Central Comics

Banda Desenhada, Cinema, Animação, TV, Videojogos

Jogos: Sugestões para as noites frias

Hoje apresentamos algumas sugestões de jogos independentes, para aqueles que ainda procuram algo para jogar nestes dias mais frios.

Começamos estas sugestões com Aspire: Ina’s Tale, um jogo de quebra-cabeças e plataformas que acaba por funcionar um pouco como uma experiência de autodescoberta. Controlamos Ina que se encontra presa nos fundos da Torre. Ficou lá presa enquanto sonhava e agora que acordou, precisa de encontrar o caminho para sair da Torre e a razão pela qual ficou presa.

Aspire: Ina's Tale

Se formos a analisar bem, a história de Ina acaba por ter um cunho filosófico, mas, o que vai prender o jogador é a exploração ao longo dos vários níveis que temos à nossa disponibilidade e o encontro com personagens demasiado peculiares que irão deixar o jogador a coçar a cabeça, sem saber bem o que está a ver. Além disso, a possibilidade de podermos descobrir o passado destas personagens, que se esqueceram do que foram em outrora, torna ainda mais emocionante esta aventura. Falando agora dos quebra-cabeças, tenho que admitir que a maioria deles são intuitivos, mas, na sua maioria a resposta está no facto de Ina conseguir controlar espíritos e assim resolver facilmente os seus problemas, devido à panóplia de habilidades que tem à sua disponibilidade. Um jogo para relaxar um pouco e tentar encontrar o significado oculto que o mesmo esconde (Nota: 7/10)

Avançamos para A Year of Spings, uma trilogia de novelas visuais que procuram narrar a história de três amigas e sentimentos. Todas estas histórias têm uma ligação forte, pois são contadas por três amigas que estão numas termas e, cada uma, tem uma perspetiva diferente da vida. As histórias de Haru, Erika e Manami, a certo ponto acabam por se tornar demasiado interessantes e importantes para nós, fazendo com que o jogador queira descobrir o final das mesmas.

A Year of Springs

Além disso, é importante reter que cada história acaba por trazer um tema diferente: Haru, como uma mulher transexual, procura o seu lugar na história enquanto navegamos no seu capítulo, por outro lado, Erika procura a conexão e Manami procura saber o significado de uma relação. E cada pormenor destes temas fica cada vez mais relevante ao longo de cada trama. A Year of Springs é então o jogo recomendado para jogar numa noite fria, debaixo de mantas, com uma caneca de chá e aproveitar a viagem. (Nota: 8/10)

Entrando agora num campo muito específico temos Filmechanism, que leva os jogos de plataformas, quebra-cabeças e aventura a um novo estágio. Neste “pequeno” jogo estamos na pele de “REC” que tem a habilidade de gravar diferentes objetos ao longo do nível e depois restaurar esses mesmos objetos para conseguir completar quebra-cabeças.

Filmechanism

Se por um lado já é um jogo interessante por si só, a verdade é que os jogadores vão ficar apaixonados por REC, o nosso humanoide que parece uma câmara. Além disso, o aspeto retro do jogo também irá fazer os jogadores se divertirem enquanto pensam como completar os níveis que têm a seu dispor. (Nota: 7/10)

Para terminar esta lista, temos um jogo similar ao anterior chamado Timelie, um jogo em que temos que de ser os mais cuidadosos possíveis ao controlar o tempo como se de um Windows Media Player se tratasse. Andamos para a frente e para trás de forma a completar desafios e a corrigir os nossos erros. Preparem-se para um mundo completamente surreal, cheio de cores que vos irá fazer perderem-se num universo que pode mostrar demasiados perigos, mas os jogadores ficarão completamente agarrados e com vontade de descobrir todos os seus cantos.

Timelie

A época também pede jogos que tenham uma vertente cooperativa para poderem jogar a dois jogadores com alguém da família ou um amigo e este é o jogo perfeito. Além de ser possível controlar a rapariga e o gato em simultâneo, com apenas um jogador, para poderem completar ações para não serem detectados e distrair inimigos, a verdade é que a possibilidade de se sentarem no sofá com apenas um comando enquanto discutem as melhores estratégias está aqui presente. Aquele jogo que poderá causar a maior discussão nestas festas! (Nota: 8/10)

Ficha Técnica:

Aspire: Ina’s Tale (PC, Nintendo Switch, Xbox One )

Desenvolvedor:

Editor:

A Year of Springs ( Nintendo Switch, PC , PlayStation 4, PlayStation 5)

Desenvolvedor: npckc

Editor: npckc

Filmechanism (Nintendo Switch, PC )

Desenvolvedor: Chemical Pudding

Editor: Phoenixx Inc.

Timelie ( PC, Nintendo Switch)

Desenvolvedor: Unique Studio

Editor: Unique Studio

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.