Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Vencedores: XIX Troféus Central Comics

Este ano, a cerimónia de entrega dos XIX Troféus Central Comics teve lugar no Coimbra BD, no dia 26 de Março de 2022, pelas 18h30, na Casa Municipal da Cultura,

Tivemos a honra de ali anunciar os vencedores que o grande público elegeu (num grande recorde de 896 votos) como sendo as melhores obras e autores publicados em Portugal, em 2021. Para quem não pôde estar presente, eis os resultados:

Nos chamados TCC-Extra, categorias periféricas ao mercado de banda desenhada mas de grande interesse dos fãs, venceu Marvel’s Guardians of the Galaxy como Melhor Videojogo de BD, produzido por Square Enix/Eidos, e Loki, da Marvel Studios/Disney+, como Melhor Série Televisiva de BD. Como se adivinhava, o Melhor Filme de BD foi Homem-Aranha: Sem Volta a Casa, produzido pela Sony Pictures/Marvel Studios, com vitória decisiva superior a 50% dos votos. A Marvel faz o hat-trick com três vitórias!

Na categoria Melhor Publicação Independente o público elegeu a antologia Ditirambos Vol. 2: Abismo, uma edição cooperativa deste grupo de autores. Desta antologia, saiu ainda o vencedor de Melhor Obra Curta, para “Fissuras”, de Diogo Carvalho.

No que toca a obras traduzidas, o publico começou por premiar a edição remasterizada do seminal Tintin no País dos Sovietes, de Hergé, publicado pela Asa Edições, na categoria Melhor Publicação Clássica, como complemento à mostra retrospectiva “Hergé,” na Fundação Calouste Gulbenkian.

Em Melhor Série/Colecção o vencedor é Edibar, do cartunista brasileiro Lucio Oliveira, uma colecção que compila estas tiras cómicas em Portugal, pela editora Polvo.

Ainda em obras estrangeiras, os leitores elegeram Manu Larcernet para Melhor Argumento Estrangeiro, pela sua adaptação do romance de Philippe Claudel, em O Relatório de Brodeck (Ala dos Livros), e George Bess para Melhor Desenho Estrangeiro, pela sua adaptação do clássico Drácula de Bram Stoker (A Seita). Por fim, o troféu de Melhor Publicação Estrangeira é de Apesar de Tudo (Arte de Autor), por Jordi Lafebre.

Voltando às edições nacionais, a categoria Melhor Autor (Português) em Publicação Estrangeira consagra André Lima Araújo, pelo seu comic autoral A Righteous Thirst for Vengeance, escrito por Rick Remender e publicado pela Image Comics.

XIX Troféus Central Comics

Em Melhor Argumento, o vencedor marca uma raridade no TCC, em que um escritor de humor é distinguido – venceu Derradé, pela sua obra autobiografica e cómica O Fogo Sagrado (Escorpião Azul).

A fechar a lista de vencedores, basta indicar um nome: Luís Louro! Este autor veterano foi premiado pelos fãs em Melhor Publicação Humor, pela compilação das tiras Os Covidiotas (Ala dos Livros), e em Melhor Desenho e Melhor Publicação Nacional pelo álbum O Corvo V – Inimigos Íntimos (Ala dos Livros), assim fazendo o 2º hat-trick destes TCC.

Isto faz da editora Ala dos Livros a maior vencedora dos XIX Troféus Central Comics, com quatro dos prémios.

Aqui ficam as percentagens de todos os nomeados:

Melhor Filme de BD

Homem-Aranha: Sem Volta a Casa 53,2%
O Esquadrão Suicida 17,3%
The King’s Man: O Início 13,5%
Rurouni Kenshin: The Beginning 10,4%
Shang-chi e a Lenda dos Dez Anéis 5,6%

Melhor Videojogo


Marvel’s Guardians of the Galaxy (PlayStation 4, Xbox Series X, Xbox One, PlayStation 5, Nintendo Switch, Microsoft Windows) 39,6%
Asterix and Obelix Slap Them All ( PlayStation 4, Microsoft Windows, Xbox One, Nintendo Switch, Mac OS) 28,8%
Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba – The Hinokami Chronicles (PlayStation 4, Xbox Series X, Xbox One, PlayStation 5, Microsoft Windows) 13,3%
Marsupilami: Hoobadventure (PlayStation 4, Microsoft Windows, Xbox One, macOS, Nintendo Switch, Mac OS) 9,3%
Re:ZERO -Starting Life in Another World- The Prophecy of the Throne (Microsoft Windows, PlayStation 4, Nintendo Switch) 9,0%

Melhor Série Televisiva de BD


Loki T01 (Disney+) 39,8%
WandaVision T01 (Disney+) 22,7%
Sweet Tooth T01 (Netflix) 21,0%
Resident Alien T01 (SyFy) 8,9%
Doom Patrol T03 (HBO) 7,7%

Melhor Publicação Clássica


Tintin no País dos Sovietes (Asa) 36,1%
Os Olhos do Gato (A Seita/Arte de Autor) 26,1%
O Mercenário Vol. 10 (Ala dos Livros) 17,4%
Os Escorpiões do Deserto Vol. 3 (Ala dos Livros) 13,7%
Spaguetti Bros. Vol 2 (Arte de Autor) 6,7%

Melhor Publicação Humor


Os Covidiotas (Ala dos Livros) 31,7%
Edibar Vol. 3 (Polvo) 28,1%
O Fogo Sagrado (Escorpião Azul) 19,3%
Quarentugas – Testemunhos de Loucura Pandémica (Polvo) 14,7%
O Homem Voador (Insónia) 6,2%

Melhor Série/Colecção

Edibar Vol. 3
Edibar (Polvo) 43,9%
Lucky Luke Visto Por… (A Seita) 18,6%
Peter Pan (Asa/Público) 15,8%
Demon Slayer (Devir) 10,9%
Colecção Aleph (A Seita) 10,8%

Melhor Autor em Publicação Estrangeira


André Lima Araújo (A Righteous Thirst for Vengeance) 25,2%
Jorge Coelho (The Great Gatsby) 23,4%
Miguel Mendonça (JLA: The Last Ride, Aquaman 80th An.) 19,8%
Daniel Maia (A Matter of Right: The Future of Justice) 18,3%
Daniel Henriques (Aquaman 80th An., Spawn, Gunslinger Spawn, Detective Comics, Catwoman, JLA: Future State) 13,3%

Melhor Publicação Independente


DitirambosDitirambos Volume 2 – Abismo (Edição de Autor) 34,0%
Crónicas de Enerelis: Volume 1: Prelúdio (Maegis) 18,3%
Venham +5 #11 (Bedeteca de Beja) 17,5%
Outras Bandas #4-6 (Tágide) 17,0%
H-Alt #10 (H-Alt) 13,2%

Melhor Obra Curta


Fissuras – Diogo Carvalho in Ditirambos #2 29,1%
Pandemia – Henrique Gandum, in Outras Bandas #4 24,7%
Menino Perdido – Susana Resende, in Outras Bandas #4 17,2%
A Lição – Marco Fraga Silva e Diogo Alves, H-alt nº10 14,6%
A Melhor Amiga – Maria João Careto, in Venham +5 #11 14,4%

Melhor Argumento Estrangeiro


Manu Larcenet, sobre Philippe Claudel (O Relatório de Brodeck) 30,0%
Jordi Lafebre (Apesar de Tudo) 25,8%
Alain Ayroles (O Burlão das Índias) 16,8%
Zidrou (A Fera Vol. 1) 15,9%
Paola Barbato (Dylan Dog: O Número Duzentos) 11,5%

Melhor Desenho Estrangeiro


Georges Bess (Drácula, de Bram Stoker) 27,6%
Jordi Lafebre (Apesar de Tudo) 25,9%
Juanjo Guarnido (O Burlão das Índias) 22,4%
Frank Pé (A Fera Vol. 1) 12,8%
Juanjo Guarnido (Blacksad Vol. 6: Então Tudo Cai) 11,3%

Melhor Publicação Estrangeira


Apesar de Tudo (Arte de Autor) 26,7%
O Burlão das Índias (Ala dos Livros) 21,9%
Drácula, de Bram Stoker (A Seita) 21,1%
O Relatório de Brodeck (Ala dos Livros) 17,5%
A Fera Vol. 1 (A Seita) 12,8%

Melhor Desenho


Luís Louro (O Corvo V: Inimigos íntimos) 36,7%
André Caetano (A Little Girl) 30,3%
Penim Loureiro (Umbigo do Mundo Vol. 1) 15,3%
Jorge Miguel (Sapiens Imperium: Integral) 10,4%
Fábio Veras (O homem de lugar nenhum I) 7,3%

Melhor Argumento

O Fogo Sagrado
Derradé (O Fogo Sagrado) 28,7%
Luís Louro (O Corvo V: Inimigos íntimos) 25,8%
Duarte e Henrique Gandum (Amélia: Uma história do Congo) 18,5%
Miguel Peres (O Pescador De Memórias) 17,1%
José Ruy (O Heroísmo de uma Vitória) 9,9%

Melhor Publicação Nacional


O Corvo V – Inimigos Íntimos (Ala dos Livros) 36,3%
Umbigo do Mundo Vol. 1 (A Seita) 20,9%
O Pescador de Memórias (Kingpin Books) 17,7%
Amélia: Uma História do Congo (Ego) 15,8%
O Homem de Lugar Nenhum Vol. 1 (A Seita) 9,3%

Parabéns a todos os vencedores e demais nomeados. E obrigado aos leitores que participaram na votação.

O TCC regressa em 2023 para a sua 20ª edição!

One thought on “Vencedores: XIX Troféus Central Comics

  1. Muitos parabéns a todos, vencedores, nomeados, votantes e à Central comics pela inicitiva que anima e estimula a BD em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.