant Blast (2019)

Tiago Ferreira

Estudante de Cinema e Teatro, Crítico de Cinema, Fotógrafo novato e Cosplayer.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *