Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

A Sabedoria dos Mitos – Atena

Atena, é o novo volume da colecção A Sabedoria dos Mitos, que a Gradiva está a lançar. O livro já se encontra em Pré-Venda.

A Sabedoria dos Mitos - Atena

Atena. Deusa da sabedoria e da guerra, protetora das artes e das técnicas, Atena é a filha preferida de Zeus, mas também é uma das divindades mais poderosas do Panteão do Olimpo. Nunca se separa dos seus atributos: a lança, o elmo, o escudo e a coruja – uma ave cuja visão penetrante, que enxerga tanto nas trevas como para lá das aparências, simboliza a inteligência.

A Sabedoria dos Mitos - AtenaA Sabedoria dos Mitos - Atena A Sabedoria dos Mitos - Atena A Sabedoria dos Mitos - Atena A Sabedoria dos Mitos - Atena

Por vezes benfazeja, muitas vezes impiedosa, Atena auxilia o pai na luta contra o ressurgimento das forças destrutivas do caos original. É nesta qualidade que concede ajuda a numerosos heróis – Jasão, Teseu, Héracles, Ulisses… – e toma parte ativa na Guerra de Troia. Aliada leal do rei dos deuses, Atena é também patrona de várias cidades gregas, a começar por Atenas, que lhe deve o nome.

A Sabedoria dos Mitos - Atena A Sabedoria dos Mitos - Atena A Sabedoria dos Mitos - Atena A Sabedoria dos Mitos - Atena A Sabedoria dos Mitos - Atena

A Sabedoria dos Mitos – Atena
de Luc Ferry, Carlos Rafael Duarte, Clotilde Bruneau
ISBN 9789897851322
Editor: GradivaI
Dimensões: 240 x 320 x 10 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 64
PVP: 16.50€

Mais sobre esta coleção, aqui.

Os Autores:

Luc Ferry é um autor de referência sobre a mitologia grega, com várias obras publicadas acerca do tema. Nascido em Colombes em 1951, Luc Ferry é um filósofo e político francês. Foi Ministro da Educação em dois governos sucessivos. É autor de muitas obras filosóficas, incluindo Le Nouvel ordre écologique (Prémio Médicis de ensaios e Jean-Jacques Rousseau em 1992). Entre outros temas, dedica-se ao estudo das ligações entre a filosofia e a mitologia grega, no qual se enquadra Prometeu e a Caixa de Pandora.

Clotilde Bruneau nasceu em Paris em 1987 e, desde cedo, revelou uma intensa paixão por arte e literatura. Com formação em artes gráficas, começou a estudar cinema e trabalhou como cenógrafa e decoradora sem nunca esquecer a escrita.
Colaborou com as séries Le Petit Prince – Les Nouvelles Aventures e Eles Fizeram História.
Atualmente trabalha na coleção A Sabedoria dos Mitos da Glénat e nalguns outros projectos da editora. A sua obra mais recente na Glénat é a banda desenhada La coupe du monde de la pâtisserie, escrita por si e desenhada por Christine Chatal.

Carlos Rafael Duarte é um artista brasileiro que trabalha principalmente para bandas desenhadas americanas. A sua primeira história, Lazarus: Immortal Coils (com argumento de Joseph P. Gauthier), foi publicada em 2008. Junto-se à equipa dos irmãos Dabel, antes de iniciar uma colaboração frutífera com Dynamite Comics (Classic Battlestar Galactica, Highlander, Green Hornet, John Carter, Buck Rogers, Red Sonja, Miss Fury…). Na Glénat, participou na coleção “La Sagesse des Mythes” sobre Tântalo, Hércules e outros mitos. 

Didier Poli nasceu em Lyon em 1971. Após o ensino superior em artes aplicadas em Émile Cohl e depois na CFT Gobelins, trabalhou no final da década de 90 para vários estúdios de animação, incluindo o estúdio Disney nas produções de Tarzan e Kuzco. Tornou-se diretor artístico de várias empresas de jogos de vídeo e em particular da Kalisto Entertainment em 2001, onde conheceu Manuel Bichebois e começou a desenhar L’Enfant de l’orage. Continua, paralelamente à banda desenhada, a trabalhar regularmente em desenhos animados e jogos como designer e storyboarder. Didier Poli recebeu em 2004, no festival de Nîmes, o prémio “Bronze Boar” para jovens talentos. Em 2010, voltou às origens na série Snow de Didier Convard, com Jean-Baptiste Hostache e Éric Adam. O primeiro volume da Neige Fondation foi lançado em 2010. No ano seguinte, foram publicados os dois primeiros volumes da adaptação de Saint-Exupéry de O Principezinho em banda desenhada, com Didier Poli como diretor artístico. A partir de 2013, participou na execução do desenho da série Elric. Desde então, trabalhou a maior parte do tempo como storyboarder na Glénat e em particular na coleção “La Sagesse des Mythes” dirigida por Luc Ferry. Vive em Ile-de-France.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.