BD: Crítica – Chew #31

chew  #31 capaChew tem um dos argumentos mais criativos e insólitos que se pode ler na banda desenhada americana actual.
A personagem principal, Tony Chu é um policia que resolve crimes através de informações psíquicas que obtém quando come coisas ou… pessoas. Em inglês diz-se que é um Cibopath (pronuncia-se “see-bo-path”).

Obviamente que tudo se passa num mundo (muito) fictício em que 23 milhões de americanos morreram depois de um surto de gripe aviaria (!?), por isso é proibido comer carne de galinha ou de qualquer outro tipo de ave.

chew  #31 página 1John Layman cria nesta serie um universo à parte, que é magistralmente desenhado por Rob Guillory.
A Guillory se deve uma parte substancial do sucesso desta série e não consigo ver que outro desenhador possa dar tanta expressividade a esta revista.
Apesar da escrita de Layman ser muito criativa e audaz, nada do que ele escreve teria qualquer impacto sem as soluções que Guillory encontra para desenhar as coisas mais insólitas que se podem imaginar.
O escritor já disse que no fim morrem todas as personagens excepto uma e também já sabemos que esta série há-de acabar por volta da número #60.
chew  #31 página 2Claro que numa série finita o autor pode matar quem quiser, não tem que se preocupar em fazer sequelas nem com os direitos de autor (que neste caso são dele).
Ora, para não deixar todas as mortes para o número 60, Layman tratou de despachar já uma personagem.
O arco anterior terminou com a morte de Toni Chu, que é a irmã de Tony Chu.

Tony esteve em coma durante um período prolongado de tempo e volta agora à acção no número 31. Esta revista é o inicio de um novo arco de 5 revistas e marca também o inicio da segunda e ultima “temporada”.

  Edições Marvel da Panini Dezembro 2019

chew  #31 página 3Este titulo caracteriza-se especialmente por ter acontecimentos insólitos e hilariantes. No entanto este ultimo número acaba por ser mais séria do que habitual, até porque começa com um funeral.
Nota-se que o número 31 tem intenção de dar inicio a mais uma fase na historia que Layman quer contar. Fiquei com a ideia que estava concentrado em lançar as bases do que pretende para este novo arco, e por isso tem um “tom” negro – Há um funeral, há vários personagens a falar em vingança e a revista acaba com uma celebração religiosa em que a palavra de ordem é “Death to the chicken eaters!” (morte a todos os que comem galinhas).

chew  #31 página 4A ideia de haver um culto secreto, em que várias pessoas se juntam para lutar contra as os que comem carne de galinha tem piada, mas não deixa de ser mórbida. Até porque, como referi acima, esta serie já teve e vai continuar a ter mortes – o que é algo incomum em historias de BD Americana.

Esta revista tenta um equilíbrio entre o bom humor, com acontecimentos cómicos, e os acontecimentos mais negros e, do meu ponto de vista, acaba por ser menos satisfatória que as anteriores.
Não deixa de ser uma serie distinta de todas as outras, mas este número não é um bom Jumping On Point para quem quer começar agora.

chew  #31 página 5

Escrito por: John Layman
Desenho e Capa: Rob Guillory
IMAGE COMICS
Preço: $2.99

Nota: 7/10

Nelson Vidal

previews O Lobo Mau

Dário Mendes

Dário é um fã de cultura pop em geral mas de banda desenhada e cinema em particular. Orgulha-se de não se ter rendido (ainda) às redes sociais.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *