Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Um Lugar Silencioso 2 – 5 coisas que precisas de saber

Um Lugar Silencioso 2, a sequela do aclamado filme de terror lançado em 2018, chega às salas de cinema no dia 27 de maio depois de sucessivos adiamentos provocados pela pandemia da Covid-19.

UMA FAMÍLIA REUNIDA

Após o enorme sucesso do primeiro filme, Um Lugar Silencioso 2 repete a parceria original, com John Krasinski como argumentista e realizador e Emily Blunt como protagonista. Apesar do final em aberto do primeiro filme, a verdade é que uma sequela nunca esteve nos planos.  No entanto, a ideia de como as pessoas sobreviveram e como o mundo poderia seguir em frente eram questões que Krasinski não conseguia esquecer. “Nunca quis sair da quinta no primeiro filme, mas foi sempre algo presente na minha mente. Mais tarde, ao ver as reações das pessoas e reparar que tinham a mesma questão, isso foi inspirador. Porque era algo que queria explorar”, diz Krasinski. Tal despoletou a ideia que o levaria numa aventura para criar o mundo de Um Lugar Silencioso 2.

DIA 1

No primeiro filme, o público foi apresentado à família Abbott no “Dia 89” após a invasão alienígena, que nunca foi mostrada no ecrã. Um Lugar Silencioso 2 abre com um flashback em grande escala até à carnificina do “Dia 1”, que responderá finalmente às perguntas dos espectadores. Ao passo que Um Lugar Silencioso deixou as pessoas agarradas à cadeira com muitas questões, a sequela contextualiza e apresenta-nos o mundo antes do silêncio e os acontecimento após o final aterrador do primeiro filme.

DIA 474

Um Lugar Silencioso estava repleto de imagens icónicas, tensão incessante e um final em aberto que deixou o público em suspenso. “O primeiro filme era uma metáfora para a paternidade,” diz Krasinski. Enquanto a película original abordava os sacrifícios que um pai faz pelos filhos, a sequela tem como destaque as próprias crianças. “Adoro essa ideia,” afirma Krasinski, “de que uma pequena rapariga tem a resposta e não consegue viver com ela própria sabendo que está apenas a proteger um pequeno grupo de pessoas quando podia proteger o mundo inteiro.” Muito do foco de Um Lugar Silencioso 2 centra-se na forma como a família lida com o luto e a dor, ao mesmo tempo que procura um modo de sobreviver.

HORIZONTES ALARGADOS

Ao passo que o primeiro filme se passava quase exclusivamente num único local, Um Lugar Silencioso 2 desvenda um novo caminho. A busca da família por outros sobreviventes conduz a uma perigosa jornada. Com um bebé recém-nascido numa caixa com um fornecimento de oxigénio limitado, a família enfrenta novos e ameaçadores locais. “Ao passo que o primeiro filme era mais intimista, uma espécie de western caseiro, aqui temos um western itinerante,” diz Krasinski, que evoca as paisagens impiedosas de Este País Não É Para Velhos, Indomável e Haverá Sangue como inspiração. “É mais épico”, diz.

A AMEAÇA EVOLUIU

Nunca foi o terror que atraiu Krasinski para o mundo de Um Lugar Silencioso. Ao invés, foram os sentimentos que o conceito despertou nele. Um Lugar Silencioso 2 não é diferente, com a introdução de misteriosas novas personagens interpretadas por Cillian Murphy e Djimon Hounsou, que podem oferecer um porto seguro ou representar uma ameaça. “O que as personagens representam é a existência de mais pessoas lá fora,” afirma Krasinski. “Como sobreviveram e como sobrevivem?” é a questão e a história do segundo filme.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *